Com game, lixeiras e santinhos de papel-semente, candidatos inovam nesta campanha eleitoral


Com game, lixeiras e santinhos de papel-semente, candidatos inovam nesta campanha eleitoral

Em 2014, a campanha de alguns candidatos foi além dos meios convencionais de divulgação, como contratação de seguradores de bandeiras e entrega de panfletos

Por Roberta Tavares em Política

29 de setembro de 2014 às 12:00

Há 3 anos
Uma das estratégias foi distribuir lixeiras nas ruas de Fortaleza (FOTO: Divulgação/Guilherme Sampaio)

Uma das estratégias foi distribuir lixeiras nas ruas de Fortaleza (FOTO: Divulgação/Guilherme Sampaio)

A cada ano eleitoral surgem inovações nas regras para propaganda e também dos meios de divulgação de candidaturas dos cargos eletivos. Em 2014, a campanha de alguns candidatos em Fortaleza foi além dos meios convencionais de divulgação, como contratação de seguradores de bandeiras, entrega de panfletos, cavaletes em cima das calçadas ou pinturas nas paredes.

Desta vez, foram feitos jogos na internet, utilizados espelhos nos cruzamentos de avenidas, disponibilizadas lixeiras nas ruas e distribuídos santinhos em papel-semente. De acordo com o consultor de marketing, Jean Klécio, a importância dessas inovações é conquistar o eleitor indeciso. “A campanha convencional já está muito saturada. Ninguém aguenta mais cavalete em canteiro central, santinhos, nem pintura de muro”, admite.

Para ele, além das divulgações diferenciadas, também se faz necessária uma maior proximidade com os eleitores, nem que seja pelas redes sociais. “Quem segue candidato em Facebook ou Twitter, por exemplo, não quer só a equipe de comunicação respondendo, quer o fator humano, quer que o candidato participe mais ativamente. As pessoas esperam isso”, afirma, acrescentando que muitos cometem o erro de aparecer somente de dois em dois anos na timeline dos eleitores.

Sustentabilidade

Segundo o cientista político Horácio Frota, professor da Universidade Estadual do Ceará (Uece), as equipes de marketing das campanhas estão tentando vender ideias que não sejam jogadas fora; mas, sim, reaproveitadas em termos de concepção. “Os marqueteiros estão começando a trabalhar com essa ideia mais adaptada à sustentabilidade, para que as ações sejam recicladas. São iniciativas interessantes”, conclui.

Iniciativas mais criativas no Ceará em 2014:

Santinhos feitos com papel-semente

Podem ser plantados em jarro de terra fértil, com o papel picado e molhado (FOTO: Divulgação)

Podem ser plantados em jarro de terra fértil, com o papel picado e molhado (FOTO: Divulgação)

O papel semente, como o próprio nome já diz, traz sementes de plantas misturadas ao papel reciclado. Ele é utilizado como suporte em alguns materiais de divulgação do candidato a deputado federal Deodato Ramalho (PT). Ao final da campanha, pode ser plantado em um jarro de terra fértil, com o papel picado e molhado, germinando em cerca de 20 dias e nascendo em aproximadamente quatro meses. Há sementes de rúcula, boca-de-leão, agrião e cravo francês.

Lixeiras nas ruas

Candidato distribuiu lixeiras nas ruas de Fortaleza para incentivar uma campanha limpa (FOTO: Divulgação)

Candidato distribuiu lixeiras nas ruas de Fortaleza para incentivar uma campanha limpa (FOTO: Divulgação)

Outra estratégia foi a de distribuir lixeiras nas ruas de Fortaleza com o adesivo do candidato a deputado estadual Guilherme Sampaio (PT). A intenção, segundo a assessoria, é aliar a mensagem política a ações de limpeza, conscientização e cidadania.

Espelhos

Campanha usa espelho em cruzamentos de ruas da cidade para responder a pergunta (FOTO: Divulgação)

Campanha usa espelho em cruzamentos de ruas da cidade para responder a pergunta (FOTO: Divulgação)

Pessoas foram às ruas de Fortaleza para fazer a seguinte pergunta a moradores da cidade: “Quem pode mudar o Ceará?”. Logo em seguida, um espelho é exibido, com a palavra “você”. A iniciativa faz parte da campanha de Tasso Jereissati (PSDB), candidato ao Senado Federal.

Game com obras

Campanha criou jogo para relembrar obras de candidato

Campanha criou jogo para relembrar obras de candidato

Outra ideia que vale a pena ser adicionada é um game criado para relembrar as obras de Tasso Jeressati. Trata-se de um jogo da memória, com obras realizadas pelo candidato, quantidade de cliques e tempo para finalizar o game. Quando você pontua, aparece a informação mais detalhada de cada obra.

Jingle infantil

Crianças cantam jingle de candidato

Crianças cantam jingle de candidato

Os jingles com trocadilhos e fáceis de serem memorizados são comuns nas campanhas no Ceará. Para inovar, candidatos lançaram canções diferenciadas. O candidato ao governo do Estado Camilo Santana (PT) divulgou jingle cantado e tocado por crianças.

Jingle com a voz do próprio candidato

Candidato canta e toca guitarra em jingle de campanha

Candidato canta e toca guitarra em jingle de campanha

Outra ideia para aproximar o eleitor foi a do candidato à reeleição para deputado federal Domingos Neto (Pros). Ele lançou um jingle interpretado por ele próprio com a melodia de música de banda de forró. No vídeo, o candidato canta o jingle em um estúdio de gravação e ainda toca guitarra. Em um trecho da música, afirma que irá ligar “a cobrar” para o eleitor pedindo o voto.

Se você já viu outras ações de marketing político inovadoras no Ceará, comente na matéria!

