Grupo explode agência bancária em Paraipaba


123º ataque: grupo explode agência bancária em Paraipaba

Os acusados agiram de forma similar aos atentados a banco registrados anteriormente. Parte do bando atacou o Destacamento Policial da cidade, enquanto a outra explodia os caixas eletrônicos

Por Aline Lima em Polícia

29 de outubro de 2013 às 08:02

Há 6 anos

O Banco Bradesco foi alvo de grupo fortemente armado no município de Paraipaba, a 100 quilômetros de Fortaleza. A quadrilha era composta por aproximadamente 10 homens que, durante a ação, dividiu-se em dois grupos. A ação criminosa ocorreu por volta da 0h desta terça-feira (29).

Grupo fortemente armado explode agência do Banco Bradesco em Paraipaba (Foto: Abraão Ramos)

Grupo fortemente armado explode agência do Banco Bradesco em Paraipaba (Foto: Abraão Ramos)

Os acusados agiram de forma similar aos atentados a banco registrados anteriormente. Um grupo dirigiu-se ao Destacamento Policial da cidade, onde renderam os policiais. Para impedir qualquer reação dos policiais, a viatura estacionada em frente ao prédio foi metralhada e um dos policiais foi feito de refém.

Após o ataque à Polícia Militar (PM), o grupo levou o policial refém para a agência do Banco Bradesco, localizada no Centro da cidade, onde a segunda parte do bando explodia os caixas eletrônicos. O banco ficou completamente destruído com a explosão e, ao final da ação, o policial foi libertado. Um dos veículos utilizados pelo bando foi encontrado a uns 7 km do local abandonado e queimado.

A PM prendeu um casal suspeito há poucos metros do Centro. O homem, morador do José Walter, é ex-militar e estava sem documentos no momento. Segundo a polícia, ele responde por vários processos na justiça, dentre os quais, porte ilegal de arma. Ambos foram levados para a delegacia mas a polícia acredita que o casal não teve participação no crime.

Este é o 123° ataque a banco registrado em 2013, sendo o 83° no interior. O último registrado aconteceu no município de Penaforte, quando um grupo de 15 pessoas explodiu o caixa eletrônico do Banco do Brasil, na sexta-feira (25).

Com informações do repórter Abraão Ramos

Acompanhe a matéria da TV Jangadeiro:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/14732986″]

Publicidade

Dê sua opinião

123º ataque: grupo explode agência bancária em Paraipaba

Os acusados agiram de forma similar aos atentados a banco registrados anteriormente. Parte do bando atacou o Destacamento Policial da cidade, enquanto a outra explodia os caixas eletrônicos

Por Aline Lima em Polícia

29 de outubro de 2013 às 08:02

Há 6 anos

O Banco Bradesco foi alvo de grupo fortemente armado no município de Paraipaba, a 100 quilômetros de Fortaleza. A quadrilha era composta por aproximadamente 10 homens que, durante a ação, dividiu-se em dois grupos. A ação criminosa ocorreu por volta da 0h desta terça-feira (29).

Grupo fortemente armado explode agência do Banco Bradesco em Paraipaba (Foto: Abraão Ramos)

Grupo fortemente armado explode agência do Banco Bradesco em Paraipaba (Foto: Abraão Ramos)

Os acusados agiram de forma similar aos atentados a banco registrados anteriormente. Um grupo dirigiu-se ao Destacamento Policial da cidade, onde renderam os policiais. Para impedir qualquer reação dos policiais, a viatura estacionada em frente ao prédio foi metralhada e um dos policiais foi feito de refém.

Após o ataque à Polícia Militar (PM), o grupo levou o policial refém para a agência do Banco Bradesco, localizada no Centro da cidade, onde a segunda parte do bando explodia os caixas eletrônicos. O banco ficou completamente destruído com a explosão e, ao final da ação, o policial foi libertado. Um dos veículos utilizados pelo bando foi encontrado a uns 7 km do local abandonado e queimado.

A PM prendeu um casal suspeito há poucos metros do Centro. O homem, morador do José Walter, é ex-militar e estava sem documentos no momento. Segundo a polícia, ele responde por vários processos na justiça, dentre os quais, porte ilegal de arma. Ambos foram levados para a delegacia mas a polícia acredita que o casal não teve participação no crime.

Este é o 123° ataque a banco registrado em 2013, sendo o 83° no interior. O último registrado aconteceu no município de Penaforte, quando um grupo de 15 pessoas explodiu o caixa eletrônico do Banco do Brasil, na sexta-feira (25).

Com informações do repórter Abraão Ramos

Acompanhe a matéria da TV Jangadeiro:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/14732986″]