Veja como são as bicicletinhas do Mini-Bicicletar, que será lançado neste domingo
MOBILIDADE

Veja como são as bicicletinhas do Mini-Bicicletar, que será lançado neste domingo

Inauguração do programa ocorrerá em evento infantil que contará com banda e distribuição de mini-carteiras de habilitação

Por Lucas Barbosa em Mobilidade Urbana

29 de junho de 2017 às 07:30

Há 2 meses

Bicicletas têm bancos e os guidões ajustáveis (FOTO: Lucas Barbosa/Tribuna do Ceará)

É diante de uma alta taxa de obesidade infantil e da necessidade de educação no trânsito e ocupação de espaços públicos que o Mini-Bicicletar é pensado, afirmam os idealizadores. A cerimônia de inauguração das bicicletas infantis compartilhadas ocorrerá nesse domingo (2).

Inicialmente, serão cinco estações em quatro bairros: São Gerardo, Aldeota, Praia de Iracema e Cidade dos Funcionários.

Reguláveis 

As bikes são voltadas para crianças de até 10 anos, que tenham até 50 quilos e 1m50. Os bancos e os guidões, tal como as bicicletas para adultos, são reguláveis, de forma a atender a crianças das mais diversas alturas. Ainda possuem buzinas e rodinhas — estas, retráteis, se desejável. Confira logo abaixo uma apresentação do modelo.

A cerimônia de inauguração também segue os mesmos princípios do programa. A programação conta com distribuição de alimentos saudáveis, como espetinhos de frutas, e um circuito para as mini-bikes que simula de forma educativa o trânsito de veículos.

As crianças que completarem o trajeto, que tem até faixas de pedestre e placas de trânsito, ganharão uma mini-carteira de habilitação.

 

A ONG Bike Anjo estará presente ensinando a andar de bicicleta. Completam o evento shows de bandas infantis, teatro e contação de histórias. O evento ocorre na Praça das Flores, no Bairro Aldeota, a partir das 8 horas e se estende até as 18.

Para Mariana Matos de Castro, diretora de marketing da Unimed, que patrocina a iniciativa, o Mini-Bicicletar é um reforço ao ideal de vida saudável, dentro de um cenário cada vez mais necessário, já que cerca de um terço das crianças no País estão obesas.

“São dados alarmantes. E, como uma empresa que promove saúde, nós achamos importante sensibilizar os pais para a importância da saúde das crianças. Existe uma tendência cada vez maior de as crianças ficarem paradas — com a televisão, a internet, o videogame — e queremos que elas insiram nas suas rotinas também a atividade ao ar livre”, destaca Mariana, sobre os motivos que levaram a empresa a estender o programa.

Saiba mais

Apesar das bicicletas serem voltadas para o passeio nas praças, também é possível retirar e entregá-las em estações distintas. Para utilizar o serviço, basta que um adulto cadastrado no site ou no aplicativo do Bicicletar retire a bicicleta. As estações serão implantadas no Pólo de Lazer da Sargento Hermínio, na Praça das Flores, na Praça Luiza Távora, no Aterrinho da Praia de Iracema e no Lago Jacarey.

Publicidade

Dê sua opinião

MOBILIDADE

Veja como são as bicicletinhas do Mini-Bicicletar, que será lançado neste domingo

Inauguração do programa ocorrerá em evento infantil que contará com banda e distribuição de mini-carteiras de habilitação

Por Lucas Barbosa em Mobilidade Urbana

29 de junho de 2017 às 07:30

Há 2 meses

Bicicletas têm bancos e os guidões ajustáveis (FOTO: Lucas Barbosa/Tribuna do Ceará)

É diante de uma alta taxa de obesidade infantil e da necessidade de educação no trânsito e ocupação de espaços públicos que o Mini-Bicicletar é pensado, afirmam os idealizadores. A cerimônia de inauguração das bicicletas infantis compartilhadas ocorrerá nesse domingo (2).

Inicialmente, serão cinco estações em quatro bairros: São Gerardo, Aldeota, Praia de Iracema e Cidade dos Funcionários.

Reguláveis 

As bikes são voltadas para crianças de até 10 anos, que tenham até 50 quilos e 1m50. Os bancos e os guidões, tal como as bicicletas para adultos, são reguláveis, de forma a atender a crianças das mais diversas alturas. Ainda possuem buzinas e rodinhas — estas, retráteis, se desejável. Confira logo abaixo uma apresentação do modelo.

A cerimônia de inauguração também segue os mesmos princípios do programa. A programação conta com distribuição de alimentos saudáveis, como espetinhos de frutas, e um circuito para as mini-bikes que simula de forma educativa o trânsito de veículos.

As crianças que completarem o trajeto, que tem até faixas de pedestre e placas de trânsito, ganharão uma mini-carteira de habilitação.

 

A ONG Bike Anjo estará presente ensinando a andar de bicicleta. Completam o evento shows de bandas infantis, teatro e contação de histórias. O evento ocorre na Praça das Flores, no Bairro Aldeota, a partir das 8 horas e se estende até as 18.

Para Mariana Matos de Castro, diretora de marketing da Unimed, que patrocina a iniciativa, o Mini-Bicicletar é um reforço ao ideal de vida saudável, dentro de um cenário cada vez mais necessário, já que cerca de um terço das crianças no País estão obesas.

“São dados alarmantes. E, como uma empresa que promove saúde, nós achamos importante sensibilizar os pais para a importância da saúde das crianças. Existe uma tendência cada vez maior de as crianças ficarem paradas — com a televisão, a internet, o videogame — e queremos que elas insiram nas suas rotinas também a atividade ao ar livre”, destaca Mariana, sobre os motivos que levaram a empresa a estender o programa.

Saiba mais

Apesar das bicicletas serem voltadas para o passeio nas praças, também é possível retirar e entregá-las em estações distintas. Para utilizar o serviço, basta que um adulto cadastrado no site ou no aplicativo do Bicicletar retire a bicicleta. As estações serão implantadas no Pólo de Lazer da Sargento Hermínio, na Praça das Flores, na Praça Luiza Távora, no Aterrinho da Praia de Iracema e no Lago Jacarey.