Insano: um dos maiores toboáguas do mundo é teste para cardíacos

Insano: um dos maiores toboáguas do mundo é teste para cardíacos

Repórter baixinha e com medo de altura desce no toboágua do Beach Park, parque aquático de Aquiraz-CE, e relata a experiência insana. Durou cinco segundos, a 105 km/h

Por Roberta Tavares em Fortaleza

18 de janeiro de 2014 às 09:15

Há 3 anos
Descida no Insano, um dos maiores toboáguas do mundo (FOTO: Robert Nogueira)

Descida no Insano, um dos maiores toboáguas do mundo (FOTO: Robert Nogueira)

Você sobreviveria a uma queda livre de um prédio de 14 andares? O toboágua mais veloz do mundo proporciona adrenalina semelhante, com a garantia de que você estará vivo após uma experiência insana, a 105 km/h, em cinco segundos de queda. Tão arrepiante quanto a queda é a sensação de alívio por ter chegado são e salvo na piscina do Insano, localizado no Beach Park, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Descer de boia em um toboágua menor não seria tão aterrorizante para mim. Mas só em pensar que teria de enfrentar os 41 metros de altura do Insano, um dos maiores toboáguas do mundo, para fazer uma reportagem virou um túnel sem luz no fim. Sobreviveria eu com apenas 1,57 metros de altura? Uma câmera GoPro, instalada na minha cabeça, registrou essa loucura.

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/14825905″]

 

Chegando ao parque aquático, confesso que tive certa desconfiança ao subir no tubo – que é quase completamente vertical. O número dos degraus a subir já assusta (e cansa!). A música ambiente e as advertências ao longo da escada causam mais pânico ainda. Dá vontade de mudar de ideia e descer tudo de novo, embora o tempo de volta pelo toboágua seja infinitamente menor. Quem sabe a paisagem belíssima descontraísse a subida das escadas. Mas não consegui me importar com o cartão-postal. Afinal, estava a vários metros de distância do chão.

Para tranquilizar ainda mais a situação, ou não, o moço do brinquedo pergunta se eu sei nadar e se estava com medo. Respondi que sim para as perguntas. Ele continuou: “Então coloque as mãos na nuca, cruze as pernas e não levante a cabeça de jeito nenhum”. As instruções são pavorosas para pessoas como eu. “Se eu mexer alguma coisa, quer dizer que eu morro?”, pensava. Mas quem está na chuva é para se molhar. E lá fui eu.

A 105 km/h, a descida é de apenas cinco segundos (FOTO: Robert Nogueira)

A 105 km/h, a descida é de apenas cinco segundos (FOTO: Robert Nogueira)

 

Um toque de leve do instrutor no meu ombro e… foi tudo muito rápido. Adrenalina a mil. Os breves segundos parecem a trilogia do Senhor dos Anéis. Você não se sente escorregando, mas sim, em queda livre. O corpo descola da superfície do toboágua.

Literalmente sem chão, solta no ar, caindo de um abismo, entregue à ação da gravidade e à pessoa que projetou aquele brinquedo, só conseguia pensar: “Espero que o engenheiro não tenha faltado às aulas da faculdade, que tenha sido um bom aluno”. Em poucos segundos, consegui imaginar um milhão de coisas. “E se meu peso me projetar para frente e eu cair em cima do túnel que dá acesso à piscina?”.

Alívio após ter descido no toboágua (FOTO: Robert Nogueira)

Alívio após ter descido no toboágua (FOTO: Robert Nogueira)

Os cinco segundos finalmente acabaram. Nunca senti um alívio tão grande ao encostar novamente no toboágua. Ufa! E não caí em cima do túnel. Entrei no túnel. Caí na piscina com a sensação de que tinha me livrado de um grande desafio na vida. Depois de muito tossir, ajeitar a roupa de banho e ainda meio atordoada, consegui dizer, não sei como nem por quê: “Vou de novo!”. E saltei novamente, com a câmera na cabeça e com o coração saindo pela boca.

Mas o medo inicial já não era o mesmo. Com meu 1,57 metro, me senti gigante, diante daquela estrutura de 41 metros. Se você tiver a coragem de ir, com certeza será recompensado pela atitude quando alcançar terra firme. Muita gente aplaude e grita pela conquista. A pergunta que fica é: no fim das contas, vale a pena? Só experimentando para ver! Se preferir fechar os olhos, apenas sinta.

> LEIA MAIS

Beach Park

Para quem ainda não conhece, o Beach Park é um parque aquático localizado no Nordeste do Brasil, situado na área da Região Metropolitana de Fortaleza, na praia do Porto das Dunas, em Aquiraz. A distância para a capital cearense é de apenas 16 quilômetros, cerca de 20 minutos de carro.

Confira as principais atrações:

Arrepius tem capacidade de descida simultânea para até nove pessoas
1/13

Arrepius tem capacidade de descida simultânea para até nove pessoas

São cinco toboáguas diferentes proporcionando emocionantes maneiras de descida, além de ser uma atração inovadora, com tobogãs inéditos no Brasil (FOTO: Divulgação)

Arrepius tem capacidade de descida simultânea para até nove pessoas
2/13

Arrepius tem capacidade de descida simultânea para até nove pessoas

São cinco toboáguas diferentes proporcionando emocionantes maneiras de descida, além de ser uma atração inovadora, com tobogãs inéditos no Brasil (FOTO: Divulgação)

Acqua Circo, atração para toda a família
3/13

Acqua Circo, atração para toda a família

Tema circo está presente em brinquedos como canhões, jatos, duchas, chafarizes, escorregadores, túneis, pedalinhos fixos e gangorras (FOTO: Divulgação)

AcquaShow reúne 78 brinquedos e jatos sincronizados, 8 tobogãs e 14 canhões
4/13

AcquaShow reúne 78 brinquedos e jatos sincronizados, 8 tobogãs e 14 canhões

A principal atração do AcquaShow é um balde gigante, localizado bem no centro e no alto, que despeja 1.800 litros d’água de uma só vez sobre os visitantes (FOTO: Divulgação)

Sinta toda emoção de uma descida pelo Rio Atlantis
5/13

Sinta toda emoção de uma descida pelo Rio Atlantis

Para enfrentar o grande rio, os visitantes descem utilizando uma boia que alcança uma velocidade média de 34 km/h.

Deixe-se levar por essa correnteza
6/13

Deixe-se levar por essa correnteza

Correnteza Encantada é um rio artificial que permite um agradável passeio de boia, e pode ser utilizado tanto por crianças, quanto por adultos.

Você é insano o bastante?
7/13

Você é insano o bastante?

Com 41 metros de altura, o equivalente a um prédio de 14 andares, o toboágua Insano é a atração mais radical do parque (FOTO: Divulgação)

Kalafrio: que tal um friozinho na barriga?
8/13

Kalafrio: que tal um friozinho na barriga?

O detalhe é que a descida tem um ângulo de quase 90 graus, ou seja, prepare-se para soltar aquele grito de emoção (FOTO: Divulgação)

Moréia Negra: um toboágua totalmente fechado
9/13

Moréia Negra: um toboágua totalmente fechado

Para percorrer o longo toboágua negro, utiliza-se tapetes individuais, onde se atinge uma velocidade média de descida de 13 km/h (FOTO: Divulgação)

Relaxe, agite ou apenas curta o sol nas ondas do maremoto
10/13

Relaxe, agite ou apenas curta o sol nas ondas do maremoto

São duas imensas piscinas. Uma para quem quer curtir as ondas como em uma praia e a outra destinada às pessoas que queiram apenas flutuar nas ondas sobre boias (FOTO: Divulgação)

ZumpTchibum: você em alta velocidade
11/13

ZumpTchibum: você em alta velocidade

ZumpTchibum é composto por três toboáguas abertos de alta velocidade que partem de uma torre de 15,5 metros de altura e atingem uma velocidade média de 15,2 km/h (FOTO: Divulgação)

Ramubrinká: sete maneiras diferentes de sentir emoção
12/13

Ramubrinká: sete maneiras diferentes de sentir emoção

Cada um dos sete toboáguas proporciona uma experiência diferente em função de tamanho, formato, velocidade de descida e tipo de boia (FOTO: Divulgação)

Beach Park, além de completo, fica de frente para o mar
13/13

Beach Park, além de completo, fica de frente para o mar

Beach Park está localizado no município de Aquiraz, no Ceará

Com atrações tranquilas ou cheias de emoção para toda a família, o parque já é sinônimo de férias para muita gente por todo o Brasil. Portadores de necessidades especiais e gestantes não podem descer nos brinquedos mais radicais, já pessoas com problemas de coluna e osteoporose devem ser advertidas em relação aos equipamentos.

O valor dos ingressos varia, de acordo com a época do ano. Em alta estação, o ingresso para criança (de até 12 anos, com comprovante de idade) custa R$ 160 e adulto R$ 170. O passaporte de três dias (deve ser utilizado em dias consecutivos e é intransferível) custa R$ 230, e o de sete dias, R$ 245. Crianças de até 1 metro de altura têm acesso gratuito (acompanhadas de um adulto pagante). O parque funciona das 11h às 17h.

Publicidade

Dê sua opinião

Insano: um dos maiores toboáguas do mundo é teste para cardíacos

Repórter baixinha e com medo de altura desce no toboágua do Beach Park, parque aquático de Aquiraz-CE, e relata a experiência insana. Durou cinco segundos, a 105 km/h

Por Roberta Tavares em Fortaleza

18 de janeiro de 2014 às 09:15

Há 3 anos
Descida no Insano, um dos maiores toboáguas do mundo (FOTO: Robert Nogueira)

Descida no Insano, um dos maiores toboáguas do mundo (FOTO: Robert Nogueira)

Você sobreviveria a uma queda livre de um prédio de 14 andares? O toboágua mais veloz do mundo proporciona adrenalina semelhante, com a garantia de que você estará vivo após uma experiência insana, a 105 km/h, em cinco segundos de queda. Tão arrepiante quanto a queda é a sensação de alívio por ter chegado são e salvo na piscina do Insano, localizado no Beach Park, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Descer de boia em um toboágua menor não seria tão aterrorizante para mim. Mas só em pensar que teria de enfrentar os 41 metros de altura do Insano, um dos maiores toboáguas do mundo, para fazer uma reportagem virou um túnel sem luz no fim. Sobreviveria eu com apenas 1,57 metros de altura? Uma câmera GoPro, instalada na minha cabeça, registrou essa loucura.

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/14825905″]

 

Chegando ao parque aquático, confesso que tive certa desconfiança ao subir no tubo – que é quase completamente vertical. O número dos degraus a subir já assusta (e cansa!). A música ambiente e as advertências ao longo da escada causam mais pânico ainda. Dá vontade de mudar de ideia e descer tudo de novo, embora o tempo de volta pelo toboágua seja infinitamente menor. Quem sabe a paisagem belíssima descontraísse a subida das escadas. Mas não consegui me importar com o cartão-postal. Afinal, estava a vários metros de distância do chão.

Para tranquilizar ainda mais a situação, ou não, o moço do brinquedo pergunta se eu sei nadar e se estava com medo. Respondi que sim para as perguntas. Ele continuou: “Então coloque as mãos na nuca, cruze as pernas e não levante a cabeça de jeito nenhum”. As instruções são pavorosas para pessoas como eu. “Se eu mexer alguma coisa, quer dizer que eu morro?”, pensava. Mas quem está na chuva é para se molhar. E lá fui eu.

A 105 km/h, a descida é de apenas cinco segundos (FOTO: Robert Nogueira)

A 105 km/h, a descida é de apenas cinco segundos (FOTO: Robert Nogueira)

 

Um toque de leve do instrutor no meu ombro e… foi tudo muito rápido. Adrenalina a mil. Os breves segundos parecem a trilogia do Senhor dos Anéis. Você não se sente escorregando, mas sim, em queda livre. O corpo descola da superfície do toboágua.

Literalmente sem chão, solta no ar, caindo de um abismo, entregue à ação da gravidade e à pessoa que projetou aquele brinquedo, só conseguia pensar: “Espero que o engenheiro não tenha faltado às aulas da faculdade, que tenha sido um bom aluno”. Em poucos segundos, consegui imaginar um milhão de coisas. “E se meu peso me projetar para frente e eu cair em cima do túnel que dá acesso à piscina?”.

Alívio após ter descido no toboágua (FOTO: Robert Nogueira)

Alívio após ter descido no toboágua (FOTO: Robert Nogueira)

Os cinco segundos finalmente acabaram. Nunca senti um alívio tão grande ao encostar novamente no toboágua. Ufa! E não caí em cima do túnel. Entrei no túnel. Caí na piscina com a sensação de que tinha me livrado de um grande desafio na vida. Depois de muito tossir, ajeitar a roupa de banho e ainda meio atordoada, consegui dizer, não sei como nem por quê: “Vou de novo!”. E saltei novamente, com a câmera na cabeça e com o coração saindo pela boca.

Mas o medo inicial já não era o mesmo. Com meu 1,57 metro, me senti gigante, diante daquela estrutura de 41 metros. Se você tiver a coragem de ir, com certeza será recompensado pela atitude quando alcançar terra firme. Muita gente aplaude e grita pela conquista. A pergunta que fica é: no fim das contas, vale a pena? Só experimentando para ver! Se preferir fechar os olhos, apenas sinta.

> LEIA MAIS

Beach Park

Para quem ainda não conhece, o Beach Park é um parque aquático localizado no Nordeste do Brasil, situado na área da Região Metropolitana de Fortaleza, na praia do Porto das Dunas, em Aquiraz. A distância para a capital cearense é de apenas 16 quilômetros, cerca de 20 minutos de carro.

Confira as principais atrações:

Arrepius tem capacidade de descida simultânea para até nove pessoas
1/13

Arrepius tem capacidade de descida simultânea para até nove pessoas

São cinco toboáguas diferentes proporcionando emocionantes maneiras de descida, além de ser uma atração inovadora, com tobogãs inéditos no Brasil (FOTO: Divulgação)

Arrepius tem capacidade de descida simultânea para até nove pessoas
2/13

Arrepius tem capacidade de descida simultânea para até nove pessoas

São cinco toboáguas diferentes proporcionando emocionantes maneiras de descida, além de ser uma atração inovadora, com tobogãs inéditos no Brasil (FOTO: Divulgação)

Acqua Circo, atração para toda a família
3/13

Acqua Circo, atração para toda a família

Tema circo está presente em brinquedos como canhões, jatos, duchas, chafarizes, escorregadores, túneis, pedalinhos fixos e gangorras (FOTO: Divulgação)

AcquaShow reúne 78 brinquedos e jatos sincronizados, 8 tobogãs e 14 canhões
4/13

AcquaShow reúne 78 brinquedos e jatos sincronizados, 8 tobogãs e 14 canhões

A principal atração do AcquaShow é um balde gigante, localizado bem no centro e no alto, que despeja 1.800 litros d’água de uma só vez sobre os visitantes (FOTO: Divulgação)

Sinta toda emoção de uma descida pelo Rio Atlantis
5/13

Sinta toda emoção de uma descida pelo Rio Atlantis

Para enfrentar o grande rio, os visitantes descem utilizando uma boia que alcança uma velocidade média de 34 km/h.

Deixe-se levar por essa correnteza
6/13

Deixe-se levar por essa correnteza

Correnteza Encantada é um rio artificial que permite um agradável passeio de boia, e pode ser utilizado tanto por crianças, quanto por adultos.

Você é insano o bastante?
7/13

Você é insano o bastante?

Com 41 metros de altura, o equivalente a um prédio de 14 andares, o toboágua Insano é a atração mais radical do parque (FOTO: Divulgação)

Kalafrio: que tal um friozinho na barriga?
8/13

Kalafrio: que tal um friozinho na barriga?

O detalhe é que a descida tem um ângulo de quase 90 graus, ou seja, prepare-se para soltar aquele grito de emoção (FOTO: Divulgação)

Moréia Negra: um toboágua totalmente fechado
9/13

Moréia Negra: um toboágua totalmente fechado

Para percorrer o longo toboágua negro, utiliza-se tapetes individuais, onde se atinge uma velocidade média de descida de 13 km/h (FOTO: Divulgação)

Relaxe, agite ou apenas curta o sol nas ondas do maremoto
10/13

Relaxe, agite ou apenas curta o sol nas ondas do maremoto

São duas imensas piscinas. Uma para quem quer curtir as ondas como em uma praia e a outra destinada às pessoas que queiram apenas flutuar nas ondas sobre boias (FOTO: Divulgação)

ZumpTchibum: você em alta velocidade
11/13

ZumpTchibum: você em alta velocidade

ZumpTchibum é composto por três toboáguas abertos de alta velocidade que partem de uma torre de 15,5 metros de altura e atingem uma velocidade média de 15,2 km/h (FOTO: Divulgação)

Ramubrinká: sete maneiras diferentes de sentir emoção
12/13

Ramubrinká: sete maneiras diferentes de sentir emoção

Cada um dos sete toboáguas proporciona uma experiência diferente em função de tamanho, formato, velocidade de descida e tipo de boia (FOTO: Divulgação)

Beach Park, além de completo, fica de frente para o mar
13/13

Beach Park, além de completo, fica de frente para o mar

Beach Park está localizado no município de Aquiraz, no Ceará

Com atrações tranquilas ou cheias de emoção para toda a família, o parque já é sinônimo de férias para muita gente por todo o Brasil. Portadores de necessidades especiais e gestantes não podem descer nos brinquedos mais radicais, já pessoas com problemas de coluna e osteoporose devem ser advertidas em relação aos equipamentos.

O valor dos ingressos varia, de acordo com a época do ano. Em alta estação, o ingresso para criança (de até 12 anos, com comprovante de idade) custa R$ 160 e adulto R$ 170. O passaporte de três dias (deve ser utilizado em dias consecutivos e é intransferível) custa R$ 230, e o de sete dias, R$ 245. Crianças de até 1 metro de altura têm acesso gratuito (acompanhadas de um adulto pagante). O parque funciona das 11h às 17h.