Solenidade reunirá ex-alunos do Colégio 7 de Setembro antes de bloco de Carnaval
SETEMBRINOS

Solenidade reunirá ex-alunos do Colégio 7 de Setembro antes de bloco de Carnaval

No dia 26 de fevereiro, domingo de Carnaval, o Colégio 7 de Setembro realizará um encontro antes de bloco de Carnaval organizado por ex-alunos

Por Matheus Ribeiro em Educação

30 de janeiro de 2017 às 07:00

Há 4 meses

Alunos visitaram o colégio e combinaram como será o encontro (FOTO: Arquivo Pessoal)

Relembrar momentos da infância e da adolescência é algo que todo mundo gosta. Depois de quatro amigos ex-estudantes do Colégio 7 de Setembro criarem um grupo que reúne quase 10 mil ex-alunos, a escola resolveu apoiar a causa. No dia 26 de fevereiro, data que marca o domingo de Carnaval deste ano, o colégio realizará uma solenidade para promover o encontro dos ex-estudantes.

O momento acontece antes de um bloco de Carnaval organizado pelos próprios ex-alunos, que deve partir da rua do colégio, no Centro de Fortaleza, até a praça da Gentilândia, no Bairro Benfica. Segundo o diretor atual do colégio, Henrique Soárez, será realizada uma solenidade tradicional da escola.

“Essa solenidade terá um hasteamento da bandeira do Brasil e do 7 de Setembro. Nós cantaremos o hino nacional e depois o hino do colégio, momentos que fazemos constantemente com nossos alunos. Será um momento que juntará o pessoal para dar a largada do bloco de Carnaval. Esse foi um jeito que a gente achou de estar junto, e demonstrar o carinho com os nossos ex-alunos”, explicou.

Apesar disso, o diretor do colégio diz que o momento realizado dentro do colégio não tem nada a ver com o bloco de Carnaval, que é administrado pelos próprios ex-alunos.

Amigos se encontraram com os diretores da instituição (FOTO: Arquivo Pessoal)

Espontaneidade

Apesar da novidade, essa não é a primeira vez que ações para unir ex-estudantes do 7 de Setembro são feitas. Segundo Henrique, o próprio colégio já tinha tentado realizar outros momentos como este, mas nenhum chegou tão forte quanto a organização dos próprios ex-alunos.

“Foi uma surpresa tremenda. Já tentamos organizar outras vezes um encontro como este pela internet, mas acabou ficando por ali mesmo. Esse foi espontâneo. Foi como se fosse uma bomba atômica, do nada já tinha milhares de pessoas ali no grupo. Isso, portanto, nos demonstra que as pessoas têm um carinho especial pelo nosso colégio que durante anos vem realizando um excelente trabalho”, disse.

Quando perguntado se essa ação poderia ser uma espécie de marketing no futuro, Henrique Soárez não descartou a proposta. “Estamos analisando sobre isso. Ainda é muito cedo para falar. Já fizemos uma campanha do amor dos ex-alunos do colégio, mas essa comunicação fala mais com quem já tá dentro do colégio e não atrai muito novos estudantes. Mas vamos pensar e quando a gente tiver a ideia correta, certamente vamos fazer alguma coisa”, conclui.

Bloco de Carnaval 

Os amigos Humberto Lívio Vasconcelos, Robério Magalhães, Rubens Oliveira de Couto e Nicholas Holanda resolveram passar o Carnaval em Olinda, fantasiados com a antiga farda da escola. Durante o festejo, várias pessoas reconheceram a farda e conversaram com os quatro amigos.

A partir daí, eles tiveram a ideia de criar um bloquinho de Carnaval em Fortaleza, para matar a saudade dos amigos ainda da época de colégio. A ideia surgiu em maio de 2016, mas só em novembro eles criaram um grupo no Facebook chamado Setembrinos na Avenida.

Em janeiro de 2017, eles foram convidando os amigos, aqueles que eram lembrados nos corredores do C7S, como a escola é chamada. De repente, o grupo ficou lotado e foi enchido de postagens nostálgicas. São quase 9 mil pessoas comentando diariamente e mais um mil na fila de espera.

“O colégio [7 de Setembro] é um colégio particular, caro, que passa a vida toda pagando, e o povo sente orgulho de ser setembrino”, comenta Humberto.

Publicidade

Dê sua opinião

SETEMBRINOS

Solenidade reunirá ex-alunos do Colégio 7 de Setembro antes de bloco de Carnaval

No dia 26 de fevereiro, domingo de Carnaval, o Colégio 7 de Setembro realizará um encontro antes de bloco de Carnaval organizado por ex-alunos

Por Matheus Ribeiro em Educação

30 de janeiro de 2017 às 07:00

Há 4 meses

Alunos visitaram o colégio e combinaram como será o encontro (FOTO: Arquivo Pessoal)

Relembrar momentos da infância e da adolescência é algo que todo mundo gosta. Depois de quatro amigos ex-estudantes do Colégio 7 de Setembro criarem um grupo que reúne quase 10 mil ex-alunos, a escola resolveu apoiar a causa. No dia 26 de fevereiro, data que marca o domingo de Carnaval deste ano, o colégio realizará uma solenidade para promover o encontro dos ex-estudantes.

O momento acontece antes de um bloco de Carnaval organizado pelos próprios ex-alunos, que deve partir da rua do colégio, no Centro de Fortaleza, até a praça da Gentilândia, no Bairro Benfica. Segundo o diretor atual do colégio, Henrique Soárez, será realizada uma solenidade tradicional da escola.

“Essa solenidade terá um hasteamento da bandeira do Brasil e do 7 de Setembro. Nós cantaremos o hino nacional e depois o hino do colégio, momentos que fazemos constantemente com nossos alunos. Será um momento que juntará o pessoal para dar a largada do bloco de Carnaval. Esse foi um jeito que a gente achou de estar junto, e demonstrar o carinho com os nossos ex-alunos”, explicou.

Apesar disso, o diretor do colégio diz que o momento realizado dentro do colégio não tem nada a ver com o bloco de Carnaval, que é administrado pelos próprios ex-alunos.

Amigos se encontraram com os diretores da instituição (FOTO: Arquivo Pessoal)

Espontaneidade

Apesar da novidade, essa não é a primeira vez que ações para unir ex-estudantes do 7 de Setembro são feitas. Segundo Henrique, o próprio colégio já tinha tentado realizar outros momentos como este, mas nenhum chegou tão forte quanto a organização dos próprios ex-alunos.

“Foi uma surpresa tremenda. Já tentamos organizar outras vezes um encontro como este pela internet, mas acabou ficando por ali mesmo. Esse foi espontâneo. Foi como se fosse uma bomba atômica, do nada já tinha milhares de pessoas ali no grupo. Isso, portanto, nos demonstra que as pessoas têm um carinho especial pelo nosso colégio que durante anos vem realizando um excelente trabalho”, disse.

Quando perguntado se essa ação poderia ser uma espécie de marketing no futuro, Henrique Soárez não descartou a proposta. “Estamos analisando sobre isso. Ainda é muito cedo para falar. Já fizemos uma campanha do amor dos ex-alunos do colégio, mas essa comunicação fala mais com quem já tá dentro do colégio e não atrai muito novos estudantes. Mas vamos pensar e quando a gente tiver a ideia correta, certamente vamos fazer alguma coisa”, conclui.

Bloco de Carnaval 

Os amigos Humberto Lívio Vasconcelos, Robério Magalhães, Rubens Oliveira de Couto e Nicholas Holanda resolveram passar o Carnaval em Olinda, fantasiados com a antiga farda da escola. Durante o festejo, várias pessoas reconheceram a farda e conversaram com os quatro amigos.

A partir daí, eles tiveram a ideia de criar um bloquinho de Carnaval em Fortaleza, para matar a saudade dos amigos ainda da época de colégio. A ideia surgiu em maio de 2016, mas só em novembro eles criaram um grupo no Facebook chamado Setembrinos na Avenida.

Em janeiro de 2017, eles foram convidando os amigos, aqueles que eram lembrados nos corredores do C7S, como a escola é chamada. De repente, o grupo ficou lotado e foi enchido de postagens nostálgicas. São quase 9 mil pessoas comentando diariamente e mais um mil na fila de espera.

“O colégio [7 de Setembro] é um colégio particular, caro, que passa a vida toda pagando, e o povo sente orgulho de ser setembrino”, comenta Humberto.