Uber investe em publicidade no lugar mais disputado por taxistas: o Aeroporto de Fortaleza

MARKETING ACIRRADO

Uber investe em publicidade no lugar mais disputado por taxistas: o Aeroporto de Fortaleza

O aeroporto foi um dos locais onde os conflitos entre taxistas e motoristas de Uber foram mais recorrentes

Por Lucas Barbosa em Mobilidade Urbana

21 de dezembro de 2017 às 07:00

Há 10 meses

Publicidade conduz passageiros até a área onde é possível pegar um Uber (FOTO:  Lucas Barbosa/Tribuna do Ceará)

Um adesivo da Uber trilha o caminho entre o portão de desembarque até a saída do saguão do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. “Aguarde seu Uber logo à frente e boa viagem”, diz.

Funcionários do aeroporto afirmam que a publicidade foi colocada na semana passada. Conforme a empresa, a peça é “parte de uma parceria nacional firmada com a Infraero”.

O adesivo pode vir a ser mais um motivo para desavenças entre motoristas de Uber e taxistas, em um local que já foi palco de animosidades entre a categoria. No Recife, manifestação arrancou a adesivação e fechou o acesso ao aeroporto, em outubro último.

Até o momento, nenhuma manifestação do gênero foi registrada em Fortaleza. No entanto, a medida desagradou taxistas ouvidos por Tribuna do Ceará.

Para o taxista Tiago Silva, não só é errado fazer propaganda de um serviço ainda não regulamentado, como o próprio aeroporto deveria ser penalizado. Já George Braga cita que a cooperativa que atua no aeroporto paga mais de R$ 40 mil mensais pela exclusividade. Segundo ele, vários serviços furam essa exclusividade.

Desde agosto último, liminar do Tribunal de Justiça do Ceará garante o serviço da Uber sem restrição dos agentes públicos. Enquanto isso, tramitam projetos que regulamentam serviços como os feitos pela empresa, inclusive no Congresso Federal. O Senado Federal aprovou em outubro último o serviço de transporte privado individual de passageiros. Em seguida, o projeto foi encaminhado para a Câmara dos Deputados.

Já a Câmara de Fortaleza também tem a sua versão da regulamentação. O texto é apreciado na Comissão Especial de Análise do Transporte Individual Privado da Câmara Municipal.

Adesivo começa ainda na área de desembarque (FOTO: Lucas Barbosa/Tribuna do Ceará)

Publicidade

Dê sua opinião

MARKETING ACIRRADO

Uber investe em publicidade no lugar mais disputado por taxistas: o Aeroporto de Fortaleza

O aeroporto foi um dos locais onde os conflitos entre taxistas e motoristas de Uber foram mais recorrentes

Por Lucas Barbosa em Mobilidade Urbana

21 de dezembro de 2017 às 07:00

Há 10 meses

Publicidade conduz passageiros até a área onde é possível pegar um Uber (FOTO:  Lucas Barbosa/Tribuna do Ceará)

Um adesivo da Uber trilha o caminho entre o portão de desembarque até a saída do saguão do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. “Aguarde seu Uber logo à frente e boa viagem”, diz.

Funcionários do aeroporto afirmam que a publicidade foi colocada na semana passada. Conforme a empresa, a peça é “parte de uma parceria nacional firmada com a Infraero”.

O adesivo pode vir a ser mais um motivo para desavenças entre motoristas de Uber e taxistas, em um local que já foi palco de animosidades entre a categoria. No Recife, manifestação arrancou a adesivação e fechou o acesso ao aeroporto, em outubro último.

Até o momento, nenhuma manifestação do gênero foi registrada em Fortaleza. No entanto, a medida desagradou taxistas ouvidos por Tribuna do Ceará.

Para o taxista Tiago Silva, não só é errado fazer propaganda de um serviço ainda não regulamentado, como o próprio aeroporto deveria ser penalizado. Já George Braga cita que a cooperativa que atua no aeroporto paga mais de R$ 40 mil mensais pela exclusividade. Segundo ele, vários serviços furam essa exclusividade.

Desde agosto último, liminar do Tribunal de Justiça do Ceará garante o serviço da Uber sem restrição dos agentes públicos. Enquanto isso, tramitam projetos que regulamentam serviços como os feitos pela empresa, inclusive no Congresso Federal. O Senado Federal aprovou em outubro último o serviço de transporte privado individual de passageiros. Em seguida, o projeto foi encaminhado para a Câmara dos Deputados.

Já a Câmara de Fortaleza também tem a sua versão da regulamentação. O texto é apreciado na Comissão Especial de Análise do Transporte Individual Privado da Câmara Municipal.

Adesivo começa ainda na área de desembarque (FOTO: Lucas Barbosa/Tribuna do Ceará)