Preço de refeições em Fortaleza é o menor do Nordeste


Preço médio da refeição em Fortaleza é o menor do Nordeste

Segundo a pesquisa, o valor total da refeição em Fortaleza custa R$ 21,18, valor inferior aos das médias do Nordeste (R$ 23,74) e do Brasil (R$ 27,40)

Por Hayanne Narlla em Fortaleza

3 de Abril de 2013 às 10:25

Há 5 anos

Fortaleza é a capital com menor preço de refeições do Nordeste, segundo um levantamento realizado pela Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador (Assert). Foram avaliados os valores de refeições fora de casa no horário do almoço, em estabelecimentos que aceitam vouchers/cartões refeição, além dos fatores que influenciam a escolha pelos alimentos que compõem o prato do trabalhador.

Segundo a pesquisa, o valor total da refeição em Fortaleza custa R$ 21,18, valor inferior aos das médias do Nordeste (R$ 23,74) e do Brasil (R$ 27,40). Na região, Salvador é a capital com o preço mais elevado, custando R$ 26,59.

Ainda segundo o levantamento, o valor comercial da refeição na capital cearense seria R$12,28. Já o Self-service Total custaria R$ 16,74 e o prato Executivo, R$ 24,59. O prato A La Carte é o mais caro, com o valor de R$ 31,09.

Análise

Para o conselheiro do Conselho Federal de Economia Vicente Férrer, o fato de o Ceará ser um estado pobre, com salários menores, influencia no preço da comida. Além disso, ele ressaltou que a população não tem um nível de exigência alto em relação ao sabor e qualidade, sendo mais interessada no preço final.

De acordo com ele, a concorrência em Fortaleza é muito grande, causando a queda dos preços. “Aqui há a cultura do PF (prato feito), da quentinha”, disse.

Ele também explicou que a procura por refeições fora de casa deverá ser potencializada após a nova lei sobre as empregadas domésticas. Agora, segundo Férrer, as pessoas comer mais fora de casa, por querer contratar somente uma faxineira etc.

Publicidade

Dê sua opinião

Preço médio da refeição em Fortaleza é o menor do Nordeste

Segundo a pesquisa, o valor total da refeição em Fortaleza custa R$ 21,18, valor inferior aos das médias do Nordeste (R$ 23,74) e do Brasil (R$ 27,40)

Por Hayanne Narlla em Fortaleza

3 de Abril de 2013 às 10:25

Há 5 anos

Fortaleza é a capital com menor preço de refeições do Nordeste, segundo um levantamento realizado pela Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador (Assert). Foram avaliados os valores de refeições fora de casa no horário do almoço, em estabelecimentos que aceitam vouchers/cartões refeição, além dos fatores que influenciam a escolha pelos alimentos que compõem o prato do trabalhador.

Segundo a pesquisa, o valor total da refeição em Fortaleza custa R$ 21,18, valor inferior aos das médias do Nordeste (R$ 23,74) e do Brasil (R$ 27,40). Na região, Salvador é a capital com o preço mais elevado, custando R$ 26,59.

Ainda segundo o levantamento, o valor comercial da refeição na capital cearense seria R$12,28. Já o Self-service Total custaria R$ 16,74 e o prato Executivo, R$ 24,59. O prato A La Carte é o mais caro, com o valor de R$ 31,09.

Análise

Para o conselheiro do Conselho Federal de Economia Vicente Férrer, o fato de o Ceará ser um estado pobre, com salários menores, influencia no preço da comida. Além disso, ele ressaltou que a população não tem um nível de exigência alto em relação ao sabor e qualidade, sendo mais interessada no preço final.

De acordo com ele, a concorrência em Fortaleza é muito grande, causando a queda dos preços. “Aqui há a cultura do PF (prato feito), da quentinha”, disse.

Ele também explicou que a procura por refeições fora de casa deverá ser potencializada após a nova lei sobre as empregadas domésticas. Agora, segundo Férrer, as pessoas comer mais fora de casa, por querer contratar somente uma faxineira etc.