90% deixariam carro em casa se o transporte público de Fortaleza tivesse qualidade

ENQUETE

90% deixariam carro em casa se o transporte público de Fortaleza tivesse qualidade

Ao todo, cerca de 1.700 pessoas participaram da votação, e 1.500 disseram que deixariam o carro em casa se tivessem condições

Por Daniel Rocha em Mobilidade Urbana

16 de dezembro de 2017 às 07:00

Há 1 mês

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Quase 90% dos leitores do Tribuna do Ceará deixariam o veículo em casa se o transporte público fosse de qualidade. A enquete foi publicada nesta quinta-feira (14). Ao todo, 1.686 pessoas opinaram sobre qual seria a sua decisão.

1.500 pessoas disseram que fariam a troca, correspondendo a 89% dos participantes, enquanto outras 168 optaram por não. De acordo com um leitor, quando vai para um local onde tem fácil acesso ao transporte público, opta por deixar o carro em casa.

“Eu já abro mão do meu carro. Se vou para um local que tem acesso fácil a ônibus, vou e volto nele”, aponta. Mas, segundo ele, é preciso melhorar a qualidade dos veículos.

“Precisa melhorar, principalmente, colocando mais veículos em horários de picos e maior conforto aos usuários”, sugere.

Outro afirma que já faz a troca quando vai para o Centro de Fortaleza, saindo do município de Maracanaú, a 24 km da capital. “É mais econômico e rápido”, opina.

Entretanto, nos comentários, houve muitos leitores alegando a insegurança um dos principais entraves para a melhorar qualidade do transporte público de Fortaleza. Uma leitora alegou que as pessoas optam pelo carro particular por conta da violência.

“Muita gente opta pelo carro por medo de andar nas ruas. Não adianta transporte público de qualidade se a violência começa antes mesmo de se entrar no ônibus”, opina. Outra também aponta a insegurança como uns dos principais problemas. “Dá medo de ir até na esquina! Triste!”, alega.

Publicidade

Dê sua opinião

ENQUETE

90% deixariam carro em casa se o transporte público de Fortaleza tivesse qualidade

Ao todo, cerca de 1.700 pessoas participaram da votação, e 1.500 disseram que deixariam o carro em casa se tivessem condições

Por Daniel Rocha em Mobilidade Urbana

16 de dezembro de 2017 às 07:00

Há 1 mês

(FOTO: Reprodução/Facebook)

Quase 90% dos leitores do Tribuna do Ceará deixariam o veículo em casa se o transporte público fosse de qualidade. A enquete foi publicada nesta quinta-feira (14). Ao todo, 1.686 pessoas opinaram sobre qual seria a sua decisão.

1.500 pessoas disseram que fariam a troca, correspondendo a 89% dos participantes, enquanto outras 168 optaram por não. De acordo com um leitor, quando vai para um local onde tem fácil acesso ao transporte público, opta por deixar o carro em casa.

“Eu já abro mão do meu carro. Se vou para um local que tem acesso fácil a ônibus, vou e volto nele”, aponta. Mas, segundo ele, é preciso melhorar a qualidade dos veículos.

“Precisa melhorar, principalmente, colocando mais veículos em horários de picos e maior conforto aos usuários”, sugere.

Outro afirma que já faz a troca quando vai para o Centro de Fortaleza, saindo do município de Maracanaú, a 24 km da capital. “É mais econômico e rápido”, opina.

Entretanto, nos comentários, houve muitos leitores alegando a insegurança um dos principais entraves para a melhorar qualidade do transporte público de Fortaleza. Uma leitora alegou que as pessoas optam pelo carro particular por conta da violência.

“Muita gente opta pelo carro por medo de andar nas ruas. Não adianta transporte público de qualidade se a violência começa antes mesmo de se entrar no ônibus”, opina. Outra também aponta a insegurança como uns dos principais problemas. “Dá medo de ir até na esquina! Triste!”, alega.