Mês da Copa do Mundo terá somente 50% de dias úteis em Fortaleza

Entre junho e julho de 2014, haverá entre 15 e 17 dias úteis em Fortaleza, dependendo dos confrontos da Copa do Mundo. Confira o calendário de feriados

Há quem acredite que uma mentira contada muitas vezes se torna uma verdade. Circula nas redes sociais e em mensagens compartilhadas via celular um informativo de que, durante a Copa do Mundo de 2014, Fortaleza terá apenas dois dias úteis num período de 13 dias. A farra dos feriados será grande, mas não tanto.

Nada mais que um novo “hoax” foi criado. Numa tradução literal, “hoax” é uma “farsa” em forma de histórias recebidas por e-mails, redes sociais e mensagens compartilhadas via celular. Invariavelmente as pessoas acreditam em tais histórias e por isso a “passam para frente”, sem antes mesmo de checar a veracidade da informação.

Whatsapp1Copa

 

O Tribuna do Ceará foi além e desvendou que essa tal mensagem não é apenas falsa, por apresentar as datas erradas de jogos em Fortaleza, como é também incompleta. O informativo não traz os jogos de oitavas e quartas-de-final já marcados para a capital cearense, nem tampouco outras possíveis datas de jogos do Brasil durante a Copa do Mundo de 2014.

Rone Santiago recebeu pelo celular o falso informativo e repassou a mensagem para seu grupo de amigos da pós-graduação pelo WhatsApp – um aplicativo que transforma as mensagens do celular numa espécie de sala de bate-papo coletivo. “Achei uma informação importante e repassei ao grupo, mas realmente eu não chequei no calendário nem tampouco na tabela da competição”, justifica o pós-graduando.

Os feriados e a cidade

É importante lembrar que as datas da Copa do Mundo de 2014 mexerão com todos os setores de Fortaleza, pois os dias de jogos na cidade serão declarados feriados municipais e, quando houver jogo do Brasil, o feriado será nacional.

Calendário-da-copa2

Arte: Tiago Leite

Nas referidas datas, por lei, os comércios regulares da praça de Fortaleza irão fechar, mas os lojistas do Mercado Central deverão ignorar a recomendação.

O presidente da Associação dos Lojistas do Mercado Central (Almec), Juarez Elias, informa que a intenção é abrir todos os dias, incluindo domingos e feriados. “Não tem por que fechar, nós apostamos que a cidade estará lotada de turistas no período da Copa do Mundo, com uma previsão de aumento de vendas entre 30% e 40%”, explica o presidente. O Mercado Central, que segundo sua Associação de Lojistas é o segundo ponto turístico mais visitado de Fortaleza, perdendo apenas para as praias, possui 559 lojas, 75 quiosques, três restaurantes e duas lanchonetes. “O turista procura no Mercado Central o artesanato local, os produtos regionais, bordados e confecções em geral, somos um lugar que reúne a história do nosso estado”, finaliza Juarez Elias.

Shoppings

Para Abílio do Carmo, presidente da Associação dos Lojistas de Shoppings Centers do Ceará (Alshop), o ano de 2014 é considerado como atípico e muito difícil para os shoppings, por conta não apenas da Copa, mas também por ter eleições presidenciais.

“Existe uma Lei da Fifa que protocola os feriados da Copa, mas o prefeito vai ter que escutar as lideranças sobre essas folgas. Como é que vamos pagar nossas contas sem trabalho? No estádio só cabem 60 mil pessoas, e se o shopping está fechado, para onde vai a população e outros turistas que não vão aos jogos?”

O presidente ressalta também que a Alshop está tentando fazer um acordo com a Prefeitura, para depois fechar com os trabalhadores. “No jogo do Brasil eu sou o primeiro a fechar o estabelecimento para ir ver o jogo, mas os outros jogos não há sentido algum para fechar o comércio. O protocolo da Fifa manda fechar tudo, mas será que a cidade tem de parar por causa disso?”, questiona em tom de desabafo.

Ascefort

“Nós encaramos a Copa como um grande evento para o Brasil, mas o Centro de Fortaleza está fora desse mundo e hoje passa por uma das piores épocas de sua história”, declarou Maia Júnior, presidente da Associação dos Empresários do Centro de Fortaleza (Ascefort). Segundo o presidente, a Copa das Confederações trouxe prejuízo aos lojistas, que ainda acreditam que com o comércio aberto, a chance de existir a baderna é menor, além de esvaziar possíveis protestos. “Existem mecanismos legais para deixar o comércio funcionando de forma facultativa. Sou totalmente contra o feriado nesse contexto, pois a Fifa só trouxe prejuízo ao comércio do centro de Fortaleza”, lamenta Maia Júnior.

Supermercados

A assessoria de imprensa da Associação Cearense de Supermercados (Acesu) informa que o funcionamento dos supermercados da Capital é definido em convenção coletiva entre o sindicato patronal, Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Fortaleza e o sindicato do trabalhador, Sindicato dos Empregados no Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Fortaleza.

“A convenção coletiva para o 2014 ainda está em negociação, e por este motivo, ainda não temos a definição dos dias de feriado que irão interferir no funcionamento dos supermercados. Sobre as feriados durante os jogos da Copa do Mundo de 2014, a Acesu já está consultando o setor jurídico da associação, e o que for determinado pelo Governo Federal será cumprido pela associação”, declarou a Acesu.

Iguatemi

Iguatemi

Shoppings de Fortaleza fazem promoções de compras premiadas (FOTO: Iguatemi/divulgação)
Mercado Central de Fortaleza

Mercado Central de Fortaleza

Mercado Central é ponto turístico da cidade (FOTO: Falcão Júnior)
Mercado Central

Mercado Central

Mercado Central é muito visitado por turistas em Fortaleza (FOTO: Falcão Júnior)
Natal-Iguatemi

Natal-Iguatemi

Já é Natal nos shoppings de Fortaleza (FOTO: Iguatemi/divulgação)
Shopping-Iguatemi

Shopping-Iguatemi

Crianças se divertem nos shoppings de Fortaleza (FOTO: Iguatemi/divulgação)

Educação

Conforme a exigência da adequação dos calendários escolares, respaldada pela Lei Geral da Copa (Lei nº 12.663, de 5 de junho de 2012 ); altera as Leis nºs 6.815, de 19 de agosto de 1980 , e 10.671, de 15 de maio de 2003. O Art. 64 estabelece que “Em 2014, os sistemas de ensino deverão ajustar os calendários escolares de forma que as férias escolares decorrentes do encerramento das atividades letivas do primeiro semestre do ano, nos estabelecimentos de ensino das redes pública e privada, abranjam todo o período entre a abertura e o encerramento da Copa do Mundo Fifa 2014 de futebol”.

Por isso, as Secretarias de Educação do Estado do Ceará (Seduc) e Municipal de Educação (SME) elaboraram um calendário que se adequasse ao período de início e fim da Copa do Mundo de 2014. Em linhas gerais, foram modificadas apenas a data de início e fim de suas férias, sem alteração ou perda nas cargas horárias de seus respectivos colégios.

Seduc

A Seduc informa que não haverá perdas aos alunos e que as férias foram apenas adequadas ao calendário. Deste modo, o período de férias escolares ficou de 12/06 (data de abertura da Copa do Mundo) a 12/07/2014. “Este período está alinhado ao calendário proposto pelo Sindicado dos Estabelecimentos de Ensino do Ceará (SINEPE), assim, o período de férias dos professores da rede estadual coincidiria com os da rede particular de ensino”, declara a assessoria de imprensa da secretaria.

SME

O início das atividades letivas nas escolas municipais será mantido para o dia 3 de fevereiro de 2014. As férias coletivas do mês de julho serão antecipadas, iniciando no dia 12 de junho de 2014 e finalizando no dia 11 de julho de 2014. O retorno às aulas após o período de férias será no dia 14 de julho de 2014 (segunda-feira) e seu ano letivo será encerrado no dia 23 de dezembro de 2014, com 200 (duzentos) dias letivos, exigidos por lei.

No mês de fevereiro de 2013, a SME firmou o Pacto pela Educação de Fortaleza, que teve como uma das principais medidas a reorganização do calendário escolar, com o objetivo de reverter a defasagem de três meses em relação às demais escolas públicas e particulares. As alterações em virtude da Copa do Mundo no calendário letivo 2014, portanto, não implicará no compromisso firmado.

* Procurada pelo Tribuna do Ceará, através de ligações e e-mails,  a assessoria de imprensa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL) não retornou os questionamentos até o fechamento desta matéria.

Comentários