PDT confirma apoio à reeleição de Camilo Santana para Governo do Estado

ELEIÇÕES 2018

PDT confirma apoio à reeleição de Camilo Santana para Governo do Estado

Durante a convenção estadual do partido, uma possível aliança com o PMDB foi novamente descartada

Por Tribuna Bandnews FM em Política

12 de outubro de 2017 às 17:08

Há 2 meses
camilo-santana-1

Camilo Santana (FOTO: Divulgação)

Em convenção estadual, o PDT confirmou nesta quinta-feira (12) o apoio à reeleição de Camilo Santana ao Governo do Estado e o nome do ex-governador Cid Gomes para a disputa de uma das vagas ao Senado no ano que vem. Durante o evento, que manteve o deputado federal André Figueiredo na presidência do partido no Ceará, uma possível aliança com o PMDB foi novamente descartada.

A especulação da renovação da aliança surgiu por conta da aparente aproximação do governador Camilo Santana, que é do PT e aliado dos irmãos Ferreira Gomes, e do prefeito Roberto Cláudio, com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB).

André Figueiredo disse que a relação dos aliados com Eunício é apenas institucional. Ele foi enfático ao dizer que é impossível aliar-se a agremiações que representam o que o PDT combate, como o PMDB, que no cenário nacional está alinhado ao Governo de Michel Temer.

Há quase um mês, durante convenção regional do PDT em Ipueiras, no interior do Estado, o ex-governador Cid Gomes não descartou aliar-se a Eunício, o que soou como um contrassenso já que era rotina a troca de críticas publicamente entre o irmão Ciro e Eunício.

Cid se ausentou da convenção por conta de problemas de saúde do filho, mas o irmão Ciro Gomes, que esteve presente como pré-candidato à Presidência da República, fez duras críticas ao Governo Temer e criticou os rumos da economia no país.

Ele disse que o momento agora é planejar os programas de governo e se esquivou de questionamentos sobre futuras alianças partidárias.

Durante a convenção o PDT manifestou mais uma vez o apoio à reeleição de Camilo Santana, que presente no evento declarou que a aliança é importante tanto para as atividades do seu governo como para fins eleitorais.

O palanque reuniu vereadores, deputados estaduais e federais, além de vereadores e outras lideranças do partido. Atualmente o PDT tem 50 prefeitos no Estado, 12 parlamentares na Assembleia e 5 na Câmara.

O presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, não compareceu e foi representado pelo secretário-geral do partido, Manoel Dias.

Confira os áudios da Tribuna Bandnews FM:

Publicidade

Dê sua opinião

ELEIÇÕES 2018

PDT confirma apoio à reeleição de Camilo Santana para Governo do Estado

Durante a convenção estadual do partido, uma possível aliança com o PMDB foi novamente descartada

Por Tribuna Bandnews FM em Política

12 de outubro de 2017 às 17:08

Há 2 meses
camilo-santana-1

Camilo Santana (FOTO: Divulgação)

Em convenção estadual, o PDT confirmou nesta quinta-feira (12) o apoio à reeleição de Camilo Santana ao Governo do Estado e o nome do ex-governador Cid Gomes para a disputa de uma das vagas ao Senado no ano que vem. Durante o evento, que manteve o deputado federal André Figueiredo na presidência do partido no Ceará, uma possível aliança com o PMDB foi novamente descartada.

A especulação da renovação da aliança surgiu por conta da aparente aproximação do governador Camilo Santana, que é do PT e aliado dos irmãos Ferreira Gomes, e do prefeito Roberto Cláudio, com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB).

André Figueiredo disse que a relação dos aliados com Eunício é apenas institucional. Ele foi enfático ao dizer que é impossível aliar-se a agremiações que representam o que o PDT combate, como o PMDB, que no cenário nacional está alinhado ao Governo de Michel Temer.

Há quase um mês, durante convenção regional do PDT em Ipueiras, no interior do Estado, o ex-governador Cid Gomes não descartou aliar-se a Eunício, o que soou como um contrassenso já que era rotina a troca de críticas publicamente entre o irmão Ciro e Eunício.

Cid se ausentou da convenção por conta de problemas de saúde do filho, mas o irmão Ciro Gomes, que esteve presente como pré-candidato à Presidência da República, fez duras críticas ao Governo Temer e criticou os rumos da economia no país.

Ele disse que o momento agora é planejar os programas de governo e se esquivou de questionamentos sobre futuras alianças partidárias.

Durante a convenção o PDT manifestou mais uma vez o apoio à reeleição de Camilo Santana, que presente no evento declarou que a aliança é importante tanto para as atividades do seu governo como para fins eleitorais.

O palanque reuniu vereadores, deputados estaduais e federais, além de vereadores e outras lideranças do partido. Atualmente o PDT tem 50 prefeitos no Estado, 12 parlamentares na Assembleia e 5 na Câmara.

O presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, não compareceu e foi representado pelo secretário-geral do partido, Manoel Dias.

Confira os áudios da Tribuna Bandnews FM: