Taxistas e motoristas da Uber se confrontam em frente ao Aeroporto de Fortaleza
EMBATE

Taxistas e motoristas da Uber se confrontam em frente ao Aeroporto de Fortaleza

Frente à frente, os motoristas discutiram e trocaram insultos. Um motorista da Uber teve a perna fraturada

Por Deborah Tavares em Mobilidade Urbana

18 de janeiro de 2017 às 17:58

Há 8 meses
Motoristas se confrontaram na tarde desta quarta-feira (FOTO: Reprodução)

Motoristas se confrontaram na tarde desta quarta-feira (FOTO: Reprodução)

Após confronto entre taxistas e motoristas da Uber na noite da última terça-feira (17), onde um motorista da Uber foi agredido quando estava em um supermercado, o clima de tensão aumentou em frente ao Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, nesta quarta-feira (18).

Frente à frente na Avenida Senador Carlos Jereissati, em lados opostos, os motoristas, em grupos, discutiram e trocaram insultos, gerando tumulto no local.

Os taxistas reclamam que os motoristas da Uber insistem em buscar passageiros no Aeroporto, o que acaba por tirar a clientela do táxi. Em contraponto, motoristas da Uber dizem que os passageiros pedem o carro pelo aplicativo, e eles “não podem fazer nada” além de ir buscá-los no local solicitado.

Um vídeo, feito no local, foi gravado por um taxista que pede para que as autoridades façam algo para resolver a situação. “Ontem quebraram a perna do nosso amigo. Os colegas vão fica aqui é com receio. Vamos esperar as autoridades aparecerem para fazer algo de fato, alguma coisa que realmente resolva. Tá aqui um bocado de cidadão de um lado com receio de ir trabalhar e ser espancado, como foi espancado o nosso amigo ontem”, diz na gravação.

Já nesta quarta-feira, um motorista do aplicativo teve a perna fraturada. Segundo ele, os taxistas estão intolerantes. “Fui tentar pegar um parente meu lá. Eles estão intransigentes a ponto de nem deixarem pegar parente. Quebraram minha perna”, admite.

Em outras imagens gravadas na avenida, o motorista da Uber afirma que os taxistas estão impedindo os passageiros de atravessarem a via. Equipes da Polícia Rodoviária Estadual e do Batalhão de Choque foram acionadas ao local.

Veja imagens:

Publicidade

Dê sua opinião

EMBATE

Taxistas e motoristas da Uber se confrontam em frente ao Aeroporto de Fortaleza

Frente à frente, os motoristas discutiram e trocaram insultos. Um motorista da Uber teve a perna fraturada

Por Deborah Tavares em Mobilidade Urbana

18 de janeiro de 2017 às 17:58

Há 8 meses
Motoristas se confrontaram na tarde desta quarta-feira (FOTO: Reprodução)

Motoristas se confrontaram na tarde desta quarta-feira (FOTO: Reprodução)

Após confronto entre taxistas e motoristas da Uber na noite da última terça-feira (17), onde um motorista da Uber foi agredido quando estava em um supermercado, o clima de tensão aumentou em frente ao Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, nesta quarta-feira (18).

Frente à frente na Avenida Senador Carlos Jereissati, em lados opostos, os motoristas, em grupos, discutiram e trocaram insultos, gerando tumulto no local.

Os taxistas reclamam que os motoristas da Uber insistem em buscar passageiros no Aeroporto, o que acaba por tirar a clientela do táxi. Em contraponto, motoristas da Uber dizem que os passageiros pedem o carro pelo aplicativo, e eles “não podem fazer nada” além de ir buscá-los no local solicitado.

Um vídeo, feito no local, foi gravado por um taxista que pede para que as autoridades façam algo para resolver a situação. “Ontem quebraram a perna do nosso amigo. Os colegas vão fica aqui é com receio. Vamos esperar as autoridades aparecerem para fazer algo de fato, alguma coisa que realmente resolva. Tá aqui um bocado de cidadão de um lado com receio de ir trabalhar e ser espancado, como foi espancado o nosso amigo ontem”, diz na gravação.

Já nesta quarta-feira, um motorista do aplicativo teve a perna fraturada. Segundo ele, os taxistas estão intolerantes. “Fui tentar pegar um parente meu lá. Eles estão intransigentes a ponto de nem deixarem pegar parente. Quebraram minha perna”, admite.

Em outras imagens gravadas na avenida, o motorista da Uber afirma que os taxistas estão impedindo os passageiros de atravessarem a via. Equipes da Polícia Rodoviária Estadual e do Batalhão de Choque foram acionadas ao local.

Veja imagens: