Secovi define hoje o reajuste dos profissionais que trabalham em condomínios - Noticias


Secovi define hoje o reajuste dos profissionais que trabalham em condomínios

A proposta, apresentada pelo sindicato laboral Seeaconce – Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação do Estado do Ceará, fixa pisos salariais de R$ 535 para porteiros e R$ 516 para faxineiros e zeladores

Por Tribuna do Ceará em Fortaleza

14 de junho de 2010 às 13:15

Há 9 anos

O Sindicato da Habitação (Secovi) define hoje, às 18 horas, na sede do sindicato, a situação de trabalho de cerca de 30 mil funcionários que atuam em 5 mil condomínios residenciais e comerciais no Ceará. A categoria, representada em sua maioria por porteiros e zeladores, poderá conquistar reajuste salarial, vale alimentação e assistência médica-odontológica.

A proposta, apresentada pelo sindicato laboral Seeaconce – Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação do Estado do Ceará fixa pisos salariais de R$ 535 para porteiros e R$ 516 para faxineiros e zeladores, mais vale alimentação de R$ 6,50.

Para conceder às reivindicações do Seeaconce, o Secovi, que representa entre outras empresas, edifícios em condomínios residenciais e comerciais, convoca os filiados da entidade entre eles os síndicos de condomínios do Ceará para discutir a viabilidade da nova proposta salarial.

Redação Jangadeiro Online, com informações do Secovi

Publicidade

Dê sua opinião

Secovi define hoje o reajuste dos profissionais que trabalham em condomínios

A proposta, apresentada pelo sindicato laboral Seeaconce – Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação do Estado do Ceará, fixa pisos salariais de R$ 535 para porteiros e R$ 516 para faxineiros e zeladores

Por Tribuna do Ceará em Fortaleza

14 de junho de 2010 às 13:15

Há 9 anos

O Sindicato da Habitação (Secovi) define hoje, às 18 horas, na sede do sindicato, a situação de trabalho de cerca de 30 mil funcionários que atuam em 5 mil condomínios residenciais e comerciais no Ceará. A categoria, representada em sua maioria por porteiros e zeladores, poderá conquistar reajuste salarial, vale alimentação e assistência médica-odontológica.

A proposta, apresentada pelo sindicato laboral Seeaconce – Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação do Estado do Ceará fixa pisos salariais de R$ 535 para porteiros e R$ 516 para faxineiros e zeladores, mais vale alimentação de R$ 6,50.

Para conceder às reivindicações do Seeaconce, o Secovi, que representa entre outras empresas, edifícios em condomínios residenciais e comerciais, convoca os filiados da entidade entre eles os síndicos de condomínios do Ceará para discutir a viabilidade da nova proposta salarial.

Redação Jangadeiro Online, com informações do Secovi