Estudantes criam sistema de reutilização de água de bebedouros em escolas
BAIXO CUSTO

Estudantes criam sistema de reutilização de água de bebedouros em escolas

Iniciativa de baixo custo pode ser aplicada em qualquer escola

Por Tribuna do Ceará em Educação

9 de dezembro de 2016 às 07:00

Há 5 meses
alunos-caucaia-bebedouro

Iniciativa é prática e de baixo custo (FOTO: Divulgação)

Uma solução simples e de baixo custo para reutilização de água em escolas foi pensando por duas estudantes. Nathalia Paula de Oliveira, 21, e Abigail Matos, 18, do curso técnico em Petroquímica do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), em Caucaia, criaram o projeto “Reágua”, que consiste em armazenar e utilizar a água desperdiçada nos bebedouros, cena comum em instituições de ensino pelo Brasil.

Nathalia frisa que esse desperdício nos bebedouros é praticamente inevitável, por conta do modelo dos equipamentos. O que tem de ser feito, segundo ela, é o aproveitamento desse recurso. Para isso, orientada pela professora Aline Santos, criou um reservatório, que pode ser de vários tipos de material, acoplado ao bebedouro. A água não consumida cai nesse recipiente e pode ser utilizada para irrigação, construção civil e lavagem de ambientes.

“É um reservatório com rodinha, para facilitar o deslocamento, simples, barato e de fácil acesso para as escolas aplicarem”, resume Nathalia. “Além da causa ambiental, para preservação dos recursos hídricos, queremos despertar uma rede de mudança a partir dos alunos, de colaboração, de buscar apontar soluções para os problemas. É uma forma de retribuir o aprendizado que recebemos”, acrescenta.

Abigail Matos relata que, no estudo desenvolvido por elas, verificou-se um desperdício de 1.010 litros de água por mês, num campus com pouco mais de 400 alunos. A estudante espera que a ideia, fruto de um projeto extracurricular e de iniciativa das próprias alunas, seja praticada em outras instituições.

Publicidade

Dê sua opinião

BAIXO CUSTO

Estudantes criam sistema de reutilização de água de bebedouros em escolas

Iniciativa de baixo custo pode ser aplicada em qualquer escola

Por Tribuna do Ceará em Educação

9 de dezembro de 2016 às 07:00

Há 5 meses
alunos-caucaia-bebedouro

Iniciativa é prática e de baixo custo (FOTO: Divulgação)

Uma solução simples e de baixo custo para reutilização de água em escolas foi pensando por duas estudantes. Nathalia Paula de Oliveira, 21, e Abigail Matos, 18, do curso técnico em Petroquímica do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), em Caucaia, criaram o projeto “Reágua”, que consiste em armazenar e utilizar a água desperdiçada nos bebedouros, cena comum em instituições de ensino pelo Brasil.

Nathalia frisa que esse desperdício nos bebedouros é praticamente inevitável, por conta do modelo dos equipamentos. O que tem de ser feito, segundo ela, é o aproveitamento desse recurso. Para isso, orientada pela professora Aline Santos, criou um reservatório, que pode ser de vários tipos de material, acoplado ao bebedouro. A água não consumida cai nesse recipiente e pode ser utilizada para irrigação, construção civil e lavagem de ambientes.

“É um reservatório com rodinha, para facilitar o deslocamento, simples, barato e de fácil acesso para as escolas aplicarem”, resume Nathalia. “Além da causa ambiental, para preservação dos recursos hídricos, queremos despertar uma rede de mudança a partir dos alunos, de colaboração, de buscar apontar soluções para os problemas. É uma forma de retribuir o aprendizado que recebemos”, acrescenta.

Abigail Matos relata que, no estudo desenvolvido por elas, verificou-se um desperdício de 1.010 litros de água por mês, num campus com pouco mais de 400 alunos. A estudante espera que a ideia, fruto de um projeto extracurricular e de iniciativa das próprias alunas, seja praticada em outras instituições.