Aplicativo permitirá que eleitores acompanhem apuração dos votos em tempo real

NA PALMA DA MÃO

Aplicativo permitirá que eleitores acompanhem apuração dos votos em tempo real

A consulta é feita de forma nominal e apresentará de maneira quantitativa os votos que foram totalizados, com atualização online

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

28 de outubro de 2018 às 06:45

Há 3 semanas
Homem com celular na mão

A apuração pode ser acompanhada em tempo real pelo aplicativo (Foto: Freepik)

Nestas eleições, os eleitores podem acompanhar a apuração dos votos na palma da mão. Por meio do aplicativo “Resultados”, as pessoas podem conferir o resultado em tempo real. A plataforma mostra os dados de todo o País.

O aplicativo mostra de forma quantitativa o número de votos que foram contabilizados. A ferramenta também permite acompanhar a apuração das disputas a governadores em estados que têm segundo turno.

Um sistema de geolocalização também permite que os eleitores acompanhe os resultados referente a sua região. O aplicativo está disponível gratuitamente nas lojas virtuais Apple Store e Google Play.

Boletim na mão

Além de acompanhar a apuração em tempo real, o Tribunal Regional Eleitoral disponibiliza o aplicativo Boletim na Mão. A ferramenta permite que o eleitor confira o resultado das eleições em qualquer seção eleitoral.

Por meio de um QR Code (código de barras em 2D que pode ser escaneado pela maioria dos smartphones), o cidadão confere de forma rápida e simples todas as informações presentes nos Boletins de Urna apresentado em formato de relatório.

Cada B.U é disponibilizado após o encerramento da apuração. As informações mostram o número de votos recebidos por candidatos e outros detalhes da seção. Para a leitura do código, não é necessário conexão com a internet.

Os boletins são impressos após a conclusão da votação e fixados em quadros de aviso nas seções eleitorais. Com a cópia digital, o eleitor poderá comparar o boletim coletado aos boletins de urna recebidos no sistema de totalização, que serão divulgados na página do Tribunal Superior Eleitoral, três dias após as eleições no 1º e 2º turnos.

Publicidade

Dê sua opinião

NA PALMA DA MÃO

Aplicativo permitirá que eleitores acompanhem apuração dos votos em tempo real

A consulta é feita de forma nominal e apresentará de maneira quantitativa os votos que foram totalizados, com atualização online

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

28 de outubro de 2018 às 06:45

Há 3 semanas
Homem com celular na mão

A apuração pode ser acompanhada em tempo real pelo aplicativo (Foto: Freepik)

Nestas eleições, os eleitores podem acompanhar a apuração dos votos na palma da mão. Por meio do aplicativo “Resultados”, as pessoas podem conferir o resultado em tempo real. A plataforma mostra os dados de todo o País.

O aplicativo mostra de forma quantitativa o número de votos que foram contabilizados. A ferramenta também permite acompanhar a apuração das disputas a governadores em estados que têm segundo turno.

Um sistema de geolocalização também permite que os eleitores acompanhe os resultados referente a sua região. O aplicativo está disponível gratuitamente nas lojas virtuais Apple Store e Google Play.

Boletim na mão

Além de acompanhar a apuração em tempo real, o Tribunal Regional Eleitoral disponibiliza o aplicativo Boletim na Mão. A ferramenta permite que o eleitor confira o resultado das eleições em qualquer seção eleitoral.

Por meio de um QR Code (código de barras em 2D que pode ser escaneado pela maioria dos smartphones), o cidadão confere de forma rápida e simples todas as informações presentes nos Boletins de Urna apresentado em formato de relatório.

Cada B.U é disponibilizado após o encerramento da apuração. As informações mostram o número de votos recebidos por candidatos e outros detalhes da seção. Para a leitura do código, não é necessário conexão com a internet.

Os boletins são impressos após a conclusão da votação e fixados em quadros de aviso nas seções eleitorais. Com a cópia digital, o eleitor poderá comparar o boletim coletado aos boletins de urna recebidos no sistema de totalização, que serão divulgados na página do Tribunal Superior Eleitoral, três dias após as eleições no 1º e 2º turnos.