Adolescente que sofre com doença rara publica livro e realiza sonho de ser escritor

JOVEM ESCRITOR

Adolescente que sofre com doença rara publica livro e realiza sonho de ser escritor

Pedro Guilherme, de 14 anos, sofre da síndrome do intestino curto, doença diagnosticada quando tinha 5 anos

Por Daniel Rocha em Perfil

9 de agosto de 2018 às 07:15

Há 4 meses
Pedro no lançamento de seu livro

Pedro Guilherme, de 14 anos, sofre da síndrome do intestino curto (Foto: Reginaldo Marinho)

Aos 14 anos, o adolescente Pedro Guilherme realizou o seu maior sonho: o de ser escritor. Lançou, no último mês de julho, o livro infanto juvenil “Contos da minha nuvem”. As histórias abordam temas como a importância da família, sobre a morte e o significado da felicidade. A inspiração para pensar nas narrativas surgiu de sua experiência de vida.

Pedro sofre da síndrome do intestino curto e, apesar da pouca idade, passou por inúmeras dificuldades em decorrência do tratamento que lhe exigiu maturidade para enfrentar e seguir em frente.

O adolescente foi diagnosticado em 2009 no hospital Albert Sabin, em Fortaleza. A princípio, familiares e médicos acreditavam que Guilherme estava com infecção intestinal. “Ele sentia fortes dores na barriga. Lá, no hospital, fizeram uma tomografia e foi diagnosticado a doença”, relembra a produtora de eventos Karla Lima, mãe de Pedro.

Imediatamente, Pedro foi submetido a uma cirurgia. Os médicos informaram que o intestino do jovem escritor estava necrosado. Perdeu 95% do intestino delgado. Na época, tinha apenas cinco anos. “Deram dois dias de vida para ele”, conta Karla. De lá para cá, o adolescente foi sendo acompanhado pelos médicos e adquiriu outras doenças em decorrência da síndrome, como osteoporose, depressão e problemas endócrinos.

“Ele é o único adolescente nessas condições com a síndrome do intestino curto no Ceará. As opções de tratamento e as novas resoluções têm base no que foi feito no Pedro”, afirma Karla.

“Contos da minha nuvem”

A ideia de produzir o livro surgiu durante uma conversa entre mãe e filho. Ao perceber o potencial lúdico do filho e por ter ouvido o desejo de ser um dia escritor, a produtora de evento propôs ao adolescente escrever o seu primeiro livro. Guilherme escreveu os 10 contos infantis em três meses. Cada história teve como inspiração um momento de sua vida.

Um dos contos aborda a questão da morte. O adolescente narra a história de uma menina que tem sonhos frequentes com a avó, que faleceu há pouto tempo, e ainda não se acostumou com a perda. No enredo, Pedro mostra para o público infantil que a morte não significa o fim.

A publicação do livro contou com ajuda de quem se sensibilizou com a história de Pedro. Uma campanha foi realizada para arrecadar dinheiro para a publicação do livro. A meta era conseguir R$ 9.788,  mas Karla e Pedro foram surpreendidos. Em pouco tempo, as doações contabilizavam R$ 10.975.

Pedro no lançamento de seu livro

O livro infanto juvenil é um dos primeiros de Pedro Guilherme (Foto: Reginaldo Marinho)

O lançamento estava previsto para o mês de maio, mas houve um imprevisto. Pedro Guilherme precisou ser hospitalizado novamente. Foi preciso adiar.

“Ele saiu no dia 13 de junho. Mas, no fim de julho teve que se internar de novo, dois dias antes do evento”, relembra. Entretanto, apesar dos contratempos, Pedro recebeu alta e conseguiu comparecer ao lançamento. “Foi o dia mais feliz da vida dele”, relembra.

Até o momento, o livro de Pedro ainda não se encontra nas livrarias. A venda é feita por encomenda por meio do telefone de Karla, pelo número (85) 9 8807-3175. O valor é de R$ 29,90. Uma parte da verba é destinada para custear o tratamento do adolescente, enquanto a outra para ajudar no lançamento de próximos livros.

Próximas publicações

O “Contos da Minha Nuvem” é o início de sua trajetória como escritor. O próximo a ser publicado é um livro de poesias sobre momentos em que passou no hospital. A obra vai reunir 52 poesias. Em um dos capítulos de “Cotidiano de Minhas Poesias”, Pedro compartilha momentos em que viveu durante o tratamento e como superou as dificuldades.

“À medida em que fui escrevendo, surgiram várias outras ideias de livro. O de poesias está pronto. Foram escritas quando estava internado. Falam sobre pensamentos que tive na hora. Abordam o amor, a tristeza, a beleza da vida e quando tive sede”, detalha o adolescente.

Publicidade

Dê sua opinião

JOVEM ESCRITOR

Adolescente que sofre com doença rara publica livro e realiza sonho de ser escritor

Pedro Guilherme, de 14 anos, sofre da síndrome do intestino curto, doença diagnosticada quando tinha 5 anos

Por Daniel Rocha em Perfil

9 de agosto de 2018 às 07:15

Há 4 meses
Pedro no lançamento de seu livro

Pedro Guilherme, de 14 anos, sofre da síndrome do intestino curto (Foto: Reginaldo Marinho)

Aos 14 anos, o adolescente Pedro Guilherme realizou o seu maior sonho: o de ser escritor. Lançou, no último mês de julho, o livro infanto juvenil “Contos da minha nuvem”. As histórias abordam temas como a importância da família, sobre a morte e o significado da felicidade. A inspiração para pensar nas narrativas surgiu de sua experiência de vida.

Pedro sofre da síndrome do intestino curto e, apesar da pouca idade, passou por inúmeras dificuldades em decorrência do tratamento que lhe exigiu maturidade para enfrentar e seguir em frente.

O adolescente foi diagnosticado em 2009 no hospital Albert Sabin, em Fortaleza. A princípio, familiares e médicos acreditavam que Guilherme estava com infecção intestinal. “Ele sentia fortes dores na barriga. Lá, no hospital, fizeram uma tomografia e foi diagnosticado a doença”, relembra a produtora de eventos Karla Lima, mãe de Pedro.

Imediatamente, Pedro foi submetido a uma cirurgia. Os médicos informaram que o intestino do jovem escritor estava necrosado. Perdeu 95% do intestino delgado. Na época, tinha apenas cinco anos. “Deram dois dias de vida para ele”, conta Karla. De lá para cá, o adolescente foi sendo acompanhado pelos médicos e adquiriu outras doenças em decorrência da síndrome, como osteoporose, depressão e problemas endócrinos.

“Ele é o único adolescente nessas condições com a síndrome do intestino curto no Ceará. As opções de tratamento e as novas resoluções têm base no que foi feito no Pedro”, afirma Karla.

“Contos da minha nuvem”

A ideia de produzir o livro surgiu durante uma conversa entre mãe e filho. Ao perceber o potencial lúdico do filho e por ter ouvido o desejo de ser um dia escritor, a produtora de evento propôs ao adolescente escrever o seu primeiro livro. Guilherme escreveu os 10 contos infantis em três meses. Cada história teve como inspiração um momento de sua vida.

Um dos contos aborda a questão da morte. O adolescente narra a história de uma menina que tem sonhos frequentes com a avó, que faleceu há pouto tempo, e ainda não se acostumou com a perda. No enredo, Pedro mostra para o público infantil que a morte não significa o fim.

A publicação do livro contou com ajuda de quem se sensibilizou com a história de Pedro. Uma campanha foi realizada para arrecadar dinheiro para a publicação do livro. A meta era conseguir R$ 9.788,  mas Karla e Pedro foram surpreendidos. Em pouco tempo, as doações contabilizavam R$ 10.975.

Pedro no lançamento de seu livro

O livro infanto juvenil é um dos primeiros de Pedro Guilherme (Foto: Reginaldo Marinho)

O lançamento estava previsto para o mês de maio, mas houve um imprevisto. Pedro Guilherme precisou ser hospitalizado novamente. Foi preciso adiar.

“Ele saiu no dia 13 de junho. Mas, no fim de julho teve que se internar de novo, dois dias antes do evento”, relembra. Entretanto, apesar dos contratempos, Pedro recebeu alta e conseguiu comparecer ao lançamento. “Foi o dia mais feliz da vida dele”, relembra.

Até o momento, o livro de Pedro ainda não se encontra nas livrarias. A venda é feita por encomenda por meio do telefone de Karla, pelo número (85) 9 8807-3175. O valor é de R$ 29,90. Uma parte da verba é destinada para custear o tratamento do adolescente, enquanto a outra para ajudar no lançamento de próximos livros.

Próximas publicações

O “Contos da Minha Nuvem” é o início de sua trajetória como escritor. O próximo a ser publicado é um livro de poesias sobre momentos em que passou no hospital. A obra vai reunir 52 poesias. Em um dos capítulos de “Cotidiano de Minhas Poesias”, Pedro compartilha momentos em que viveu durante o tratamento e como superou as dificuldades.

“À medida em que fui escrevendo, surgiram várias outras ideias de livro. O de poesias está pronto. Foram escritas quando estava internado. Falam sobre pensamentos que tive na hora. Abordam o amor, a tristeza, a beleza da vida e quando tive sede”, detalha o adolescente.