Lia Quinderé: "Inscrições abertas para a 'Copa Mundial da Gastronomia"
PITADA

Lia Quinderé: “Inscrições abertas para a ‘Copa Mundial da Gastronomia”

Chef comenta sobre o Bocuse D’or e mostra aos cearenses a importância de aderir ao concurso

Por Tribuna do Ceará em Opinião

21 de julho de 2016 às 07:49

Há 7 meses

Por Lia Quinderé

Hoje eu trago uma dica para os cozinheiros cearenses! Estão abertas as inscrições do Bocuse D’or para a etapa brasileira do concurso que é considerado a copa mundial da gastronomia. Serão selecionados oito competidores, sendo dois do Nordeste, três do Sudeste, um do Norte, um do Sul e um do Centro-Oeste.

Os cozinheiros se enfrentarão nos dias 4 a 6 de outubro, no Rio de Janeiro, na feira francesa Sirha. As inscrições vão até o dia 18 de agosto, bastando aos interessados desenvolver uma receita com pernil de cordeiro. Para os cearenses vai ser moleza, já que temos o carneiro com um dos principais pratos da cultura gastronômica do nosso estado. Lembrando que a receita tem que ser de autoria própria.

Os competidores selecionados vão ao Rio de Janeiro por conta do evento. No concurso que foi criado em 1987 na França, os concorrentes têm que executar sua receita em 2h30, e servi-la a 10 jurados. Dali, sairão quatro selecionados que irão se enfrentar na final em 2017. O vencedor vai ao México para disputar a final latina, de onde três pessoas ganharão a chance de disputar a final mundial, em Lyon, na França.

A Alagoana Giovanna Grossi venceu a última etapa brasileira, e vai ser a primeira mulher brasileira a representar nosso país na competição. E o vencedor ganha 25 mil euros.

O Bocuse D´or agora tem, no Brasil, um presidente executivo. Thomas Troigros assumiu o posto, juntamente ao presidente Laurent Suaudeau. E novos cozinheiros se envolveram também no projeto, como é o caso do Thiago Castanho, de Belém, e o Onildo Rocha, de João Pessoa.

Os Chefs da nova geração estão empenhados em divulgar o evento Brasil à fora, para que mais pessoas possam aderir ao concurso e, assim, termos uma gastronomia brasileira bem representada!

O meu apelo é para que os cearenses se organizem para também aderir ao concurso! Assim, estaremos representados e conseguiremos construir um Ceará que se desenvolve economicamente também através da Gastronomia!

*Lia Quinderé é chef e comanda a doceria Sucré Patisserie. Natural de Fortaleza, Lia estudou Patisserie na França e se especializou em Cake Design em Chicago.

A coluna “Pitada” é publicada no Tribuna do Ceará, às quintas-feiras, e vai ao ar na Rádio Tribuna BandNews (FM 101.7) nas terças e quintas, às 11h10, e no Edição da Noite, a partir das 18h.

Publicidade

Dê sua opinião

PITADA

Lia Quinderé: “Inscrições abertas para a ‘Copa Mundial da Gastronomia”

Chef comenta sobre o Bocuse D’or e mostra aos cearenses a importância de aderir ao concurso

Por Tribuna do Ceará em Opinião

21 de julho de 2016 às 07:49

Há 7 meses

Por Lia Quinderé

Hoje eu trago uma dica para os cozinheiros cearenses! Estão abertas as inscrições do Bocuse D’or para a etapa brasileira do concurso que é considerado a copa mundial da gastronomia. Serão selecionados oito competidores, sendo dois do Nordeste, três do Sudeste, um do Norte, um do Sul e um do Centro-Oeste.

Os cozinheiros se enfrentarão nos dias 4 a 6 de outubro, no Rio de Janeiro, na feira francesa Sirha. As inscrições vão até o dia 18 de agosto, bastando aos interessados desenvolver uma receita com pernil de cordeiro. Para os cearenses vai ser moleza, já que temos o carneiro com um dos principais pratos da cultura gastronômica do nosso estado. Lembrando que a receita tem que ser de autoria própria.

Os competidores selecionados vão ao Rio de Janeiro por conta do evento. No concurso que foi criado em 1987 na França, os concorrentes têm que executar sua receita em 2h30, e servi-la a 10 jurados. Dali, sairão quatro selecionados que irão se enfrentar na final em 2017. O vencedor vai ao México para disputar a final latina, de onde três pessoas ganharão a chance de disputar a final mundial, em Lyon, na França.

A Alagoana Giovanna Grossi venceu a última etapa brasileira, e vai ser a primeira mulher brasileira a representar nosso país na competição. E o vencedor ganha 25 mil euros.

O Bocuse D´or agora tem, no Brasil, um presidente executivo. Thomas Troigros assumiu o posto, juntamente ao presidente Laurent Suaudeau. E novos cozinheiros se envolveram também no projeto, como é o caso do Thiago Castanho, de Belém, e o Onildo Rocha, de João Pessoa.

Os Chefs da nova geração estão empenhados em divulgar o evento Brasil à fora, para que mais pessoas possam aderir ao concurso e, assim, termos uma gastronomia brasileira bem representada!

O meu apelo é para que os cearenses se organizem para também aderir ao concurso! Assim, estaremos representados e conseguiremos construir um Ceará que se desenvolve economicamente também através da Gastronomia!

*Lia Quinderé é chef e comanda a doceria Sucré Patisserie. Natural de Fortaleza, Lia estudou Patisserie na França e se especializou em Cake Design em Chicago.

A coluna “Pitada” é publicada no Tribuna do Ceará, às quintas-feiras, e vai ao ar na Rádio Tribuna BandNews (FM 101.7) nas terças e quintas, às 11h10, e no Edição da Noite, a partir das 18h.