Camilo defende que Haddad se mostre "acima do PT" e reconheça erros do partido

ESTRATÉGIA DO 2º TURNO

Camilo defende que Haddad se mostre “acima do PT” e reconheça erros do partido

Para o governador reeleito no Ceará, o candidato do PT precisará adotar um discurso de união para superar Jair Bolsonaro no 2º turno

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

10 de outubro de 2018 às 11:42

Há 2 meses
Camilo Santana (PT) durante Comitê

Camilo Santana foi reeleito a governador com quase 80% dos votos válidos no Ceará (Foto: Reprodução/Facebook)

O governador Camilo Santana (PT), reeleito com quase 80% dos votos válidos, afirmou que o presidenciável Fernando Haddad (PT) precisa “se mostrar acima do PT”, fazer autocrítica do partido e dialogar com o mercado financeiro. As declarações foram feitas em entrevista à Folha de S.Paulo.

Para o governador do Ceará, é uma forma de unir forças de diversos segmentos do País que desejam manter a democracia e evitar retrocessos. Na primeira entrevista à imprensa após reeleição, Camilo defendeu unir forças contra Jair Bolsonaro neste segundo turno das eleições e afirmou que adversário de Haddad é um atraso para do País.

“O eleitor de Lula vai votar nele de qualquer jeito. Isso já se mostrou. Agora, ele tem de apresentar quem é o Haddad e ter um discurso de união, de diálogo e distensionamento. É preciso garantir respeito aos contratos e credibilidade”, defendeu Camilo, um petista que não é tão identificado com o partido como outros políticos célebres do Ceará.

Outro ponto destacado pelo cearense foi a importância de Haddad reconhecer os erros do partido. Na sua avaliação, a rejeição ao PT decorrente dos escândalos de corrupção contribuiu para o crescimento do candidato de extrema direita, Jair Bolsonaro.

“Acho importante até para mostrar que ele está disposto a ouvir, dialogar, a ser um homem aberto para aglutinar e somar forças para superar o problema que o país está vivendo”, ressaltou.

Em sua primeira entrevista à imprensa após a reeleição, Camilo afirmou que o capitão da reserva é “o que há mais de atrasado no Brasil” e defendeu acabar “com a divisão, com o ódio”. “O Brasil não pode retroceder”, ressaltou.

Acompanhe a cobertura das eleições:

Bolsonaro não venceu em nenhum município do Ceará; Ciro e Haddad empataram em 92 a 92

“Assembleia é omissa na Segurança”, critica youtuber de direita campeão de votos no Ceará

Cearenses organizam evento “No Barzinho com o Ciro”, em referência a entrevista pós-derrota

Camilo atingiu mais de 90% dos votos em 110 dos 184 municípios cearenses

Saiba quem são os suplentes que podem assumir vaga por deputados federais eleitos

Tiririca é reeleito deputado federal em São Paulo com 453 mil votos

Filiado ao Pros, que apoia Haddad, Eduardo Girão vai de Bolsonaro, “com ressalvas”

Eunício Oliveira anuncia fim da carreira política após ser derrotado nas urnas

Motorista discute com eleitores de Bolsonaro e é detido na Praça Portugal

Ciro sinaliza apoio a Haddad, mas já julgou petista de “inexperiente e sem liderança”

Youtuber campeão de votos no Ceará conseguiu fama ao chamar Camilo de “frouxo”

Camilo defende aliança contra Bolsonaro e evita comentar derrota de Eunício para o Senado

Número de eleitores indígenas e quilombolas aumenta 18% neste ano no Ceará

Eleições vão contar com aplicativo que exibirá a apuração de votos no celular

Mais da metade dos candidatos às eleições no Ceará não fez faculdade

Em Fortaleza, grupo percorre colégios eleitorais incentivando pessoas a não votarem

Camilo Santana é reeleito governador do Ceará em 1° turno

Quer saber como votaram os eleitores na sua seção? Aplicativo do TRE entrega relatório

Seção eleitoral ornamenta sala em tons de rosa em alusão a campanha contra câncer de mama

Veja a lista dos 23 deputados federais eleitos no Ceará em 2018

Confira os nomes dos 46 deputados estaduais eleitos no Ceará

Cid Gomes e Eduardo Girão eleitos para o Senado; Eunício derrotado por novo candidato

Bolsonaro e Haddad vão para o 2° turno; Ciro vence no Ceará, mas fica em 3º no geral

