Fortaleza é a 9ª cidade com marca mais valiosa do país


Fortaleza é a 9ª cidade com marca mais valiosa do país

Uma pesquisa realizada pela consultoria inglesa Superbrands apontou Fortaleza como uma das 10 cidades brasileiras com marcas mais valiosas

Por Hayanne Narlla em Fortaleza

6 de setembro de 2013 às 18:35

Há 4 anos

Uma pesquisa realizada pela consultoria inglesa Superbrands apontou Fortaleza como uma das 10 cidades brasileiras com marcas mais valiosas em 2013. A capital cearense aparece em 9º lugar, à frente somente de Salvador.

Liderando o ranking das cidades do Nordeste, o valor da marca de Fortaleza foi avaliada em R$ 16,5 bilhões. Segundo o levantamento, foram analisados os aspectos ligados à reputação, ao turismo e aos indicadores econômicos locais. Para chegar aos resultados, o estudo entrevistou 18 mil pessoas, associando as respostas a dados econômicos e socio-demográficos.

A nona cidade com a marca mais valiosa de 2013 no Brasil é Fortaleza.

A nona cidade com a marca mais valiosa de 2013 no Brasil é Fortaleza (FOTO: Falcão)

Segundo o economista Alex Araújo, a posição no ranking da capital cearense é muito importante, já que a cidade exerce influência nas regiões Norte e Nordeste. “Há eventos importantes que atraem pessoas de fora, como do Pará e do Rio Grande do Norte. A feira da (Avenida) José Avelino, por exemplo, ganha uma proporção gigantesca. Você tem uma mescla de negócios de pequeno e grande porte”, analisou.

Além disso, ele ressaltou que a linha do urbanismo, chamada de marketing de lugares, deve virar uma estratégia da cidade. “A ideia é, como qualquer outra de consumo, que as cidades precisam ter um marketing de divulgação, atraindo negócios e pessoas que querem qualidade de vida. Salvador tinha uma campanha forte e Curitiba fez esforço para essa divulgação, mas o Brasil não tem isso como política sistematizada. É uma estratégia necessária”, disse.

Sobre a marca

Coordenadora de pós-graduação em gestão Estratégica de Marcas da Unifor, Maria do Céu, afirmou que a marca tem como pilar a reputação da cidade. “Isso demonstra a credibilidade que Fortaleza tem diante de seus diversos públicos. Além disso, a marca também tem um diferencial, tendo em vista suas belezas e peculiaridades”, disse.

Ela ainda explicou que os benefícios advindos dessa marca são vários, dentre eles a apropriação da cidade e do valor que ela leva. “Há vantagens para o turismo, trazendo mais visitantes. O próprio fortalezense sente orgulho disso, causa um sentimento de pertença, de fazer parte do universo da cidade”.

Nacional

O ranking é liderado pela cidade de São Paulo, cujo valor de marca foi avaliado em R$ 233 bilhões. O Rio de Janeiro, ainda que tenha história, arte e paisagens impressas no imaginário nacional, ocupa o segundo lugar, com avaliação de R$ 88 bilhões.

Publicidade

Dê sua opinião

Fortaleza é a 9ª cidade com marca mais valiosa do país

Uma pesquisa realizada pela consultoria inglesa Superbrands apontou Fortaleza como uma das 10 cidades brasileiras com marcas mais valiosas

Por Hayanne Narlla em Fortaleza

6 de setembro de 2013 às 18:35

Há 4 anos

Uma pesquisa realizada pela consultoria inglesa Superbrands apontou Fortaleza como uma das 10 cidades brasileiras com marcas mais valiosas em 2013. A capital cearense aparece em 9º lugar, à frente somente de Salvador.

Liderando o ranking das cidades do Nordeste, o valor da marca de Fortaleza foi avaliada em R$ 16,5 bilhões. Segundo o levantamento, foram analisados os aspectos ligados à reputação, ao turismo e aos indicadores econômicos locais. Para chegar aos resultados, o estudo entrevistou 18 mil pessoas, associando as respostas a dados econômicos e socio-demográficos.

A nona cidade com a marca mais valiosa de 2013 no Brasil é Fortaleza.

A nona cidade com a marca mais valiosa de 2013 no Brasil é Fortaleza (FOTO: Falcão)

Segundo o economista Alex Araújo, a posição no ranking da capital cearense é muito importante, já que a cidade exerce influência nas regiões Norte e Nordeste. “Há eventos importantes que atraem pessoas de fora, como do Pará e do Rio Grande do Norte. A feira da (Avenida) José Avelino, por exemplo, ganha uma proporção gigantesca. Você tem uma mescla de negócios de pequeno e grande porte”, analisou.

Além disso, ele ressaltou que a linha do urbanismo, chamada de marketing de lugares, deve virar uma estratégia da cidade. “A ideia é, como qualquer outra de consumo, que as cidades precisam ter um marketing de divulgação, atraindo negócios e pessoas que querem qualidade de vida. Salvador tinha uma campanha forte e Curitiba fez esforço para essa divulgação, mas o Brasil não tem isso como política sistematizada. É uma estratégia necessária”, disse.

Sobre a marca

Coordenadora de pós-graduação em gestão Estratégica de Marcas da Unifor, Maria do Céu, afirmou que a marca tem como pilar a reputação da cidade. “Isso demonstra a credibilidade que Fortaleza tem diante de seus diversos públicos. Além disso, a marca também tem um diferencial, tendo em vista suas belezas e peculiaridades”, disse.

Ela ainda explicou que os benefícios advindos dessa marca são vários, dentre eles a apropriação da cidade e do valor que ela leva. “Há vantagens para o turismo, trazendo mais visitantes. O próprio fortalezense sente orgulho disso, causa um sentimento de pertença, de fazer parte do universo da cidade”.

Nacional

O ranking é liderado pela cidade de São Paulo, cujo valor de marca foi avaliado em R$ 233 bilhões. O Rio de Janeiro, ainda que tenha história, arte e paisagens impressas no imaginário nacional, ocupa o segundo lugar, com avaliação de R$ 88 bilhões.