Lúcio Alcântara tem uma das maiores coleções de marcadores de livros no país
ESTANTE NUMEROSA

Lúcio Alcântara tem uma das maiores coleções de marcadores de livros no país

O ex-governador do Ceará, hoje com 72 anos, possui mais de 500 marcadores de livros, incluindo raridade dos EUA

Por Matheus Ribeiro em Perfil

18 de maio de 2016 às 06:45

Há 10 meses
Lúcio Alcântara durante entrevista ao Tribuna do Ceará (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lúcio Alcântara durante entrevista ao Tribuna do Ceará (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Aos 72 anos, a voz mansa e rouca marcam a trajetória de uma vida de sucesso em sua carreira profissional e política. Muito se sabe sobre Lúcio Alcântara, mas poucos conhecem uma curiosa coleção do ex-governador do Ceará: seu querido acervo de marcadores de livros. Quiçá, um dos maiores do Brasil no gênero.

O que aparenta ser algo planejado de muitos anos, na verdade, não passa de um acúmulo involuntário que foi tomando forma com o passar do tempo. “Eu realmente nem sei quando, nem como eu comecei. Fato que eu sou um leitor compulsivo e um colecionador compulsivo. Então comecei a reunir esses marcadores há bastante tempo”.

Parte da coleção é mantida em sua residência, no Bairro Aldeota, em Fortaleza. “Tenho marcadores de outros países e alguns de formatos inusitados. Tenho alguns de metal, outros de madeira, uns de tecido. Uns são industrializados, outros são artesanais. Há alguns religiosos, de propagandas”, enumera Lúcio.

Com mais de 500 marcadores distribuídos entre seu escritório em Fortaleza e uma exposição na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa, o hoje presidente estadual do Partido Republicano (PR) admite que não sabe a quantidade ao certo. Somente na Europa, 230 a 300 marcadores foram selecionados pela biblioteca.

“Admiro os mais antigos. Tenho um do centenário da independência dos Estados Unidos, que está em Portugal. É um marcador bem raro e que gosto muito. Tem um, que também está lá, de quando eu estava em Marrocos com a minha esposa e ela viu o marcador num mercado. Foi uma confusão para pagar. Tenho muitos que possuem boas histórias”, conta.

Em comemoração ao seu septuagésimo aniversário, Lúcio lançou o livro ‘Entre Páginas, Entre Vidas’. No exemplar, o político exibe fotografias de inúmeros marcadores de livros que adquiriu ao longo dos anos de colecionador.

Por sinal, o ex-governador tem uma vasta produção intelectual, já tendo publicado 42 obras. As publicações lhe renderam a vaga de titular da cadeira 26 da Academia Cearense de Letras. Em seu currículo, que contabiliza mais de 20 condecorações por parte de entidades nacionais e internacionais, destaca-se a presidência da Cruz Vermelha no Ceará (1976).

Vida pública

Filho de político, seu destino não foi diferente do seu pai, Waldemar Alcântara. Aos 27 anos, o médico formado pela Universidade Federal do Ceará (UFC) já assumiria seu primeiro cargo na gestão pública como Secretário de Saúde, em 1971. Função que voltaria a exercer anos depois.

Depois deste, vieram muitos outros cargos, o de prefeito da capital cearense, de senador, deputado federal e governador. Conheceu de perto as lambanças de corruptos e as benfeitorias das exceções. Lidar com esses dois lados é que não foi fácil.

Lúcio reconhece que é daqueles que pensa muito antes de falar. Quando começa, entretanto, parece perder o fio do equilíbrio. Apenas parece. Assume as responsabilidades por cada segredo revelado. Mas, apesar da influência política, ele descarta voltar ao batente: “Não tenho mais pretensão de disputar cargos públicos no Ceará”.

Lucio Alcântara
1/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
2/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
3/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
4/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
5/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
6/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
7/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
8/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
9/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
10/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
11/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
12/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
13/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
14/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
15/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
16/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
17/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
18/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
19/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
20/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
21/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
22/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
23/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
24/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
25/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
26/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
27/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
28/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
29/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
30/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
31/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
32/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
33/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
34/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
35/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
36/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
37/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Publicidade

Dê sua opinião

ESTANTE NUMEROSA

Lúcio Alcântara tem uma das maiores coleções de marcadores de livros no país

O ex-governador do Ceará, hoje com 72 anos, possui mais de 500 marcadores de livros, incluindo raridade dos EUA

Por Matheus Ribeiro em Perfil

18 de maio de 2016 às 06:45

Há 10 meses
Lúcio Alcântara durante entrevista ao Tribuna do Ceará (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lúcio Alcântara durante entrevista ao Tribuna do Ceará (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Aos 72 anos, a voz mansa e rouca marcam a trajetória de uma vida de sucesso em sua carreira profissional e política. Muito se sabe sobre Lúcio Alcântara, mas poucos conhecem uma curiosa coleção do ex-governador do Ceará: seu querido acervo de marcadores de livros. Quiçá, um dos maiores do Brasil no gênero.

O que aparenta ser algo planejado de muitos anos, na verdade, não passa de um acúmulo involuntário que foi tomando forma com o passar do tempo. “Eu realmente nem sei quando, nem como eu comecei. Fato que eu sou um leitor compulsivo e um colecionador compulsivo. Então comecei a reunir esses marcadores há bastante tempo”.

Parte da coleção é mantida em sua residência, no Bairro Aldeota, em Fortaleza. “Tenho marcadores de outros países e alguns de formatos inusitados. Tenho alguns de metal, outros de madeira, uns de tecido. Uns são industrializados, outros são artesanais. Há alguns religiosos, de propagandas”, enumera Lúcio.

Com mais de 500 marcadores distribuídos entre seu escritório em Fortaleza e uma exposição na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa, o hoje presidente estadual do Partido Republicano (PR) admite que não sabe a quantidade ao certo. Somente na Europa, 230 a 300 marcadores foram selecionados pela biblioteca.

“Admiro os mais antigos. Tenho um do centenário da independência dos Estados Unidos, que está em Portugal. É um marcador bem raro e que gosto muito. Tem um, que também está lá, de quando eu estava em Marrocos com a minha esposa e ela viu o marcador num mercado. Foi uma confusão para pagar. Tenho muitos que possuem boas histórias”, conta.

Em comemoração ao seu septuagésimo aniversário, Lúcio lançou o livro ‘Entre Páginas, Entre Vidas’. No exemplar, o político exibe fotografias de inúmeros marcadores de livros que adquiriu ao longo dos anos de colecionador.

Por sinal, o ex-governador tem uma vasta produção intelectual, já tendo publicado 42 obras. As publicações lhe renderam a vaga de titular da cadeira 26 da Academia Cearense de Letras. Em seu currículo, que contabiliza mais de 20 condecorações por parte de entidades nacionais e internacionais, destaca-se a presidência da Cruz Vermelha no Ceará (1976).

Vida pública

Filho de político, seu destino não foi diferente do seu pai, Waldemar Alcântara. Aos 27 anos, o médico formado pela Universidade Federal do Ceará (UFC) já assumiria seu primeiro cargo na gestão pública como Secretário de Saúde, em 1971. Função que voltaria a exercer anos depois.

Depois deste, vieram muitos outros cargos, o de prefeito da capital cearense, de senador, deputado federal e governador. Conheceu de perto as lambanças de corruptos e as benfeitorias das exceções. Lidar com esses dois lados é que não foi fácil.

Lúcio reconhece que é daqueles que pensa muito antes de falar. Quando começa, entretanto, parece perder o fio do equilíbrio. Apenas parece. Assume as responsabilidades por cada segredo revelado. Mas, apesar da influência política, ele descarta voltar ao batente: “Não tenho mais pretensão de disputar cargos públicos no Ceará”.

Lucio Alcântara
1/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
2/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
3/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
4/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
5/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
6/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
7/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
8/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
9/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
10/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
11/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
12/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
13/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
14/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
15/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
16/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
17/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
18/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
19/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
20/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
21/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
22/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
23/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
24/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
25/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
26/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
27/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
28/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
29/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
30/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
31/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
32/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
33/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
34/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
35/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
36/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)

Lucio Alcântara
37/37

Lucio Alcântara

Com uma enorme variedade de marcadores, Lúcio foi convidado para uma exposição de sua coleção na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa (FOTO: Fernanda Moura / Tribuna do Ceará)