#Conjunturas: Indicação de novo diretor da Polícia Federal é criticada por parlamentares cearenses

DEBATE

#Conjunturas: Indicação de novo diretor da Polícia Federal é criticada por parlamentares cearenses

A indicação do diretor seria feita por José Sarney ao presidente Michel Temer. Isso levantou especulações sobre a possível interferência na operação Lava Jato

Por Tribuna do Ceará em Política

17 de novembro de 2017 às 15:15

Há 4 semanas
policia_federal_marcelo_camargo_abr_0

(FOTO: Agência Brasil)

A escolha do novo diretor da Polícia Federal foi tema do Conjunturas desta sexta-feira (17). O quadro vai ao ar segunda, quarta e sexta, pela manhã, no Tribuna BandNews 1ª edição.

A indicação do diretor seria feita por José Sarney ao presidente Michel Temer. Isso levantou especulações sobre a possível interferência na operação Lava Jato. O deputado federal Cabo Sabino (PR), o estadual Carlos Matos (PSDB) e o vereador de Fortaleza Guilherme Sampaio (PT) comentaram o assunto.

Para Cabo Sabino, a Polícia Fderal é a força que mais trabalha em prol da operação Lava Jato e consegue fazer investigações. Porém, segundo ele, o PMDB fez de tudo para acabar com a operação. Ele detalha como teria sido a indicação dos nomes para o posto.

Após escutar o deputado federal, Guilherme ironizou ao dizer que agora Sabino reconhecia que teria acontecido um golpe e esse seria o “grand finale“. Guilherme também fala sobre as possíveis confabulações dos políticos para chegar à PF.

Carlos Matos relembra a ligação de Dilma a Lula, falando de nomeação e compara a atual situação.O parlamentar ainda diz que a trama faz parte da “mesma turma”. “Eles querem se dar bem”.

Confira o debate completo sobre o tema entre o vereador Guilherme Sampaio, o deputado estadual Carlos Matos e o deputado federal Cabo Sabino:

Publicidade

Dê sua opinião

DEBATE

#Conjunturas: Indicação de novo diretor da Polícia Federal é criticada por parlamentares cearenses

A indicação do diretor seria feita por José Sarney ao presidente Michel Temer. Isso levantou especulações sobre a possível interferência na operação Lava Jato

Por Tribuna do Ceará em Política

17 de novembro de 2017 às 15:15

Há 4 semanas
policia_federal_marcelo_camargo_abr_0

(FOTO: Agência Brasil)

A escolha do novo diretor da Polícia Federal foi tema do Conjunturas desta sexta-feira (17). O quadro vai ao ar segunda, quarta e sexta, pela manhã, no Tribuna BandNews 1ª edição.

A indicação do diretor seria feita por José Sarney ao presidente Michel Temer. Isso levantou especulações sobre a possível interferência na operação Lava Jato. O deputado federal Cabo Sabino (PR), o estadual Carlos Matos (PSDB) e o vereador de Fortaleza Guilherme Sampaio (PT) comentaram o assunto.

Para Cabo Sabino, a Polícia Fderal é a força que mais trabalha em prol da operação Lava Jato e consegue fazer investigações. Porém, segundo ele, o PMDB fez de tudo para acabar com a operação. Ele detalha como teria sido a indicação dos nomes para o posto.

Após escutar o deputado federal, Guilherme ironizou ao dizer que agora Sabino reconhecia que teria acontecido um golpe e esse seria o “grand finale“. Guilherme também fala sobre as possíveis confabulações dos políticos para chegar à PF.

Carlos Matos relembra a ligação de Dilma a Lula, falando de nomeação e compara a atual situação.O parlamentar ainda diz que a trama faz parte da “mesma turma”. “Eles querem se dar bem”.

Confira o debate completo sobre o tema entre o vereador Guilherme Sampaio, o deputado estadual Carlos Matos e o deputado federal Cabo Sabino: