Candidato do PCO ao Governo do Ceará renuncia disputa para apoiar o PT

MIKAELTON CARANTINO

Candidato do PCO ao Governo do Ceará renuncia disputa para apoiar o PT

A candidatura de Carantino já havia sido indeferida pela Justiça Eleitoral pela falta de diretório estadual do PCO

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

22 de setembro de 2018 às 11:51

Há 3 meses
Mikaelton Carantino se candidatou pelo PCO. (Foto: arquivo pessoal/ Facebook)

Mikaelton Carantino se candidatou pelo PCO. (Foto: arquivo pessoal/ Facebook)

O candidato ao Governo do Ceará Mikaelton Carantino, do PCO, anunciou neste sábado (22) que entregou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) um pedido de renúncia à disputa. O motivo, segundo ele, é apoiar a campanha nacional do Partido dos Trabalhadores.

A candidatura de Mikaelton já havia sido indeferida pela Justiça Eleitoral devido à ausência de Diretório da legenda no Ceará. O PCO havia recorrido da decisão.

O motivo da renúncia, segundo Mikaelton, é o interesse pessoal em apoiar a candidatura do presidenciável Fernando Haddad, candidato do PT.

“A partir de agora assumo a militância a favor do Haddad e convoco a todos os amigos que possam fazer o mesmo”, disse Carantino em nota.

Ele anunciou ainda desfiliação do PCO. “Respeito a posição do meu partido, mas não concordo com ela, por isso estou deixando o mesmo”, disse.

Publicidade

Dê sua opinião

MIKAELTON CARANTINO

Candidato do PCO ao Governo do Ceará renuncia disputa para apoiar o PT

A candidatura de Carantino já havia sido indeferida pela Justiça Eleitoral pela falta de diretório estadual do PCO

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

22 de setembro de 2018 às 11:51

Há 3 meses
Mikaelton Carantino se candidatou pelo PCO. (Foto: arquivo pessoal/ Facebook)

Mikaelton Carantino se candidatou pelo PCO. (Foto: arquivo pessoal/ Facebook)

O candidato ao Governo do Ceará Mikaelton Carantino, do PCO, anunciou neste sábado (22) que entregou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) um pedido de renúncia à disputa. O motivo, segundo ele, é apoiar a campanha nacional do Partido dos Trabalhadores.

A candidatura de Mikaelton já havia sido indeferida pela Justiça Eleitoral devido à ausência de Diretório da legenda no Ceará. O PCO havia recorrido da decisão.

O motivo da renúncia, segundo Mikaelton, é o interesse pessoal em apoiar a candidatura do presidenciável Fernando Haddad, candidato do PT.

“A partir de agora assumo a militância a favor do Haddad e convoco a todos os amigos que possam fazer o mesmo”, disse Carantino em nota.

Ele anunciou ainda desfiliação do PCO. “Respeito a posição do meu partido, mas não concordo com ela, por isso estou deixando o mesmo”, disse.