Prefeitura de Fortaleza anuncia mais 50 km de ciclofaixas para 2017; confira os locais

ESTRUTURA CICLOVIÁRIA

Prefeitura de Fortaleza anuncia mais 50 km de ciclofaixas para 2017; confira os locais

Além das ciclofaixas, foi anunciado também a implantação do Anel Viário, uma estrutura que vai ligar pontos da cidade onde circulam usuários do Bicicletar

Por Ana Clara Jovino em Mobilidade Urbana

9 de Fevereiro de 2017 às 17:01

Há 10 meses

O comunicado foi feito em coletiva de imprensa na sede da AMC (FOTO: Igor Silveira/Tribuna Band News FM)

O prefeito Roberto Cláudio e o secretário de Conservação e Serviços Públicos, Luiz Alberto Saboia, anunciaram que a infraestrutura cicloviária de Fortaleza terá mais 50 quilômetros e que a cidade vai receber o projeto Anel Viário.

O comunicado foi feito em coletiva de imprensa na sede da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), na tarde desta quinta-feira (9).

A partir do próximo mês, as novas ciclofaixas vão começar a ser implantadas. Os locais que vão receber a estrutura são a Avenida Barão do Rio Branco, Rua Senador Pompeu, Avenida Santos Dumont até a Praia do Futuro, Avenida Leste Oeste, Avenida Engenheiro Leal Lima Verde, Rua Padre Guerra, o trajeto do Anfiteatro do Parque do Cocó até a Avenida Santos Dumont, Avenida José Jatahy e o trajeto da Avenida Antônio Sales até a Avenida Washington Soares.

Além das ciclofaixas, foi anunciado também que será implantado o Anel Viário, uma estrutura que vai ligar pontos da cidade onde circulam usuários do Bicicletar, como os Cucas e os terminais de ônibus.

A prefeitura ainda afirmou que, com a implantação desses 50 quilômetros de ciclofaixa, a meta do Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI) será superada. Segundo o plano, até o ano de 2020, a cidade teria 236 quilômetros de ciclofaixas. Atualmente, a capital cearense conta com 204,6 quilômetros de ciclofaixas e, depois da ampliação, contará com 249 quilômetros.

O investimento será de 1,3 milhões de dólares, com recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Segundo a prefeitura, o objetivo é incentivar cada vez mais a mobilidade sustentável e tornar Fortaleza a cidade mais ciclável do Brasil. Os trabalhos são desenvolvidos em parceria com a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf) e as Regionais.

Publicidade

Dê sua opinião

ESTRUTURA CICLOVIÁRIA

Prefeitura de Fortaleza anuncia mais 50 km de ciclofaixas para 2017; confira os locais

Além das ciclofaixas, foi anunciado também a implantação do Anel Viário, uma estrutura que vai ligar pontos da cidade onde circulam usuários do Bicicletar

Por Ana Clara Jovino em Mobilidade Urbana

9 de Fevereiro de 2017 às 17:01

Há 10 meses

O comunicado foi feito em coletiva de imprensa na sede da AMC (FOTO: Igor Silveira/Tribuna Band News FM)

O prefeito Roberto Cláudio e o secretário de Conservação e Serviços Públicos, Luiz Alberto Saboia, anunciaram que a infraestrutura cicloviária de Fortaleza terá mais 50 quilômetros e que a cidade vai receber o projeto Anel Viário.

O comunicado foi feito em coletiva de imprensa na sede da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), na tarde desta quinta-feira (9).

A partir do próximo mês, as novas ciclofaixas vão começar a ser implantadas. Os locais que vão receber a estrutura são a Avenida Barão do Rio Branco, Rua Senador Pompeu, Avenida Santos Dumont até a Praia do Futuro, Avenida Leste Oeste, Avenida Engenheiro Leal Lima Verde, Rua Padre Guerra, o trajeto do Anfiteatro do Parque do Cocó até a Avenida Santos Dumont, Avenida José Jatahy e o trajeto da Avenida Antônio Sales até a Avenida Washington Soares.

Além das ciclofaixas, foi anunciado também que será implantado o Anel Viário, uma estrutura que vai ligar pontos da cidade onde circulam usuários do Bicicletar, como os Cucas e os terminais de ônibus.

A prefeitura ainda afirmou que, com a implantação desses 50 quilômetros de ciclofaixa, a meta do Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI) será superada. Segundo o plano, até o ano de 2020, a cidade teria 236 quilômetros de ciclofaixas. Atualmente, a capital cearense conta com 204,6 quilômetros de ciclofaixas e, depois da ampliação, contará com 249 quilômetros.

O investimento será de 1,3 milhões de dólares, com recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Segundo a prefeitura, o objetivo é incentivar cada vez mais a mobilidade sustentável e tornar Fortaleza a cidade mais ciclável do Brasil. Os trabalhos são desenvolvidos em parceria com a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf) e as Regionais.