#Conjunturas: Parlamentares cearenses criticam reformas realizadas pelo Governo Federal

DEBATE

#Conjunturas: Parlamentares cearenses criticam reformas realizadas pelo Governo Federal

A pauta foi sobre a reforma trabalhista, que entrou em vigor no dia 11 de novembro, e a reforma ministerial, que foi antecipada

Por Tribuna do Ceará em Política

13 de novembro de 2017 às 14:03

Há 1 mês
Cabo Sabino, Guilherme Sampaio e Carlos Matos participam do quadro

Cabo Sabino, Guilherme Sampaio e Carlos Matos participam do quadro (Foto: Tribuna do Ceará)

Duas reformas federais foram tema do Conjunturas desta segunda-feira (13). O quadro vai ao ar segunda, quarta e sexta, pela manhã, no Tribuna BandNews 1ª edição.

A pauta foi sobre a reforma trabalhista, que entrou em vigor no dia 11 de novembro, e a reforma ministerial, que foi antecipada. O deputado federal Cabo Sabino (PR), o estadual Carlos Matos (PSDB) e o vereador de Fortaleza Guilherme Sampaio (PT) comentaram o assunto.

Guilherme Sampaio demonstrou o descontentamento com a reforma trabalhista. Ele citou alguns fatores que considera ruim, como o contrato intermitente e a negociação direta entre patrão e empregado.

Já Sabino apontou que a reforma ministerial vai influenciar na reforma da previdência, tendo como objetivo “roer o osso”. Ele critica a proposta de acabar com sindicatos, feita, segundo ele, por um ministro.

Carlos Matos diz que os sindicatos, na verdade, acabaram. Ele considera que os sindicatosforam instrumentalizados e começaram a fazer política, enquanto paravam de defender o trbalhador.

Confira o debate completo sobre o tema entre o vereador Guilherme Sampaio, o deputado estadual Carlos Matos e o deputado federal Cabo Sabino:

Publicidade

Dê sua opinião

DEBATE

#Conjunturas: Parlamentares cearenses criticam reformas realizadas pelo Governo Federal

A pauta foi sobre a reforma trabalhista, que entrou em vigor no dia 11 de novembro, e a reforma ministerial, que foi antecipada

Por Tribuna do Ceará em Política

13 de novembro de 2017 às 14:03

Há 1 mês
Cabo Sabino, Guilherme Sampaio e Carlos Matos participam do quadro

Cabo Sabino, Guilherme Sampaio e Carlos Matos participam do quadro (Foto: Tribuna do Ceará)

Duas reformas federais foram tema do Conjunturas desta segunda-feira (13). O quadro vai ao ar segunda, quarta e sexta, pela manhã, no Tribuna BandNews 1ª edição.

A pauta foi sobre a reforma trabalhista, que entrou em vigor no dia 11 de novembro, e a reforma ministerial, que foi antecipada. O deputado federal Cabo Sabino (PR), o estadual Carlos Matos (PSDB) e o vereador de Fortaleza Guilherme Sampaio (PT) comentaram o assunto.

Guilherme Sampaio demonstrou o descontentamento com a reforma trabalhista. Ele citou alguns fatores que considera ruim, como o contrato intermitente e a negociação direta entre patrão e empregado.

Já Sabino apontou que a reforma ministerial vai influenciar na reforma da previdência, tendo como objetivo “roer o osso”. Ele critica a proposta de acabar com sindicatos, feita, segundo ele, por um ministro.

Carlos Matos diz que os sindicatos, na verdade, acabaram. Ele considera que os sindicatosforam instrumentalizados e começaram a fazer política, enquanto paravam de defender o trbalhador.

Confira o debate completo sobre o tema entre o vereador Guilherme Sampaio, o deputado estadual Carlos Matos e o deputado federal Cabo Sabino: