Corpo de homossexual é encontrado boiando em praia de Fortaleza


Corpo de homossexual é encontrado boiando em praia de Fortaleza

O corpo de um homem foi encontrado boiando na praia do Pirambu, em Fortaleza, na manhã desta terça-feira (3). Segundo populares, a vítima, conhecida como “Neguinho”, era homossexual, tinha problemas mentais e costumava frequentar terreiros de macumba.

Por Felipe Lima e Thamiris Treigher em Polícia

3 de julho de 2012 às 11:34

Há 7 anos

O corpo de um homem foi encontrado boiando na praia do Pirambu, em Fortaleza, na manhã desta terça-feira (3). Segundo populares, a vítima, conhecida como “Neguinho”, era homossexual, tinha problemas mentais e costumava frequentar terreiros de macumba.

Quando policiais chegaram à praia, o cadáver estava coberto por algas e areia e sujo de sangue. A perícia constatou que o homem tinha sofrido uma pancada na cabeça. Uma pessoa que disse morar com “Neguinho” confirmou que ele sofria de problemas mentais e que era homossexual.

Segundo ela, a vítima teria saído de casa na noite desta segunda-feira (2), para ir ao terreiro de macumba, mas não retornou, como de costume. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde deve passar por exame de necrópsia, para identificar a real causa da morte.

Caucaia

Outro homicídio registrado pela polícia nesta terça-feira ocorreu no bairro Planalto Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. Um homem conhecido como “Zé Prego” foi encontrado caído em um campo de futebol, na Rua 119, com várias marcas de facadas.

Pessoas que moram próximo ao local informaram à polícia que, por volta da 4h, ouviram gritos e acionaram o Ronda do Quarteirão. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi chamada, mas a vítima já estava morta.

A perícia constatou pelo menos seis perfurações a faca no corpo de “Zé Prego”. Peritos encontraram ainda um relógio dentro do calção dele, o que levantou a suspeita de que ele pode ter sido perseguido e morto após praticar um assalto.

Ainda de acordo com a polícia, a vítima é suspeita de quatro homicídios e tinha saído do presídio há cerca de um mês. O caso agora será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Publicidade

Dê sua opinião

Corpo de homossexual é encontrado boiando em praia de Fortaleza

O corpo de um homem foi encontrado boiando na praia do Pirambu, em Fortaleza, na manhã desta terça-feira (3). Segundo populares, a vítima, conhecida como “Neguinho”, era homossexual, tinha problemas mentais e costumava frequentar terreiros de macumba.

Por Felipe Lima e Thamiris Treigher em Polícia

3 de julho de 2012 às 11:34

Há 7 anos

O corpo de um homem foi encontrado boiando na praia do Pirambu, em Fortaleza, na manhã desta terça-feira (3). Segundo populares, a vítima, conhecida como “Neguinho”, era homossexual, tinha problemas mentais e costumava frequentar terreiros de macumba.

Quando policiais chegaram à praia, o cadáver estava coberto por algas e areia e sujo de sangue. A perícia constatou que o homem tinha sofrido uma pancada na cabeça. Uma pessoa que disse morar com “Neguinho” confirmou que ele sofria de problemas mentais e que era homossexual.

Segundo ela, a vítima teria saído de casa na noite desta segunda-feira (2), para ir ao terreiro de macumba, mas não retornou, como de costume. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde deve passar por exame de necrópsia, para identificar a real causa da morte.

Caucaia

Outro homicídio registrado pela polícia nesta terça-feira ocorreu no bairro Planalto Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. Um homem conhecido como “Zé Prego” foi encontrado caído em um campo de futebol, na Rua 119, com várias marcas de facadas.

Pessoas que moram próximo ao local informaram à polícia que, por volta da 4h, ouviram gritos e acionaram o Ronda do Quarteirão. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi chamada, mas a vítima já estava morta.

A perícia constatou pelo menos seis perfurações a faca no corpo de “Zé Prego”. Peritos encontraram ainda um relógio dentro do calção dele, o que levantou a suspeita de que ele pode ter sido perseguido e morto após praticar um assalto.

Ainda de acordo com a polícia, a vítima é suspeita de quatro homicídios e tinha saído do presídio há cerca de um mês. O caso agora será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).