Carros compartilhados estão disponíveis na Praça do Ferreira para teste gratuito

VEÍCULOS ELÉTRICOS

Carros compartilhados estão disponíveis na Praça do Ferreira para teste gratuito

Durante o mês de julho, a estação itinerante disponibilizará os veículos para que usuários se ambientem com sistema

Por Jéssica Welma em Mobilidade Urbana

4 de julho de 2016 às 14:40

Há 2 anos
IMG_20160704_103618031

Carro modelo Zhidou EEC L7e-80 comporta apenas dois passageiros. Aplicativo possibilitará carona. (Foto: Tribuna do Ceará/Jéssica Welma)

O sistema de carros compartilhados da Prefeitura de Fortaleza está disponível para teste pelos usuários na Praça do Ferreira. Até a sexta-feira (8), dois veículos podem ser testados gratuitamente, em percursos curtos, acompanhados por funcionário da empresa responsável, a Serttel. O período de testes durará um mês e será itinerante. Para testar o veículo, é necessário estar com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em dia e fazer um pré-cadastro. O serviço funciona das 9h às 18h.

Os carros do Vamo (Veículos Alternativos para Mobilidade) deveriam estar disponíveis a partir das 9h, mas chegaram com meia hora de atraso. O primeiro uso só foi feito mais de duas horas depois, devido o atraso da equipe de cadastramento e dos técnicos que fazem o percurso com os usuários.

O gerente administrativo Rafael Gama, de 32 anos, dirige desde os 18 e foi o primeiro a se prontificar para testar os carros. Ele já é acostumado com veículos automáticos e logo se ambientou com o automóvel. Ele escolheu o carro da marca BYD, modelo e6, que cabe até cinco passageiros. Para ele, o sistema de veículos elétricos é importante para reduzir os danos ambientais com a poluição automotiva, além da economia com os custos do carro particular.

A novidade atraiu curiosos: “O que é isso aí mesmo?”, “E se der um problema?”, perguntavam os transeuntes. O aposentado José Anchieta, de 80 anos, foi atraído pela novidade, mas não quis se arriscar a dirigir, apesar de trafegar diariamente em seu carro pelas ruas da cidade. Já o motorista Fernando Farias, de 52 anos, 32 deles dedicados à direção, logo se interessou em fazer o pré-cadastro e testar o carro. O conforto do veículo e a facilidade da direção foram os aspectos mais elogiados.

Cadastro

Antes de testar os carros, é preciso apresentar a CNH e fazer o pré-cadastro, disponibilizado, nesse período de testes, no mesmo local da estação itinerante. O percurso do test drive gratuito passa pela Praça dos Leões e pelo Parque das Crianças. Até o final de julho, a estação deverá ser disponibilizada para testes na Parangaba, na Praça da Messejana, na Avenida Bezerra de Menezes, na Praça das Flores e na Avenida Miguel Dias.

O engenheiro da prefeitura Sued Lacerda ressaltou que, na fase de demonstração, o objetivo é familiarizar os usuários com o sistema. “Num segundo momento, vamos estar com a operação assistida que vai contar com sete estações e cinco carros elétricos. Essas estações já estarão fixas em pontos cidade”, ressalta. A terceira fase, com o programa funcionando em sua totalidade está prevista para setembro.

Test drive dos carros compartilhados
1/11

Test drive dos carros compartilhados

Programa da Prefeitura está disponível para teste gratuito pelos fortalezenses. (Fotos: Jéssica Welma/Tribuna do Ceará)

Test drive dos carros compartilhados
2/11

Test drive dos carros compartilhados

Carros chegaram à Praça do Ferreira por volta das 9h30min

Test drive dos carros compartilhados
3/11

Test drive dos carros compartilhados

Carro modelo Zhidou EEC L7e-80

Test drive dos carros compartilhados
4/11

Test drive dos carros compartilhados

Prefeitura avalia como

Test drive dos carros compartilhados
5/11

Test drive dos carros compartilhados

Carro modelo Zhidou EEC L7e-80

Test drive dos carros compartilhados
6/11

Test drive dos carros compartilhados

Fernando de Farias é motorista profissional e foi um dos primeiros a testar o carro elétrico.

Test drive dos carros compartilhados
7/11

Test drive dos carros compartilhados

Rafael Gama foi o primeiro a usar o carro.

Test drive dos carros compartilhados
8/11

Test drive dos carros compartilhados

Carros elétricos terão custo de R$ 20 por 30 minutos

Test drive dos carros compartilhados
9/11

Test drive dos carros compartilhados

Modelo BYD e6 pode transportar até cinco pessoas (FOTOS: Divulgação)

Test drive dos carros compartilhados
10/11

Test drive dos carros compartilhados

Carros são silenciosos e não poluem o meio ambiente.

Test drive dos carros compartilhados
11/11

Test drive dos carros compartilhados

Operação completa começará em setembro.

Em caso de acidente com o veículo, será disponibilizado o contato de uma Central de Atendimento que auxiliará o usuário. Os custos, segundo a prefeitura, serão cobrados do usuário semelhantemente a despesas com veículos alugados ou privados.

Sued ressalta que o projeto é piloto e há poucos parâmetros no Brasil. Dessa forma, o programa será avaliado nos próximos meses e pode ter, até mesmo, as tarifas revistas.

A partir de agosto, ao se cadastrar, o usuário terá de disponibilizar um cartão de crédito e pagar uma taxa de R$ 40. Quando o veículo for utilizado, o valor da viagem será descontado da taxa mensal. Quando ultrapassar o tempo de 30 minutos, será cobrado R$ 0,80 por minuto excedente, diretamente no cartão de crédito. De 60 minutos a 120 minutos a mais, a tarifa passa para R$ 0,60 por minuto. De duas horas a quatro horas além da meia hora inicial, a taxa passa a R$ 0,50 por minuto.

As pessoas cadastradas no Bilhete Único terão desconto de R$ 10 em cada taxa mensal.

Funcionamento

A operação completa do Vamo está prevista para setembro, quando o programa contará com 20 carros elétricos em estações físicas. Os lugares previstos pela prefeitura são: Igreja de Fátima, Montese, Jóquei Clube, Parangaba, Reitoria da UFC, Avenida Bezerra de Menezes, Avenida da Abolição, Praça Luíza Távora, Avenida Santos Dumont, Avenida Barão de Studart, Cidade 2000 e Avenida Miguel Dias.

Publicidade

Dê sua opinião

VEÍCULOS ELÉTRICOS

Carros compartilhados estão disponíveis na Praça do Ferreira para teste gratuito

Durante o mês de julho, a estação itinerante disponibilizará os veículos para que usuários se ambientem com sistema

Por Jéssica Welma em Mobilidade Urbana

4 de julho de 2016 às 14:40

Há 2 anos
IMG_20160704_103618031

Carro modelo Zhidou EEC L7e-80 comporta apenas dois passageiros. Aplicativo possibilitará carona. (Foto: Tribuna do Ceará/Jéssica Welma)

O sistema de carros compartilhados da Prefeitura de Fortaleza está disponível para teste pelos usuários na Praça do Ferreira. Até a sexta-feira (8), dois veículos podem ser testados gratuitamente, em percursos curtos, acompanhados por funcionário da empresa responsável, a Serttel. O período de testes durará um mês e será itinerante. Para testar o veículo, é necessário estar com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em dia e fazer um pré-cadastro. O serviço funciona das 9h às 18h.

Os carros do Vamo (Veículos Alternativos para Mobilidade) deveriam estar disponíveis a partir das 9h, mas chegaram com meia hora de atraso. O primeiro uso só foi feito mais de duas horas depois, devido o atraso da equipe de cadastramento e dos técnicos que fazem o percurso com os usuários.

O gerente administrativo Rafael Gama, de 32 anos, dirige desde os 18 e foi o primeiro a se prontificar para testar os carros. Ele já é acostumado com veículos automáticos e logo se ambientou com o automóvel. Ele escolheu o carro da marca BYD, modelo e6, que cabe até cinco passageiros. Para ele, o sistema de veículos elétricos é importante para reduzir os danos ambientais com a poluição automotiva, além da economia com os custos do carro particular.

A novidade atraiu curiosos: “O que é isso aí mesmo?”, “E se der um problema?”, perguntavam os transeuntes. O aposentado José Anchieta, de 80 anos, foi atraído pela novidade, mas não quis se arriscar a dirigir, apesar de trafegar diariamente em seu carro pelas ruas da cidade. Já o motorista Fernando Farias, de 52 anos, 32 deles dedicados à direção, logo se interessou em fazer o pré-cadastro e testar o carro. O conforto do veículo e a facilidade da direção foram os aspectos mais elogiados.

Cadastro

Antes de testar os carros, é preciso apresentar a CNH e fazer o pré-cadastro, disponibilizado, nesse período de testes, no mesmo local da estação itinerante. O percurso do test drive gratuito passa pela Praça dos Leões e pelo Parque das Crianças. Até o final de julho, a estação deverá ser disponibilizada para testes na Parangaba, na Praça da Messejana, na Avenida Bezerra de Menezes, na Praça das Flores e na Avenida Miguel Dias.

O engenheiro da prefeitura Sued Lacerda ressaltou que, na fase de demonstração, o objetivo é familiarizar os usuários com o sistema. “Num segundo momento, vamos estar com a operação assistida que vai contar com sete estações e cinco carros elétricos. Essas estações já estarão fixas em pontos cidade”, ressalta. A terceira fase, com o programa funcionando em sua totalidade está prevista para setembro.

Test drive dos carros compartilhados
1/11

Test drive dos carros compartilhados

Programa da Prefeitura está disponível para teste gratuito pelos fortalezenses. (Fotos: Jéssica Welma/Tribuna do Ceará)

Test drive dos carros compartilhados
2/11

Test drive dos carros compartilhados

Carros chegaram à Praça do Ferreira por volta das 9h30min

Test drive dos carros compartilhados
3/11

Test drive dos carros compartilhados

Carro modelo Zhidou EEC L7e-80

Test drive dos carros compartilhados
4/11

Test drive dos carros compartilhados

Prefeitura avalia como

Test drive dos carros compartilhados
5/11

Test drive dos carros compartilhados

Carro modelo Zhidou EEC L7e-80

Test drive dos carros compartilhados
6/11

Test drive dos carros compartilhados

Fernando de Farias é motorista profissional e foi um dos primeiros a testar o carro elétrico.

Test drive dos carros compartilhados
7/11

Test drive dos carros compartilhados

Rafael Gama foi o primeiro a usar o carro.

Test drive dos carros compartilhados
8/11

Test drive dos carros compartilhados

Carros elétricos terão custo de R$ 20 por 30 minutos

Test drive dos carros compartilhados
9/11

Test drive dos carros compartilhados

Modelo BYD e6 pode transportar até cinco pessoas (FOTOS: Divulgação)

Test drive dos carros compartilhados
10/11

Test drive dos carros compartilhados

Carros são silenciosos e não poluem o meio ambiente.

Test drive dos carros compartilhados
11/11

Test drive dos carros compartilhados

Operação completa começará em setembro.

Em caso de acidente com o veículo, será disponibilizado o contato de uma Central de Atendimento que auxiliará o usuário. Os custos, segundo a prefeitura, serão cobrados do usuário semelhantemente a despesas com veículos alugados ou privados.

Sued ressalta que o projeto é piloto e há poucos parâmetros no Brasil. Dessa forma, o programa será avaliado nos próximos meses e pode ter, até mesmo, as tarifas revistas.

A partir de agosto, ao se cadastrar, o usuário terá de disponibilizar um cartão de crédito e pagar uma taxa de R$ 40. Quando o veículo for utilizado, o valor da viagem será descontado da taxa mensal. Quando ultrapassar o tempo de 30 minutos, será cobrado R$ 0,80 por minuto excedente, diretamente no cartão de crédito. De 60 minutos a 120 minutos a mais, a tarifa passa para R$ 0,60 por minuto. De duas horas a quatro horas além da meia hora inicial, a taxa passa a R$ 0,50 por minuto.

As pessoas cadastradas no Bilhete Único terão desconto de R$ 10 em cada taxa mensal.

Funcionamento

A operação completa do Vamo está prevista para setembro, quando o programa contará com 20 carros elétricos em estações físicas. Os lugares previstos pela prefeitura são: Igreja de Fátima, Montese, Jóquei Clube, Parangaba, Reitoria da UFC, Avenida Bezerra de Menezes, Avenida da Abolição, Praça Luíza Távora, Avenida Santos Dumont, Avenida Barão de Studart, Cidade 2000 e Avenida Miguel Dias.