Publicidade

Dê sua opinião

Com game, lixeiras e santinhos de papel-semente, candidatos inovam nesta campanha eleitoral

Em 2014, a campanha de alguns candidatos foi além dos meios convencionais de divulgação, como contratação de seguradores de bandeiras e entrega de panfletos

Por Roberta Tavares em Política

29 de setembro de 2014 às 12:00

Há 3 anos
Uma das estratégias foi distribuir lixeiras nas ruas de Fortaleza (FOTO: Divulgação/Guilherme Sampaio)

Uma das estratégias foi distribuir lixeiras nas ruas de Fortaleza (FOTO: Divulgação/Guilherme Sampaio)

A cada ano eleitoral surgem inovações nas regras para propaganda e também dos meios de divulgação de candidaturas dos cargos eletivos. Em 2014, a campanha de alguns candidatos em Fortaleza foi além dos meios convencionais de divulgação, como contratação de seguradores de bandeiras, entrega de panfletos, cavaletes em cima das calçadas ou pinturas nas paredes.

Desta vez, foram feitos jogos na internet, utilizados espelhos nos cruzamentos de avenidas, disponibilizadas lixeiras nas ruas e distribuídos santinhos em papel-semente. De acordo com o consultor de marketing, Jean Klécio, a importância dessas inovações é conquistar o eleitor indeciso. “A campanha convencional já está muito saturada. Ninguém aguenta mais cavalete em canteiro central, santinhos, nem pintura de muro”, admite.

Para ele, além das divulgações diferenciadas, também se faz necessária uma maior proximidade com os eleitores, nem que seja pelas redes sociais. “Quem segue candidato em Facebook ou Twitter, por exemplo, não quer só a equipe de comunicação respondendo, quer o fator humano, quer que o candidato participe mais ativamente. As pessoas esperam isso”, afirma, acrescentando que muitos cometem o erro de aparecer somente de dois em dois anos na timeline dos eleitores.

Sustentabilidade

Segundo o cientista político Horácio Frota, professor da Universidade Estadual do Ceará (Uece), as equipes de marketing das campanhas estão tentando vender ideias que não sejam jogadas fora; mas, sim, reaproveitadas em termos de concepção. “Os marqueteiros estão começando a trabalhar com essa ideia mais adaptada à sustentabilidade, para que as ações sejam recicladas. São iniciativas interessantes”, conclui.

Iniciativas mais criativas no Ceará em 2014:

Santinhos feitos com papel-semente

Podem ser plantados em jarro de terra fértil, com o papel picado e molhado (FOTO: Divulgação)

Podem ser plantados em jarro de terra fértil, com o papel picado e molhado (FOTO: Divulgação)

O papel semente, como o próprio nome já diz, traz sementes de plantas misturadas ao papel reciclado. Ele é utilizado como suporte em alguns materiais de divulgação do candidato a deputado federal Deodato Ramalho (PT). Ao final da campanha, pode ser plantado em um jarro de terra fértil, com o papel picado e molhado, germinando em cerca de 20 dias e nascendo em aproximadamente quatro meses. Há sementes de rúcula, boca-de-leão, agrião e cravo francês.

Lixeiras nas ruas

Candidato distribuiu lixeiras nas ruas de Fortaleza para incentivar uma campanha limpa (FOTO: Divulgação)

Candidato distribuiu lixeiras nas ruas de Fortaleza para incentivar uma campanha limpa (FOTO: Divulgação)

Outra estratégia foi a de distribuir lixeiras nas ruas de Fortaleza com o adesivo do candidato a deputado estadual Guilherme Sampaio (PT). A intenção, segundo a assessoria, é aliar a mensagem política a ações de limpeza, conscientização e cidadania.

Espelhos

Campanha usa espelho em cruzamentos de ruas da cidade para responder a pergunta (FOTO: Divulgação)

Campanha usa espelho em cruzamentos de ruas da cidade para responder a pergunta (FOTO: Divulgação)

Pessoas foram às ruas de Fortaleza para fazer a seguinte pergunta a moradores da cidade: “Quem pode mudar o Ceará?”. Logo em seguida, um espelho é exibido, com a palavra “você”. A iniciativa faz parte da campanha de Tasso Jereissati (PSDB), candidato ao Senado Federal.

Game com obras

Campanha criou jogo para relembrar obras de candidato

Campanha criou jogo para relembrar obras de candidato

Outra ideia que vale a pena ser adicionada é um game criado para relembrar as obras de Tasso Jeressati. Trata-se de um jogo da memória, com obras realizadas pelo candidato, quantidade de cliques e tempo para finalizar o game. Quando você pontua, aparece a informação mais detalhada de cada obra.

Jingle infantil

Crianças cantam jingle de candidato

Crianças cantam jingle de candidato

Os jingles com trocadilhos e fáceis de serem memorizados são comuns nas campanhas no Ceará. Para inovar, candidatos lançaram canções diferenciadas. O candidato ao governo do Estado Camilo Santana (PT) divulgou jingle cantado e tocado por crianças.

Jingle com a voz do próprio candidato

Candidato canta e toca guitarra em jingle de campanha

Candidato canta e toca guitarra em jingle de campanha

Outra ideia para aproximar o eleitor foi a do candidato à reeleição para deputado federal Domingos Neto (Pros). Ele lançou um jingle interpretado por ele próprio com a melodia de música de banda de forró. No vídeo, o candidato canta o jingle em um estúdio de gravação e ainda toca guitarra. Em um trecho da música, afirma que irá ligar “a cobrar” para o eleitor pedindo o voto.

Se você já viu outras ações de marketing político inovadoras no Ceará, comente na matéria!