Dengue x gripe: como diferenciar as doenças


Dengue x gripe: saiba como diferenciar as doenças

Febre, dores no corpo, moleza, dor de cabeça. Os sintomas podem ser de tanto de gripe quanto de dengue. Mas você sabe diferenciar quando é uma doença ou é a outra?

Por Daniel Herculano em Fortaleza

16 de Abril de 2013 às 14:54

Há 5 anos

Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, Fortaleza já registra 588 casos de dengue em 2013, com um óbito, não por dengue hemorrágica, mas por complicação. O município está em estado de emergência em relação à doença, mas antes de procurar assistência médica para realização do diagnóstico exato, há sintomas que diferem a dengue e a gripe.

Febre, dores no corpo, moleza, dor de cabeça. Os sintomas podem ser de tanto de gripe quanto de dengue. Mas você sabe diferenciar quando é uma doença e quando é outra?

Dengue X Gripe

Embora ambas sejam doenças virais, a principal diferença entre a dengue e a gripe e/ou virose são os problemas respiratórios, explica Antônio Lima, coordenador da Célula da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). “Quando o paciente está com gripe, ele apresenta tosse, falta de ar, coriza, espirradeira, todos sintomas respiratórios, acompanhados de sinais parecidos com a dengue, como febre, fadiga, prostração, amolecimento, dor de cabeça“.

No caso da dengue clássica, os sintomas são febre, dor de cabeça, dor muscular, fraqueza, dor  nos olhos e nas juntas, diarreia, náuseas, vômitos, coceira e manchas no corpo. No caso da dengue hemorrágica – que atinge em média apenas 3% dos pacientes com dengue, há alguns sintomas o diferenciam da dengue clássica, com a tendência de sangramentos e uma desidratação muito forte.

Fortaleza

Todas as unidades de saúde de Fortaleza podem receber pacientes com suspeitas de dengue e tratá-los. Apenas em casos com sinais de gravidade ou com complicações, o paciente é encaminhado aos hospitais das redes estadual ou municipal.

Publicidade

Dê sua opinião

Dengue x gripe: saiba como diferenciar as doenças

Febre, dores no corpo, moleza, dor de cabeça. Os sintomas podem ser de tanto de gripe quanto de dengue. Mas você sabe diferenciar quando é uma doença ou é a outra?

Por Daniel Herculano em Fortaleza

16 de Abril de 2013 às 14:54

Há 5 anos

Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, Fortaleza já registra 588 casos de dengue em 2013, com um óbito, não por dengue hemorrágica, mas por complicação. O município está em estado de emergência em relação à doença, mas antes de procurar assistência médica para realização do diagnóstico exato, há sintomas que diferem a dengue e a gripe.

Febre, dores no corpo, moleza, dor de cabeça. Os sintomas podem ser de tanto de gripe quanto de dengue. Mas você sabe diferenciar quando é uma doença e quando é outra?

Dengue X Gripe

Embora ambas sejam doenças virais, a principal diferença entre a dengue e a gripe e/ou virose são os problemas respiratórios, explica Antônio Lima, coordenador da Célula da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). “Quando o paciente está com gripe, ele apresenta tosse, falta de ar, coriza, espirradeira, todos sintomas respiratórios, acompanhados de sinais parecidos com a dengue, como febre, fadiga, prostração, amolecimento, dor de cabeça“.

No caso da dengue clássica, os sintomas são febre, dor de cabeça, dor muscular, fraqueza, dor  nos olhos e nas juntas, diarreia, náuseas, vômitos, coceira e manchas no corpo. No caso da dengue hemorrágica – que atinge em média apenas 3% dos pacientes com dengue, há alguns sintomas o diferenciam da dengue clássica, com a tendência de sangramentos e uma desidratação muito forte.

Fortaleza

Todas as unidades de saúde de Fortaleza podem receber pacientes com suspeitas de dengue e tratá-los. Apenas em casos com sinais de gravidade ou com complicações, o paciente é encaminhado aos hospitais das redes estadual ou municipal.