Publicidade

Dê sua opinião

ESTRATÉGIA DO 2º TURNO

Camilo defende que Haddad se mostre “acima do PT” e reconheça erros do partido

Para o governador reeleito no Ceará, o candidato do PT precisará adotar um discurso de união para superar Jair Bolsonaro no 2º turno

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

10 de outubro de 2018 às 11:42

Há 2 meses
Camilo Santana (PT) durante Comitê

Camilo Santana foi reeleito a governador com quase 80% dos votos válidos no Ceará (Foto: Reprodução/Facebook)

O governador Camilo Santana (PT), reeleito com quase 80% dos votos válidos, afirmou que o presidenciável Fernando Haddad (PT) precisa “se mostrar acima do PT”, fazer autocrítica do partido e dialogar com o mercado financeiro. As declarações foram feitas em entrevista à Folha de S.Paulo.

Para o governador do Ceará, é uma forma de unir forças de diversos segmentos do País que desejam manter a democracia e evitar retrocessos. Na primeira entrevista à imprensa após reeleição, Camilo defendeu unir forças contra Jair Bolsonaro neste segundo turno das eleições e afirmou que adversário de Haddad é um atraso para do País.

“O eleitor de Lula vai votar nele de qualquer jeito. Isso já se mostrou. Agora, ele tem de apresentar quem é o Haddad e ter um discurso de união, de diálogo e distensionamento. É preciso garantir respeito aos contratos e credibilidade”, defendeu Camilo, um petista que não é tão identificado com o partido como outros políticos célebres do Ceará.

Outro ponto destacado pelo cearense foi a importância de Haddad reconhecer os erros do partido. Na sua avaliação, a rejeição ao PT decorrente dos escândalos de corrupção contribuiu para o crescimento do candidato de extrema direita, Jair Bolsonaro.

“Acho importante até para mostrar que ele está disposto a ouvir, dialogar, a ser um homem aberto para aglutinar e somar forças para superar o problema que o país está vivendo”, ressaltou.

Em sua primeira entrevista à imprensa após a reeleição, Camilo afirmou que o capitão da reserva é “o que há mais de atrasado no Brasil” e defendeu acabar “com a divisão, com o ódio”. “O Brasil não pode retroceder”, ressaltou.

Acompanhe a cobertura das eleições:

Bolsonaro não venceu em nenhum município do Ceará; Ciro e Haddad empataram em 92 a 92

“Assembleia é omissa na Segurança”, critica youtuber de direita campeão de votos no Ceará

Cearenses organizam evento “No Barzinho com o Ciro”, em referência a entrevista pós-derrota

Camilo atingiu mais de 90% dos votos em 110 dos 184 municípios cearenses

Saiba quem são os suplentes que podem assumir vaga por deputados federais eleitos

Tiririca é reeleito deputado federal em São Paulo com 453 mil votos

Filiado ao Pros, que apoia Haddad, Eduardo Girão vai de Bolsonaro, “com ressalvas”

Eunício Oliveira anuncia fim da carreira política após ser derrotado nas urnas

Motorista discute com eleitores de Bolsonaro e é detido na Praça Portugal

Ciro sinaliza apoio a Haddad, mas já julgou petista de “inexperiente e sem liderança”

Youtuber campeão de votos no Ceará conseguiu fama ao chamar Camilo de “frouxo”

Camilo defende aliança contra Bolsonaro e evita comentar derrota de Eunício para o Senado

Número de eleitores indígenas e quilombolas aumenta 18% neste ano no Ceará

Eleições vão contar com aplicativo que exibirá a apuração de votos no celular

Mais da metade dos candidatos às eleições no Ceará não fez faculdade

Em Fortaleza, grupo percorre colégios eleitorais incentivando pessoas a não votarem

Camilo Santana é reeleito governador do Ceará em 1° turno

Quer saber como votaram os eleitores na sua seção? Aplicativo do TRE entrega relatório

Seção eleitoral ornamenta sala em tons de rosa em alusão a campanha contra câncer de mama

Veja a lista dos 23 deputados federais eleitos no Ceará em 2018

Confira os nomes dos 46 deputados estaduais eleitos no Ceará

Cid Gomes e Eduardo Girão eleitos para o Senado; Eunício derrotado por novo candidato

Bolsonaro e Haddad vão para o 2° turno; Ciro vence no Ceará, mas fica em 3º no geral