Mais de 3 mil infrações foram registradas em 2016 por trânsito irregular em ciclofaixas e ciclovias de Fortaleza
IRREGULARIDADES

Mais de 3 mil infrações foram registradas em 2016 por trânsito irregular em ciclofaixas e ciclovias de Fortaleza

Número de infrações reais, no entanto, é bem maior, já que este dado se refere apenas aos casos flagrados pela AMCImprudência gera medo nos ciclistas

Por Nordestv em Mobilidade Urbana

29 de junho de 2017 às 07:00

Há 4 meses

Reportagem flagrou motos, praticantes de atividades físicas e até mesmo uma mulher com um carrinho de bebê (FOTO: Reprodução)

Não é raro ver carros e motos circulando irregularmente em ciclofaixas e ciclovias de Fortaleza. A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) já registrou mais de 3.000 infrações pelo trânsito ou estacionamento nesses espaços.

No entanto, o próprio chefe de operações da entidade, Disraeli Brasil, reconhece que os casos são subnotificados. “Sabemos que isso é o número de infrações registradas, que são flagradas pelos nossos agentes. Mas obviamente o cometimento dessas infrações é um universo bem”.

A equipe de reportagem da NordesTV pôde testemunhar isso. Não foi preciso muito tempo para flagrar motos, praticantes de atividades físicas e até mesmo uma mulher com um carrinho de bebê nos espaços reservado para ciclistas.

Estes, com tantos desrespeitos, dizem sentir medo de trafegar no espaço criado justamente para os dar proteção. O aposentado José de Souza é um dos que só trafega “morrendo de medo”. “Principalmente quando vai passar de uma rua para outra, eles avançam as faixa do ciclista”, reclama.

Confira áudio na íntegra da matéria da NordesTV sobre o tema:

Publicidade

Dê sua opinião

IRREGULARIDADES

Mais de 3 mil infrações foram registradas em 2016 por trânsito irregular em ciclofaixas e ciclovias de Fortaleza

Número de infrações reais, no entanto, é bem maior, já que este dado se refere apenas aos casos flagrados pela AMCImprudência gera medo nos ciclistas

Por Nordestv em Mobilidade Urbana

29 de junho de 2017 às 07:00

Há 4 meses

Reportagem flagrou motos, praticantes de atividades físicas e até mesmo uma mulher com um carrinho de bebê (FOTO: Reprodução)

Não é raro ver carros e motos circulando irregularmente em ciclofaixas e ciclovias de Fortaleza. A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) já registrou mais de 3.000 infrações pelo trânsito ou estacionamento nesses espaços.

No entanto, o próprio chefe de operações da entidade, Disraeli Brasil, reconhece que os casos são subnotificados. “Sabemos que isso é o número de infrações registradas, que são flagradas pelos nossos agentes. Mas obviamente o cometimento dessas infrações é um universo bem”.

A equipe de reportagem da NordesTV pôde testemunhar isso. Não foi preciso muito tempo para flagrar motos, praticantes de atividades físicas e até mesmo uma mulher com um carrinho de bebê nos espaços reservado para ciclistas.

Estes, com tantos desrespeitos, dizem sentir medo de trafegar no espaço criado justamente para os dar proteção. O aposentado José de Souza é um dos que só trafega “morrendo de medo”. “Principalmente quando vai passar de uma rua para outra, eles avançam as faixa do ciclista”, reclama.

Confira áudio na íntegra da matéria da NordesTV sobre o tema: