Com general Theophilo, PSDB se lança na disputa ao Governo

ELEIÇÕES 2018

Com general Theophilo, PSDB se lança na disputa ao governo pela oposição

General Guilherme Theophilo serviu as Forças Armadas por 45 anos e tem experiência no combate ao tráfico de armas, drogas e controle das fronteiras

Por Tribuna do Ceará em Política

21 de Maio de 2018 às 20:42

Há 7 meses
Evento ocorreu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Facebook/Tasso Jereissati)

Evento ocorreu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Facebook/Tasso Jereissati)

Com a mensagem, “Bota Moral, General” – o PSDB no Ceará lançou nesta segunda-feira (21) a pré-candidatura do general Guilherme Theophilo ao Governo do Estado nas eleições deste ano.

Para o senador Tasso Jereissati, a candidatura do general Guilherme Theophilo vem como uma forma de acreditar novamente no sistema político. “Nunca me senti tão sozinho na política, ao mesmo tempo que nunca estive tão certo sobre uma escolha como a do nome do general”.

O senador acrescenta a importância de general Theophilo ser um nome fora da política. “Nós estamos fazendo aquilo que temos a consciência que é melhor para o Ceará. Um homem cearense, com uma carreira dedicada ao país, um currículo sem igual, sério, fora da política, que não aceita fazer esse tipo de política antiga. Sem Lava-Jato, sem mancha e que tem todas as condições de botar moral, de dar ordem nessa casa”, afirmou o senador.

Tasso comentou que não negociará com a oposição. “Buscamos o voto do povo, a percepção que estamos buscando algo novo e sério para o Ceará”. O pré-candidato general Theophilo reafirmou a declaração de Tasso. “Nós não aceitamos apoios ou conchavos. Estamos com a proposta da novidade, como foi com o senador Tasso Jereissati em 1986, uma renovação”.

O general aproveitou para garantir que sua proposta de governo baseia-se em ética, profissionalismo, cuidado com o bem e a coisa pública. “Quando se governa não pode ter somente um objetivo. Tem que estabelecer prioridades. Então, a segurança, saúde, educação e geração de empregos são prioridades”. Para ele, é necessário dar um choque de gestão, autoridade e responsabilidade na política do Ceará.

O pré-candidato comenta que não tem percebido tanta diferença na mudança da vida militar para política. “O cargo de general é um cargo político. Quando você é promovido a general, começa a trabalhar com a saúde, educação, no lugar que você está. Não estou sentindo tanta mudança”, concluiu.

O general Guilherme Theophilo é descendente de uma família tradicionalmente militar. Serviu as Forças Armadas por 45 anos e tem experiência no combate ao tráfico de armas, drogas e controle das fronteiras.

Confira os detalhes na reportagem do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Publicidade

Dê sua opinião

ELEIÇÕES 2018

Com general Theophilo, PSDB se lança na disputa ao governo pela oposição

General Guilherme Theophilo serviu as Forças Armadas por 45 anos e tem experiência no combate ao tráfico de armas, drogas e controle das fronteiras

Por Tribuna do Ceará em Política

21 de Maio de 2018 às 20:42

Há 7 meses
Evento ocorreu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Facebook/Tasso Jereissati)

Evento ocorreu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Facebook/Tasso Jereissati)

Com a mensagem, “Bota Moral, General” – o PSDB no Ceará lançou nesta segunda-feira (21) a pré-candidatura do general Guilherme Theophilo ao Governo do Estado nas eleições deste ano.

Para o senador Tasso Jereissati, a candidatura do general Guilherme Theophilo vem como uma forma de acreditar novamente no sistema político. “Nunca me senti tão sozinho na política, ao mesmo tempo que nunca estive tão certo sobre uma escolha como a do nome do general”.

O senador acrescenta a importância de general Theophilo ser um nome fora da política. “Nós estamos fazendo aquilo que temos a consciência que é melhor para o Ceará. Um homem cearense, com uma carreira dedicada ao país, um currículo sem igual, sério, fora da política, que não aceita fazer esse tipo de política antiga. Sem Lava-Jato, sem mancha e que tem todas as condições de botar moral, de dar ordem nessa casa”, afirmou o senador.

Tasso comentou que não negociará com a oposição. “Buscamos o voto do povo, a percepção que estamos buscando algo novo e sério para o Ceará”. O pré-candidato general Theophilo reafirmou a declaração de Tasso. “Nós não aceitamos apoios ou conchavos. Estamos com a proposta da novidade, como foi com o senador Tasso Jereissati em 1986, uma renovação”.

O general aproveitou para garantir que sua proposta de governo baseia-se em ética, profissionalismo, cuidado com o bem e a coisa pública. “Quando se governa não pode ter somente um objetivo. Tem que estabelecer prioridades. Então, a segurança, saúde, educação e geração de empregos são prioridades”. Para ele, é necessário dar um choque de gestão, autoridade e responsabilidade na política do Ceará.

O pré-candidato comenta que não tem percebido tanta diferença na mudança da vida militar para política. “O cargo de general é um cargo político. Quando você é promovido a general, começa a trabalhar com a saúde, educação, no lugar que você está. Não estou sentindo tanta mudança”, concluiu.

O general Guilherme Theophilo é descendente de uma família tradicionalmente militar. Serviu as Forças Armadas por 45 anos e tem experiência no combate ao tráfico de armas, drogas e controle das fronteiras.

Confira os detalhes na reportagem do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: