Camilo defende nome de Tasso Jereissati para Presidente da República em caso de eleição indireta
ESPECULAÇÕES

Camilo defende nome de Tasso Jereissati para Presidente da República em caso de eleição indireta

O senador Tasso Jereissati (PSDB) e ex-governador do Ceará assumiu a presidência do PSDB nacional após denúncias contra o Michel Temer e Aécio Neves

Por Lyvia Rocha em Política

29 de maio de 2017 às 16:05

Há 5 meses
Tasso é o presidente interino do PSDB nacional (FOTO: Reprodução/Facebook)

Tasso é o presidente interino do PSDB nacional (FOTO: Reprodução/Facebook)

Em entrevista coletiva, o governador do Ceará Camilo Santana (PT) falou sobre a atual situação política do Brasil. “Foram 2 anos e meio ano de recessão econômica, uma das maiores da história desse país e estamos em uma instabilidade muito grande”.

Sobre uma possível eleição indireta, caso o atual presidente da República Michel Temer saia do cargo, Camilo Santana defende o nome do senador Tasso Jereissati (PSDB) como o nome para assumir a presidência do Brasil.

“Precisamos respeitar a Carga Magna, a Constituição Brasileira, portanto quem vai decidir é o Congresso Nacional, e eu disse que, em caso de eleições indiretas, o nome que representa, com muita seriedade, é o nome do senador Tasso Jereissati, aliás o que seria muito bom para o estado do Ceará também”, disse.

Após os escândalos envolvendo o presidente da República, o senador Tasso Jereissati (PSDB) afirmou, em coletiva de imprensa, logo após as denúncias, que os trabalhos no Senado Federal continuam e não serão afetados pelos acontecimentos políticos recentes, se referindo à acusação ao presidente Michel Temer (PMDB).

“Diante de vários rumores, o nosso trabalho na CAE [Comissão de Assuntos Econômicos] e no Senado é normal. O nosso compromisso é com o País. Mostrar que estamos trabalhando normalmente e que os acontecimentos políticos independem do nosso trabalho aqui. O Brasil depende de que nós continuemos a trabalhar”, disse.

O senador e ex-governador do Ceará Tasso Jereissati assumiu a presidência interina do partido após o senador Aécio Neves apresentar pedido de licenciamento do cargo.

Veja o vídeo da declaração de Camilo Santana:

Publicidade

Dê sua opinião

ESPECULAÇÕES

Camilo defende nome de Tasso Jereissati para Presidente da República em caso de eleição indireta

O senador Tasso Jereissati (PSDB) e ex-governador do Ceará assumiu a presidência do PSDB nacional após denúncias contra o Michel Temer e Aécio Neves

Por Lyvia Rocha em Política

29 de maio de 2017 às 16:05

Há 5 meses
Tasso é o presidente interino do PSDB nacional (FOTO: Reprodução/Facebook)

Tasso é o presidente interino do PSDB nacional (FOTO: Reprodução/Facebook)

Em entrevista coletiva, o governador do Ceará Camilo Santana (PT) falou sobre a atual situação política do Brasil. “Foram 2 anos e meio ano de recessão econômica, uma das maiores da história desse país e estamos em uma instabilidade muito grande”.

Sobre uma possível eleição indireta, caso o atual presidente da República Michel Temer saia do cargo, Camilo Santana defende o nome do senador Tasso Jereissati (PSDB) como o nome para assumir a presidência do Brasil.

“Precisamos respeitar a Carga Magna, a Constituição Brasileira, portanto quem vai decidir é o Congresso Nacional, e eu disse que, em caso de eleições indiretas, o nome que representa, com muita seriedade, é o nome do senador Tasso Jereissati, aliás o que seria muito bom para o estado do Ceará também”, disse.

Após os escândalos envolvendo o presidente da República, o senador Tasso Jereissati (PSDB) afirmou, em coletiva de imprensa, logo após as denúncias, que os trabalhos no Senado Federal continuam e não serão afetados pelos acontecimentos políticos recentes, se referindo à acusação ao presidente Michel Temer (PMDB).

“Diante de vários rumores, o nosso trabalho na CAE [Comissão de Assuntos Econômicos] e no Senado é normal. O nosso compromisso é com o País. Mostrar que estamos trabalhando normalmente e que os acontecimentos políticos independem do nosso trabalho aqui. O Brasil depende de que nós continuemos a trabalhar”, disse.

O senador e ex-governador do Ceará Tasso Jereissati assumiu a presidência interina do partido após o senador Aécio Neves apresentar pedido de licenciamento do cargo.

Veja o vídeo da declaração de Camilo Santana: