Ciro Gomes chama integrante do MBL de "capitão do mato" e é acusado de racismo

"CAPITÃOZINHO DO MATO"

Ciro Gomes chama integrante do MBL de “capitão do mato” e é acusado de racismo

Na rádio Jovem Pan, Ciro Gomes chamou o vereador de SP de “capitãozinho do mato”, nome dado a capatazes que buscavam escravos

Por Tribuna do Ceará em Política

19 de junho de 2018 às 15:17

Há 5 meses
Ciro Gomes é pré-candidato pelo PDT. (FOTO: Agência Brasil)

Ciro Gomes é pré-candidato pelo PDT. (FOTO: Agência Brasil)

O vereador do partido Democratas (DEM-SP), Fernando Holiday, integrante do Movimento Brasil Livre (MBL), disse que vai processar o pré-candidato à presidência da República Ciro Gomes (PDT) por racismo. A ameaça aconteceu após ser chamado de “capitãozinho do mato” pelo pedetista.

Durante entrevista a rádio Jovem Pan na segunda-feira (18), o presidenciável foi questionado sobre possível aliança do PDT com o DEM. Ciro Gomes disse que a junção vai depender do futuro e encaminhou a discussão para o vereador.

Ele citou Holiday, que é ligado ao MBL, e o chamou de “capitãozinho do mato”, termo usado para denominar capatazes que buscavam escravos fugitivos.

“Esse Fernando Holiday aqui, que a pior coisa que tem, é um negro que é usado pelo preconceito para estigmatizar, que é o capitão do mato no passado, você imagina o que eu estou dizendo dele aqui”, disse Ciro.

Em resposta, o vereador publicou um vídeo, afirmando que pretende processar Ciro Gomes por racismo. “Vai ter que responder na Justiça pelo crime que cometeu perante a todos os brasileiros e diante de um veículo de comunicação conhecido em todo o País. Esse tipo de preconceito de alguns setores radicais da esquerda não pode prosperar”. Ele ainda questionou nas redes sociais se o pedetista teria condições de governar o País.

Confira os áudios de Ciro Gomes e Fernando Holiday: 

 

Publicidade

Dê sua opinião

"CAPITÃOZINHO DO MATO"

Ciro Gomes chama integrante do MBL de “capitão do mato” e é acusado de racismo

Na rádio Jovem Pan, Ciro Gomes chamou o vereador de SP de “capitãozinho do mato”, nome dado a capatazes que buscavam escravos

Por Tribuna do Ceará em Política

19 de junho de 2018 às 15:17

Há 5 meses
Ciro Gomes é pré-candidato pelo PDT. (FOTO: Agência Brasil)

Ciro Gomes é pré-candidato pelo PDT. (FOTO: Agência Brasil)

O vereador do partido Democratas (DEM-SP), Fernando Holiday, integrante do Movimento Brasil Livre (MBL), disse que vai processar o pré-candidato à presidência da República Ciro Gomes (PDT) por racismo. A ameaça aconteceu após ser chamado de “capitãozinho do mato” pelo pedetista.

Durante entrevista a rádio Jovem Pan na segunda-feira (18), o presidenciável foi questionado sobre possível aliança do PDT com o DEM. Ciro Gomes disse que a junção vai depender do futuro e encaminhou a discussão para o vereador.

Ele citou Holiday, que é ligado ao MBL, e o chamou de “capitãozinho do mato”, termo usado para denominar capatazes que buscavam escravos fugitivos.

“Esse Fernando Holiday aqui, que a pior coisa que tem, é um negro que é usado pelo preconceito para estigmatizar, que é o capitão do mato no passado, você imagina o que eu estou dizendo dele aqui”, disse Ciro.

Em resposta, o vereador publicou um vídeo, afirmando que pretende processar Ciro Gomes por racismo. “Vai ter que responder na Justiça pelo crime que cometeu perante a todos os brasileiros e diante de um veículo de comunicação conhecido em todo o País. Esse tipo de preconceito de alguns setores radicais da esquerda não pode prosperar”. Ele ainda questionou nas redes sociais se o pedetista teria condições de governar o País.

Confira os áudios de Ciro Gomes e Fernando Holiday: