#Conjunturas: Parlamentares cearenses discutem nova votação de denúncia contra Temer

PRESIDENTE

#Conjunturas: Parlamentares cearenses discutem nova votação de denúncia contra Temer

Representantes acreditam que o presidente da República será novamente absolvido em segunda denúncia que chega à Câmara dos Deputados

Por Tribuna do Ceará em Política

4 de outubro de 2017 às 14:57

Há 2 meses
Michel Temer está sob ameaça de nova denúncia. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

Michel Temer está sob ameaça de nova denúncia. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

A votação na Câmara dos Deputados da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) é o tema do programa Conjunturas desta quarta-feira (4). O programa vai ao ar às segundas, quartas e sextas-feiras, pela manhã, na rádio Tribuna BandNews FM.

O deputado federal Cabo Sabino (PR), o estadual Carlos Matos (PSDB) e o vereador de Fortaleza Guilherme Sampaio (PT) lamentaram o cenário que indica a não aprovação de investigação contra Temer.

Cabo Sabino afirma que na classe empresarial e em parte da população há receio sobre fazer mudanças faltando pouco tempo para novo processo eleitoral. “Existe um sentimento de: ‘vai mudar faltando seis meses para um pleito eleitoral?’. Se for afastado, passa seis meses afastado. Se for condenado, é necessário ser feita uma eleição indireta com um parlamento que hoje sofre a falta de credibilidade da população; e com mais seis meses você tem que ir para uma eleição direta”, pontuou.

“Temos uma cultura forte, no Brasil, de salvador da pátria. A economia de fato melhorou muito, mas isso não justifica colocar para baixo do tapete uma acusação grave”, destacou Carlos Matos. Para ele, no momento em que Temer comete delito e esconde a situação, é interrompido “um processo bonito que está acontecendo no Brasil com a Lava Jato”.

Guilherme Sampaio acredita que Temer será novamente absolvido pelos deputados. “Lamentavelmente a Câmara está desmoralizada, ressaltou.

“E um momento de transição muito forte de uma economia que começa a dar sinais de uma possível recuperação. Há um sentimento de mais calmaria que na primeira (votação), nos parece que ele (Temer) terá muito mais voto favorável a ele nessa votação do que teve na primeira”, disse Sabino.

Confira o debate completo:

Publicidade

Dê sua opinião

PRESIDENTE

#Conjunturas: Parlamentares cearenses discutem nova votação de denúncia contra Temer

Representantes acreditam que o presidente da República será novamente absolvido em segunda denúncia que chega à Câmara dos Deputados

Por Tribuna do Ceará em Política

4 de outubro de 2017 às 14:57

Há 2 meses
Michel Temer está sob ameaça de nova denúncia. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

Michel Temer está sob ameaça de nova denúncia. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

A votação na Câmara dos Deputados da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) é o tema do programa Conjunturas desta quarta-feira (4). O programa vai ao ar às segundas, quartas e sextas-feiras, pela manhã, na rádio Tribuna BandNews FM.

O deputado federal Cabo Sabino (PR), o estadual Carlos Matos (PSDB) e o vereador de Fortaleza Guilherme Sampaio (PT) lamentaram o cenário que indica a não aprovação de investigação contra Temer.

Cabo Sabino afirma que na classe empresarial e em parte da população há receio sobre fazer mudanças faltando pouco tempo para novo processo eleitoral. “Existe um sentimento de: ‘vai mudar faltando seis meses para um pleito eleitoral?’. Se for afastado, passa seis meses afastado. Se for condenado, é necessário ser feita uma eleição indireta com um parlamento que hoje sofre a falta de credibilidade da população; e com mais seis meses você tem que ir para uma eleição direta”, pontuou.

“Temos uma cultura forte, no Brasil, de salvador da pátria. A economia de fato melhorou muito, mas isso não justifica colocar para baixo do tapete uma acusação grave”, destacou Carlos Matos. Para ele, no momento em que Temer comete delito e esconde a situação, é interrompido “um processo bonito que está acontecendo no Brasil com a Lava Jato”.

Guilherme Sampaio acredita que Temer será novamente absolvido pelos deputados. “Lamentavelmente a Câmara está desmoralizada, ressaltou.

“E um momento de transição muito forte de uma economia que começa a dar sinais de uma possível recuperação. Há um sentimento de mais calmaria que na primeira (votação), nos parece que ele (Temer) terá muito mais voto favorável a ele nessa votação do que teve na primeira”, disse Sabino.

Confira o debate completo: