Número de eleitores indígenas e quilombolas aumenta 18% neste ano no Ceará

ELEIÇÕES 2018

Número de eleitores indígenas e quilombolas aumenta 18% neste ano no Ceará

No total são 12 mil eleitores. Os locais de votação serão em escolas, postos de saúde, associações e centro comunitários

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

7 de outubro de 2018 às 06:45

Há 2 meses
Urna eletrônica em referência a Número de eleitores indígenas e quilombolas aumentou mais de 18% no Ceará

Mais de 12 mil eleitores indígenas e quilombolas votam no Ceará (FOTO: Divulgação)

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) divulgou dados sobre a evolução de eleitores indígenas e quilombolas do Ceará. Os números tiveram um crescimento, comparado às eleições de 2018, de 18,92%, totalizando mais de 12 mil eleitores. Todo o aumento se deu em municípios, locais de votação, seções e eleitores. Os locais de votação serão em escolas, postos de saúde, associações e centro comunitários.

Os municípios de votação dos eleitores indígenas cresceram de 14 para 15 em comparação às eleições de 2016. Já os locais disponíveis para voto subiram de 23 para 24 e as seções de 22 para 30.

Os eleitores aumentaram 12,74%, crescendo de 4.659 para 5.253. As sessões ficam disponíveis nos municípios de Itapipoca, Crateús, São Benedito, Acaraú, Canindé, Poranga, Pacatuba, Monsenhor Tabosa, Tamboril, Aquiraz, Itarema, Novo Oriente, Quiterianópolis, Aratuba e Caucaia.

Já o número de eleitores quilombolas aumentou de 6.710 para 7.125, com crescimento de 6,18%. Os locais de votação subiram de 22 para 25 e as seções eleitorais de 28 para 37.

Os municípios de votação cresceram de 19 para 21 e são localizados em Baturité, Quixadá, Aracati, Itapipoca, Tururu, Crateús, São Benedito, Acaraú, Salitre, Ipueiras, Moraújo, Aquiraz, Araripe, Potengi, Croatá, Horizonte, Novo Oriente, Quiterianópolis e Caucaia.

Ao todo serão 36 municípios, 49 locais de votação, 67 seções e 12.378 eleitores indígenas e quilombolas.

Publicidade

Dê sua opinião

ELEIÇÕES 2018

Número de eleitores indígenas e quilombolas aumenta 18% neste ano no Ceará

No total são 12 mil eleitores. Os locais de votação serão em escolas, postos de saúde, associações e centro comunitários

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

7 de outubro de 2018 às 06:45

Há 2 meses
Urna eletrônica em referência a Número de eleitores indígenas e quilombolas aumentou mais de 18% no Ceará

Mais de 12 mil eleitores indígenas e quilombolas votam no Ceará (FOTO: Divulgação)

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) divulgou dados sobre a evolução de eleitores indígenas e quilombolas do Ceará. Os números tiveram um crescimento, comparado às eleições de 2018, de 18,92%, totalizando mais de 12 mil eleitores. Todo o aumento se deu em municípios, locais de votação, seções e eleitores. Os locais de votação serão em escolas, postos de saúde, associações e centro comunitários.

Os municípios de votação dos eleitores indígenas cresceram de 14 para 15 em comparação às eleições de 2016. Já os locais disponíveis para voto subiram de 23 para 24 e as seções de 22 para 30.

Os eleitores aumentaram 12,74%, crescendo de 4.659 para 5.253. As sessões ficam disponíveis nos municípios de Itapipoca, Crateús, São Benedito, Acaraú, Canindé, Poranga, Pacatuba, Monsenhor Tabosa, Tamboril, Aquiraz, Itarema, Novo Oriente, Quiterianópolis, Aratuba e Caucaia.

Já o número de eleitores quilombolas aumentou de 6.710 para 7.125, com crescimento de 6,18%. Os locais de votação subiram de 22 para 25 e as seções eleitorais de 28 para 37.

Os municípios de votação cresceram de 19 para 21 e são localizados em Baturité, Quixadá, Aracati, Itapipoca, Tururu, Crateús, São Benedito, Acaraú, Salitre, Ipueiras, Moraújo, Aquiraz, Araripe, Potengi, Croatá, Horizonte, Novo Oriente, Quiterianópolis e Caucaia.

Ao todo serão 36 municípios, 49 locais de votação, 67 seções e 12.378 eleitores indígenas e quilombolas.