Lula cita Camilo Santana entre opções do PT para candidatura à presidência em 2018
COM MORAL NACIONAL

Lula cita Camilo Santana entre opções do PT para candidatura à presidência em 2018

O governador já havia defendido chapa formada por Ciro Gomes e Fernando Haddad, com expectativa de que Lula e Ciro sejam aliados nas próximas eleições

Por Jéssica Welma em Política

21 de julho de 2017 às 11:48

Há 3 meses
Camilo foi citado por Lula, mas pode ficar dividido caso PT e PDT lancem candidato. (Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula)

Camilo foi citado por Lula, mas pode ficar dividido caso PT e PDT lancem candidato. (Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula)

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) citou o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), entre possíveis candidatos à presidência da República pelo Partido dos Trabalhadores em 2018. Apesar de ser pré-candidato do partido e líder das pesquisas de intenção de voto, Lula pode ficar fora da disputa caso a Justiça confirme a condenação de prisão proferida pelo juiz Sérgio Moro.

“O PT tem governadores em três estados importantes”, disse o petista, durante entrevista aos jornalistas José Trajano, Juca Kfouri e Antero Greco, transmitida pela internet na quinta-feira (20).

“O governador de um Estado importante tem cacife para ser candidato”, acrescentou Lula. Além de Camilo Santana, o PT tem governadores na Bahia, Rui Costa; e em Minas Gerais, Fernando Pimentel.

Disputa no Ceará
O governador do Ceará já havia defendido chapa formada por seu aliado Ciro Gomes (PDT) e Fernando Haddad (PT) como vice. A expectativa é de que Lula e Ciro sejam aliados nas próximas eleições. No entanto, Camilo tem evitado se posicionar sobre a disputa de 2018, já que PT e PDT podem ser adversários.

Mesmo assim, Camilo recentemente defendeu o nome de Lula como “um grande nome para concorrer à presidência da República”. O cearense também fez visita recente ao ex-presidente, segundo ele, como uma forma de prestar solidariedade ao petista diante da perda da esposa, a ex-primeira-dama Maria Letícia, e da crise política em que está envolvido.

Entrevista de Lula. (Foto: Reprodução)

Entrevista de Lula. (Foto: Reprodução)

Haddad
Durante a entrevista, Lula foi mais enfático, no entanto, ao defender nominalmente o nome do ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação, Fernando Haddad (PT).

“O Haddad pode ser uma personalidade importante se ele se dispuser a percorrer o Brasil. Nessa crise da educação, eu já me reuni com o Haddad e falei ‘companheiro Haddad, é o seguinte, você tem que botar o pé na estrada e falar da educação, falar do que você fez na educação.””, disse Lula.

Lula na sala do Zé com Ultrajano

Posted by Lula on Thursday, July 20, 2017

 

Publicidade

Dê sua opinião

COM MORAL NACIONAL

Lula cita Camilo Santana entre opções do PT para candidatura à presidência em 2018

O governador já havia defendido chapa formada por Ciro Gomes e Fernando Haddad, com expectativa de que Lula e Ciro sejam aliados nas próximas eleições

Por Jéssica Welma em Política

21 de julho de 2017 às 11:48

Há 3 meses
Camilo foi citado por Lula, mas pode ficar dividido caso PT e PDT lancem candidato. (Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula)

Camilo foi citado por Lula, mas pode ficar dividido caso PT e PDT lancem candidato. (Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula)

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) citou o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), entre possíveis candidatos à presidência da República pelo Partido dos Trabalhadores em 2018. Apesar de ser pré-candidato do partido e líder das pesquisas de intenção de voto, Lula pode ficar fora da disputa caso a Justiça confirme a condenação de prisão proferida pelo juiz Sérgio Moro.

“O PT tem governadores em três estados importantes”, disse o petista, durante entrevista aos jornalistas José Trajano, Juca Kfouri e Antero Greco, transmitida pela internet na quinta-feira (20).

“O governador de um Estado importante tem cacife para ser candidato”, acrescentou Lula. Além de Camilo Santana, o PT tem governadores na Bahia, Rui Costa; e em Minas Gerais, Fernando Pimentel.

Disputa no Ceará
O governador do Ceará já havia defendido chapa formada por seu aliado Ciro Gomes (PDT) e Fernando Haddad (PT) como vice. A expectativa é de que Lula e Ciro sejam aliados nas próximas eleições. No entanto, Camilo tem evitado se posicionar sobre a disputa de 2018, já que PT e PDT podem ser adversários.

Mesmo assim, Camilo recentemente defendeu o nome de Lula como “um grande nome para concorrer à presidência da República”. O cearense também fez visita recente ao ex-presidente, segundo ele, como uma forma de prestar solidariedade ao petista diante da perda da esposa, a ex-primeira-dama Maria Letícia, e da crise política em que está envolvido.

Entrevista de Lula. (Foto: Reprodução)

Entrevista de Lula. (Foto: Reprodução)

Haddad
Durante a entrevista, Lula foi mais enfático, no entanto, ao defender nominalmente o nome do ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação, Fernando Haddad (PT).

“O Haddad pode ser uma personalidade importante se ele se dispuser a percorrer o Brasil. Nessa crise da educação, eu já me reuni com o Haddad e falei ‘companheiro Haddad, é o seguinte, você tem que botar o pé na estrada e falar da educação, falar do que você fez na educação.””, disse Lula.

Lula na sala do Zé com Ultrajano

Posted by Lula on Thursday, July 20, 2017