Senado vota nesta terça-feira regulamentação de aplicativos como Uber e 99 POP

POLÊMICA

Senado vota nesta terça-feira regulamentação de aplicativos como Uber e 99 POP

As mudanças não agradam os sindicatos que representam os motoristas de aplicativos

Por Tribuna Bandnews FM em Mobilidade Urbana

31 de outubro de 2017 às 07:00

Há 2 meses

A polêmica já se arrasta desde a chegada do aplicativo Uber a Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Após a aprovação do regime de urgência, o Senado Federal deve votar nesta terça-feira (31) o projeto de lei que regulamenta o uso de aplicativos de transporte remunerado privado de passageiros, como o Uber, Cabify e o 99POP.

A proposta é polêmica e sofreu algumas mudanças em relação ao texto inicial. O novo texto exige a emissão de licenças, registro dos carros na categoria de aluguel e permite que as prefeituras não autorizem o funcionamento dos aplicativos nos territórios de suas cidades.

As mudanças não agradam os sindicatos que representam os motoristas de aplicativos. No Ceará, o presidente da Associação dos Motoristas Privados Individuais de Passageiros, Antônio Evangelista, considera que a proposta prejudica a categoria. 

“Eles não estão querendo regulamentar, eles estão querendo acabar com os serviços de transportes privados. Nós aceitamos uma regulamentação, mas que ela seja justa”, relata.

Em um ato contra a aprovação do projeto de lei, os motoristas de transporte privado fizeram uma passeata na Avenida Alberto Craveiro, em Fortaleza, na segunda-feira (30). “Nós estamos nos mobilizando em cada estado para mostrar ao Senado Federal que isso deixará muitos trabalhadores desempregados”, conta Antônio.

Para o presidente do Sindicato dos Taxistas do Ceará, Vicente de Paula, a regulamentação do serviço deve ser feita. “Nós estamos trabalhando para regulamentar esse serviço nas capitais”.

A polêmica já se arrasta desde a chegada do aplicativo Uber em Fortaleza, em 2016. De lá pra cá, já foram registradas manifestações, passeatas e disputas por território entre taxistas e motoristas que usam o aplicativo.

Confira as entrevistas realizadas pela rádio Tribuna BandNews/FM:

Publicidade

Dê sua opinião

POLÊMICA

Senado vota nesta terça-feira regulamentação de aplicativos como Uber e 99 POP

As mudanças não agradam os sindicatos que representam os motoristas de aplicativos

Por Tribuna Bandnews FM em Mobilidade Urbana

31 de outubro de 2017 às 07:00

Há 2 meses

A polêmica já se arrasta desde a chegada do aplicativo Uber a Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Após a aprovação do regime de urgência, o Senado Federal deve votar nesta terça-feira (31) o projeto de lei que regulamenta o uso de aplicativos de transporte remunerado privado de passageiros, como o Uber, Cabify e o 99POP.

A proposta é polêmica e sofreu algumas mudanças em relação ao texto inicial. O novo texto exige a emissão de licenças, registro dos carros na categoria de aluguel e permite que as prefeituras não autorizem o funcionamento dos aplicativos nos territórios de suas cidades.

As mudanças não agradam os sindicatos que representam os motoristas de aplicativos. No Ceará, o presidente da Associação dos Motoristas Privados Individuais de Passageiros, Antônio Evangelista, considera que a proposta prejudica a categoria. 

“Eles não estão querendo regulamentar, eles estão querendo acabar com os serviços de transportes privados. Nós aceitamos uma regulamentação, mas que ela seja justa”, relata.

Em um ato contra a aprovação do projeto de lei, os motoristas de transporte privado fizeram uma passeata na Avenida Alberto Craveiro, em Fortaleza, na segunda-feira (30). “Nós estamos nos mobilizando em cada estado para mostrar ao Senado Federal que isso deixará muitos trabalhadores desempregados”, conta Antônio.

Para o presidente do Sindicato dos Taxistas do Ceará, Vicente de Paula, a regulamentação do serviço deve ser feita. “Nós estamos trabalhando para regulamentar esse serviço nas capitais”.

A polêmica já se arrasta desde a chegada do aplicativo Uber em Fortaleza, em 2016. De lá pra cá, já foram registradas manifestações, passeatas e disputas por território entre taxistas e motoristas que usam o aplicativo.

Confira as entrevistas realizadas pela rádio Tribuna BandNews/FM: