Andar de carro compartilhado em Fortaleza é mais barato que de táxi e Uber - Noticias
ALTERNATIVA DE TRANSPORTE

Andar de carro compartilhado em Fortaleza é mais barato que de táxi e Uber

Sistema disponibilizado pela prefeitura completa três meses desde que foi implantado. Apenas 26% dos usuários cadastrados utilizam de fato o serviço

Por Matheus Ribeiro em Mobilidade Urbana

23 de dezembro de 2016 às 07:00

Há 4 meses
Carros compartilhados foram oficialmente implementados em setembro deste ano (FOTO: Jéssica Welma / Tribuna do Ceará)

Carros compartilhados foram oficialmente implementados em setembro deste ano (FOTO: Jéssica Welma / Tribuna do Ceará)

A busca por uma mobilidade urbana de qualidade é um desafio enfrentado pela maioria das grandes cidades no Brasil. Nos últimos anos, Fortaleza tem apresentado uma série de alternativas para quem pretende se locomover gastando menos tempo e pouco dinheiro. Entre as alternativas, está o programa de carros compartilhados, o Vamo, disponibilizado pela Prefeitura de Fortaleza há três meses.

Além dos ônibus, táxis e do Uber, os fortalezenses dispõem de um serviço ainda pouco utilizado. Inaugurado oficialmente no dia 22 de setembro deste ano, o programa Vamo de carros compartilhados pode custar ao bolso do cearense um valor mais barato se comparado táxis e mesmo o Uber.

Para comparar com os outros dois meios de locomoção, o Tribuna do Ceará selecionou duas rotas que são possíveis de serem realizas com carro compartilhado, Uber e táxi em até 30 minutos (valor mínimo cobrado pelo serviço da prefeitura).

> LEIA MAIS

Maioria dos usuários de carros compartilhados em Fortaleza tem entre 31 e 40 anos

Primeira rota

Assim como diagnosticado pela empresa Serttel, responsável por implantar, operar e dar manutenção ao sistema de carros elétricos compartilhados, das cinco estações disponíveis em toda a capital, a segunda estação de carros compartilháveis com maior número de usuários foi a do Shopping Iguatemi (localizada no Bairro Edson Queiroz), com 27,78% dos usuários. Esta estação perde apenas para a estação da Igreja de Nazaré (localizada no Bairro Montese).

A partir desse dado, o Tribuna selecionou a primeira rota saindo do Iguatemi (localizado na Avenida Washington Soares) até a Casa José de Alencar. O trajeto dura, em média, 28 minutos para ser realizado, contando o tempo de ida e de volta para a estação. 

De acordo com os dados obtidos pela central de táxi “Capital Táxi”, o trajeto realizado num serviço de táxi com bandeira 2 sai por R$ 26 somente ida. Caso seja preciso voltar ao shopping, o consumidor deve gastar a mesma quantia, o que no total custará ao seu bolso o valor de R$ 52.

O mesmo trajeto feito de Uber é mais barato. Através de um motorista do Uber, o Tribuna do Ceará teve acesso aos valores cobrados pelo serviço para realizar esse trecho. Conforme os dados, a pessoa que quiser fazer esse mesmo trecho de Uber deve gastar em média R$ 28,70 para ir e voltar ao shopping, ou seja, mais de R$ 23 de economia.

Apesar do valor mais em conta do Uber, o serviço do carro compartilhado pode ser ainda mais vantajoso. Tendo em vista que o uso por 30 minutos do carro elétrico sai por apenas R$ 20, todo o trajeto de ida e de volta pode sair por esse valor, bem menos que a metade do custo do táxi.

Tarifa média para realizar as duas rotas de Uber - valor só de ida (FOTO: Reprodução)

Tarifa média para realizar as duas rotas de Uber – valor só de ida (FOTO: Reprodução)

Segunda rota

Assim como foi feito o primeiro trajeto, também foi selecionado uma rota saindo do Shopping Iguatemi com destino a Praça Portugal, no bairro Aldeota. O trajeto de ida e de volta, que também pode ser feito, em média, em aproximadamente 30 minutos, pode ser feito com preços bem diferentes entre os três tipos de serviço.

Quem pretende pegar um táxi tradicional deve desembolsar somente na ida a quantia de R$ 22. Caso precise voltar para o shopping será necessário pagar o valor de R$ 44. No Uber, essa despesa é cortada pela metade, já que o trecho de ida e de volta é feito R$ 22,46.

Já quem opta pelo carro elétrico compartilhado deve gastar um valor ainda mais em conta. Caso o usuário demore os exatos 30 minutos para realizar o trajeto, o que pode ser feito em até menos tempo dependendo do trânsito, a quantia paga cai para R$ 20 no trecho ida e volta.

No entanto, é preciso ressaltar que apenas em alguns trechos o valor do carro compartilhado pode ficar mais barato em relação ao táxi e ao Uber, já que a cada minuto passado em até uma hora de utilização é cobrada a taxa de R$ 0,80 por minuto passado.

Carro modelo BYD comporta cinco passageiros. Aplicativo possibilitará carona. (Foto: Tribuna do Ceará/Jéssica Welma)

Carro modelo BYD comporta cinco passageiros. Aplicativo possibilitará carona. (Foto: Tribuna do Ceará/Jéssica Welma)

O carro BYD comporta cinco passageiros. Já o Zhidou é para dois (FOTO: Tribuna do Ceará/Jéssica Welma)

Boa alternativa, mas pouco uso

Apesar de ser considerado um meio inovador, já que Fortaleza é a primeira cidade do país a aderir ao modelo de carros compartilhados, e ser um programa bem acessível, ele ainda não possui muitos adeptos.

De acordo com os dados da Serttel, pelo menos 1.111 usuários estão cadastrados na plataforma. Contudo, de todos os cadastrados apenas 299 usuários estão ativos no programa, ou seja, apenas 26,9% das pessoas cadastradas no sistema utilizam de fato o serviço.

Para tentar entrevista algum usuário do programa, o Tribuna do Ceará ficou por mais de uma hora na estação do Shopping Iguatemi. No entanto, nenhum usuário do sistema apareceu para buscar um carro compartilhado. Comerciantes ao redor da estação alegaram a reportagem que na grande maioria dos dias da semana nenhum carro é retirado da estação.

Tarifas carros compartilhados

A tarifação do sistema de carros compartilhados se dá conforme o tempo em que o carro estiver em uso. Para os primeiros 30 minutos, o valor cobrado do usuário é de R$ 20, sendo este valor indivisível, ou seja, do primeiro minuto ao 30º minuto o valor cobrado será fixo e totalizará R$ 20.

Após meia-hora de uso, a cobrança se dará por minuto adicional, variando o custo do minuto conforme o tempo de uso da seguinte forma:

– Entre meia hora e 1 hora de uso: R$ 0,80 por minuto adicional.
– Entre 1 hora e 2 horas de uso: R$ 0,60 por minuto adicional.
– Entre 2 horas e 4 horas de uso: R$ 0,50 por minuto adicional.
– Após 4 horas de uso: R$ 0,40 por minuto adicional.

A título de exemplificação, o uso por 30 minutos custará R$ 20. Já o uso por 45 minutos será no valor de R$ 32, independente da quilometragem percorrida.

As pessoas que fizerem uso mensalmente do sistema pagarão uma taxa de R$ 40, que é integralmente revertida em crédito para uso dos carros. Caso o usuário possua o Bilhete Único, será dado um desconto de 25% nessa taxa. Dessa forma, o usuário manterá um crédito de uso de R$ 40, mas pagará somente R$ 30.

Tarifas cobradas pelo programa (FOTO: Reprodução VAMO)

Tarifas cobradas pelo programa (FOTO: Reprodução VAMO)

 

Confira outros dados do programa Vamo:

*Dados de setembro ao início de dezembro de 2016

Quantidade de cadastros x Mês
Julho – 356
Agosto – 356
Setembro – 372
Outubro – 211
Novembro – 131
Total – 1.111

Cadastros x Idade
até 20 anos – 68
21 a 30 – 339
31 a 40 – 371
41 a 50 – 204
51 a 60 – 102
acima de 60 – 27
Total – 1.111

Quantidade de test drive x Mês
Julho – 174
Agosto – 36
Setembro – 74
Outubro – 144
Novembro – 42
Total – 470

Quantidade de test drive x Estação
Igreja de Nazaré (montese) – 38,89%
Shopping Iguatemi (Edson Queiroz) – 27,78%
Shopping Center Um (Aldeota) – 12.96%
North Shopping (são gerardo) – 12,96%
Praça Luiza Távora (aldeota) – 7,41%

Quantidade de utilizações x Mês
Setembro 92
Outubro 281
Novembro 166
total: 539 viagens

Quantidade de utilizações x Tempo de uso
Até 30 min – 243
31 a 60 min – 64
61 a 120 min – 51
121 a 240 min – 49
mais de 240 min – 132
Total – 539 viagens

Utilizações x Estação de origem
Shopping Iguatemi (Edson Queiroz) – 144
Igreja de Nazaré (montese) – 130
Praça Luiza Távora (aldeota) – 104
North Shopping (são gerardo) – 95
Shopping Center Um (Aldeota) – 66
Total – 539 viagens

Utilizações x Estação de destino
Igreja de Nazaré (montese) – 139
Shopping Iguatemi (Edson Queiroz) – 138
North Shopping (são gerardo) – 95
Praça Luiza Távora (aldeota) – 94
Shopping Center Um (Aldeota) – 73
Total – 539 viagens

Utilizações x Modelo de carro
BYD (cinco lugares) – 5 modelos disponíveis – utilizado em 427 viagens
Zhidou (dois ligares) 2 modelos disponíveis – utilizado em 112 viagens
Total – 539 viagens

Publicidade

Dê sua opinião

ALTERNATIVA DE TRANSPORTE

Andar de carro compartilhado em Fortaleza é mais barato que de táxi e Uber

Sistema disponibilizado pela prefeitura completa três meses desde que foi implantado. Apenas 26% dos usuários cadastrados utilizam de fato o serviço

Por Matheus Ribeiro em Mobilidade Urbana

23 de dezembro de 2016 às 07:00

Há 4 meses
Carros compartilhados foram oficialmente implementados em setembro deste ano (FOTO: Jéssica Welma / Tribuna do Ceará)

Carros compartilhados foram oficialmente implementados em setembro deste ano (FOTO: Jéssica Welma / Tribuna do Ceará)

A busca por uma mobilidade urbana de qualidade é um desafio enfrentado pela maioria das grandes cidades no Brasil. Nos últimos anos, Fortaleza tem apresentado uma série de alternativas para quem pretende se locomover gastando menos tempo e pouco dinheiro. Entre as alternativas, está o programa de carros compartilhados, o Vamo, disponibilizado pela Prefeitura de Fortaleza há três meses.

Além dos ônibus, táxis e do Uber, os fortalezenses dispõem de um serviço ainda pouco utilizado. Inaugurado oficialmente no dia 22 de setembro deste ano, o programa Vamo de carros compartilhados pode custar ao bolso do cearense um valor mais barato se comparado táxis e mesmo o Uber.

Para comparar com os outros dois meios de locomoção, o Tribuna do Ceará selecionou duas rotas que são possíveis de serem realizas com carro compartilhado, Uber e táxi em até 30 minutos (valor mínimo cobrado pelo serviço da prefeitura).

> LEIA MAIS

Maioria dos usuários de carros compartilhados em Fortaleza tem entre 31 e 40 anos

Primeira rota

Assim como diagnosticado pela empresa Serttel, responsável por implantar, operar e dar manutenção ao sistema de carros elétricos compartilhados, das cinco estações disponíveis em toda a capital, a segunda estação de carros compartilháveis com maior número de usuários foi a do Shopping Iguatemi (localizada no Bairro Edson Queiroz), com 27,78% dos usuários. Esta estação perde apenas para a estação da Igreja de Nazaré (localizada no Bairro Montese).

A partir desse dado, o Tribuna selecionou a primeira rota saindo do Iguatemi (localizado na Avenida Washington Soares) até a Casa José de Alencar. O trajeto dura, em média, 28 minutos para ser realizado, contando o tempo de ida e de volta para a estação. 

De acordo com os dados obtidos pela central de táxi “Capital Táxi”, o trajeto realizado num serviço de táxi com bandeira 2 sai por R$ 26 somente ida. Caso seja preciso voltar ao shopping, o consumidor deve gastar a mesma quantia, o que no total custará ao seu bolso o valor de R$ 52.

O mesmo trajeto feito de Uber é mais barato. Através de um motorista do Uber, o Tribuna do Ceará teve acesso aos valores cobrados pelo serviço para realizar esse trecho. Conforme os dados, a pessoa que quiser fazer esse mesmo trecho de Uber deve gastar em média R$ 28,70 para ir e voltar ao shopping, ou seja, mais de R$ 23 de economia.

Apesar do valor mais em conta do Uber, o serviço do carro compartilhado pode ser ainda mais vantajoso. Tendo em vista que o uso por 30 minutos do carro elétrico sai por apenas R$ 20, todo o trajeto de ida e de volta pode sair por esse valor, bem menos que a metade do custo do táxi.

Tarifa média para realizar as duas rotas de Uber - valor só de ida (FOTO: Reprodução)

Tarifa média para realizar as duas rotas de Uber – valor só de ida (FOTO: Reprodução)

Segunda rota

Assim como foi feito o primeiro trajeto, também foi selecionado uma rota saindo do Shopping Iguatemi com destino a Praça Portugal, no bairro Aldeota. O trajeto de ida e de volta, que também pode ser feito, em média, em aproximadamente 30 minutos, pode ser feito com preços bem diferentes entre os três tipos de serviço.

Quem pretende pegar um táxi tradicional deve desembolsar somente na ida a quantia de R$ 22. Caso precise voltar para o shopping será necessário pagar o valor de R$ 44. No Uber, essa despesa é cortada pela metade, já que o trecho de ida e de volta é feito R$ 22,46.

Já quem opta pelo carro elétrico compartilhado deve gastar um valor ainda mais em conta. Caso o usuário demore os exatos 30 minutos para realizar o trajeto, o que pode ser feito em até menos tempo dependendo do trânsito, a quantia paga cai para R$ 20 no trecho ida e volta.

No entanto, é preciso ressaltar que apenas em alguns trechos o valor do carro compartilhado pode ficar mais barato em relação ao táxi e ao Uber, já que a cada minuto passado em até uma hora de utilização é cobrada a taxa de R$ 0,80 por minuto passado.

Carro modelo BYD comporta cinco passageiros. Aplicativo possibilitará carona. (Foto: Tribuna do Ceará/Jéssica Welma)

Carro modelo BYD comporta cinco passageiros. Aplicativo possibilitará carona. (Foto: Tribuna do Ceará/Jéssica Welma)

O carro BYD comporta cinco passageiros. Já o Zhidou é para dois (FOTO: Tribuna do Ceará/Jéssica Welma)

Boa alternativa, mas pouco uso

Apesar de ser considerado um meio inovador, já que Fortaleza é a primeira cidade do país a aderir ao modelo de carros compartilhados, e ser um programa bem acessível, ele ainda não possui muitos adeptos.

De acordo com os dados da Serttel, pelo menos 1.111 usuários estão cadastrados na plataforma. Contudo, de todos os cadastrados apenas 299 usuários estão ativos no programa, ou seja, apenas 26,9% das pessoas cadastradas no sistema utilizam de fato o serviço.

Para tentar entrevista algum usuário do programa, o Tribuna do Ceará ficou por mais de uma hora na estação do Shopping Iguatemi. No entanto, nenhum usuário do sistema apareceu para buscar um carro compartilhado. Comerciantes ao redor da estação alegaram a reportagem que na grande maioria dos dias da semana nenhum carro é retirado da estação.

Tarifas carros compartilhados

A tarifação do sistema de carros compartilhados se dá conforme o tempo em que o carro estiver em uso. Para os primeiros 30 minutos, o valor cobrado do usuário é de R$ 20, sendo este valor indivisível, ou seja, do primeiro minuto ao 30º minuto o valor cobrado será fixo e totalizará R$ 20.

Após meia-hora de uso, a cobrança se dará por minuto adicional, variando o custo do minuto conforme o tempo de uso da seguinte forma:

– Entre meia hora e 1 hora de uso: R$ 0,80 por minuto adicional.
– Entre 1 hora e 2 horas de uso: R$ 0,60 por minuto adicional.
– Entre 2 horas e 4 horas de uso: R$ 0,50 por minuto adicional.
– Após 4 horas de uso: R$ 0,40 por minuto adicional.

A título de exemplificação, o uso por 30 minutos custará R$ 20. Já o uso por 45 minutos será no valor de R$ 32, independente da quilometragem percorrida.

As pessoas que fizerem uso mensalmente do sistema pagarão uma taxa de R$ 40, que é integralmente revertida em crédito para uso dos carros. Caso o usuário possua o Bilhete Único, será dado um desconto de 25% nessa taxa. Dessa forma, o usuário manterá um crédito de uso de R$ 40, mas pagará somente R$ 30.

Tarifas cobradas pelo programa (FOTO: Reprodução VAMO)

Tarifas cobradas pelo programa (FOTO: Reprodução VAMO)

 

Confira outros dados do programa Vamo:

*Dados de setembro ao início de dezembro de 2016

Quantidade de cadastros x Mês
Julho – 356
Agosto – 356
Setembro – 372
Outubro – 211
Novembro – 131
Total – 1.111

Cadastros x Idade
até 20 anos – 68
21 a 30 – 339
31 a 40 – 371
41 a 50 – 204
51 a 60 – 102
acima de 60 – 27
Total – 1.111

Quantidade de test drive x Mês
Julho – 174
Agosto – 36
Setembro – 74
Outubro – 144
Novembro – 42
Total – 470

Quantidade de test drive x Estação
Igreja de Nazaré (montese) – 38,89%
Shopping Iguatemi (Edson Queiroz) – 27,78%
Shopping Center Um (Aldeota) – 12.96%
North Shopping (são gerardo) – 12,96%
Praça Luiza Távora (aldeota) – 7,41%

Quantidade de utilizações x Mês
Setembro 92
Outubro 281
Novembro 166
total: 539 viagens

Quantidade de utilizações x Tempo de uso
Até 30 min – 243
31 a 60 min – 64
61 a 120 min – 51
121 a 240 min – 49
mais de 240 min – 132
Total – 539 viagens

Utilizações x Estação de origem
Shopping Iguatemi (Edson Queiroz) – 144
Igreja de Nazaré (montese) – 130
Praça Luiza Távora (aldeota) – 104
North Shopping (são gerardo) – 95
Shopping Center Um (Aldeota) – 66
Total – 539 viagens

Utilizações x Estação de destino
Igreja de Nazaré (montese) – 139
Shopping Iguatemi (Edson Queiroz) – 138
North Shopping (são gerardo) – 95
Praça Luiza Távora (aldeota) – 94
Shopping Center Um (Aldeota) – 73
Total – 539 viagens

Utilizações x Modelo de carro
BYD (cinco lugares) – 5 modelos disponíveis – utilizado em 427 viagens
Zhidou (dois ligares) 2 modelos disponíveis – utilizado em 112 viagens
Total – 539 viagens