Moradores reclamam de medidas adotadas pela AMC no Cocó - Noticias


Moradores reclamam de medidas adotadas pela AMC no Cocó

A poluição sonora, a inviabilização de livre acesso de moradores e o estacionamento proibido são as principais preocupações

Por Tribuna do Ceará em Fortaleza

8 de março de 2010 às 10:33

Há 9 anos

Os moradores do Condomínio Palazzo Florentino, localizado à Rua Valdetário Mota, 1572, Cocó, registram indignação e revolta contra as recentes medidas implantadas pela Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania de Fortaleza (AMC) no tráfego de veículos entre as vias Padre Antônio Tomás, Washington Soares, Valdetário Mota e Bento Albuquerque, desde o último dia 2 de março.

Leia também:
AMC promove mudanças na circulação de veículos no entorno do Cocó
Implantação de semáforos provoca mudanças no tráfego de veículos no Cocó

Segundo os moradores, além de inviabilizar o livre acesso de moradores aos inúmeros condomínios e residências ali localizados, por conta dos enormes congestionamentos em vários períodos do dia e da noite, “somos castigados por uma poluição sonora de muitos decibéis, fruto da impaciência dos guiadores com a lentidão do tráfego na área”.

Estacionamento
Os populares também mostram indignação no que diz respeito à proibição de estacionamento de veículos em ambos os lados da Rua Valdetário Mota, entre as Ruas Gilberto Studart e Bento Albuquerque, das 7 da manhã às 20 horas. Para eles, a medida é inexplicável, visto que se trata de uma zona puramente residencial.

Eles aguardam que a AMC possa rever as medidas adotadas, “a bem das boas práticas da engenharia de tráfego, do bom senso e da qualidade de vida de centenas de famílias que habitam a área do Cocó”.

Publicidade

Dê sua opinião

Moradores reclamam de medidas adotadas pela AMC no Cocó

A poluição sonora, a inviabilização de livre acesso de moradores e o estacionamento proibido são as principais preocupações

Por Tribuna do Ceará em Fortaleza

8 de março de 2010 às 10:33

Há 9 anos

Os moradores do Condomínio Palazzo Florentino, localizado à Rua Valdetário Mota, 1572, Cocó, registram indignação e revolta contra as recentes medidas implantadas pela Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania de Fortaleza (AMC) no tráfego de veículos entre as vias Padre Antônio Tomás, Washington Soares, Valdetário Mota e Bento Albuquerque, desde o último dia 2 de março.

Leia também:
AMC promove mudanças na circulação de veículos no entorno do Cocó
Implantação de semáforos provoca mudanças no tráfego de veículos no Cocó

Segundo os moradores, além de inviabilizar o livre acesso de moradores aos inúmeros condomínios e residências ali localizados, por conta dos enormes congestionamentos em vários períodos do dia e da noite, “somos castigados por uma poluição sonora de muitos decibéis, fruto da impaciência dos guiadores com a lentidão do tráfego na área”.

Estacionamento
Os populares também mostram indignação no que diz respeito à proibição de estacionamento de veículos em ambos os lados da Rua Valdetário Mota, entre as Ruas Gilberto Studart e Bento Albuquerque, das 7 da manhã às 20 horas. Para eles, a medida é inexplicável, visto que se trata de uma zona puramente residencial.

Eles aguardam que a AMC possa rever as medidas adotadas, “a bem das boas práticas da engenharia de tráfego, do bom senso e da qualidade de vida de centenas de famílias que habitam a área do Cocó”.