#Conjunturas: Parlamentares dizem que "foro privilegiado" é usado por criminosos para fugir da Justiça
DEBATE

#Conjunturas: Parlamentares dizem que “foro privilegiado” é usado por criminosos para fugir da Justiça

Confira o debate sobre o tema entre o vereador Guilherme Sampaio (PT), deputado estadual Carlos Matos (PSDB) e deputado federal Cabo Sabino (PR)

Por Tribuna Bandnews FM em Política

21 de março de 2017 às 11:45

Há 1 mês

O Conjunturas debateu, na última segunda-feira (20), sobre o fim do foro privilegiado. O quadro vai ao ar segunda, quarta e sexta, pela manhã, no Tribuna BandNews 1ª Edição, com mediação do jornalista Nonato Albuquerque.

O foro privilegiado não quer dizer que você não irá pagar pelos seus crimes, só que está dentro de um nível de autoridades mais elevados que irão julgar isso, explica o deputado federal Cabo Sabino (PR). Ele é a favor de não se tirar o foro privilegiado.

Já o deputado estadual Carlos Matos (PSDB) acredita que tem que ter uma institucionalidade, mas o que está acontecendo é um abuso e proteção. “Você vê um traficante sendo candidato a deputado para não ser preso. Tem que ter uma regulamentação, pois acredita que a política hoje está sendo do mundo do crime por conta desse foro”, afirma.

O vereador Guilherme Sampaio (PT) também acha que finalizar o foro privilegiado não significa fazer justiça mais rápido.

Ouça o debate completo:

Publicidade

Dê sua opinião

DEBATE

#Conjunturas: Parlamentares dizem que “foro privilegiado” é usado por criminosos para fugir da Justiça

Confira o debate sobre o tema entre o vereador Guilherme Sampaio (PT), deputado estadual Carlos Matos (PSDB) e deputado federal Cabo Sabino (PR)

Por Tribuna Bandnews FM em Política

21 de março de 2017 às 11:45

Há 1 mês

O Conjunturas debateu, na última segunda-feira (20), sobre o fim do foro privilegiado. O quadro vai ao ar segunda, quarta e sexta, pela manhã, no Tribuna BandNews 1ª Edição, com mediação do jornalista Nonato Albuquerque.

O foro privilegiado não quer dizer que você não irá pagar pelos seus crimes, só que está dentro de um nível de autoridades mais elevados que irão julgar isso, explica o deputado federal Cabo Sabino (PR). Ele é a favor de não se tirar o foro privilegiado.

Já o deputado estadual Carlos Matos (PSDB) acredita que tem que ter uma institucionalidade, mas o que está acontecendo é um abuso e proteção. “Você vê um traficante sendo candidato a deputado para não ser preso. Tem que ter uma regulamentação, pois acredita que a política hoje está sendo do mundo do crime por conta desse foro”, afirma.

O vereador Guilherme Sampaio (PT) também acha que finalizar o foro privilegiado não significa fazer justiça mais rápido.

Ouça o debate completo: