Escola de Fortaleza adota disciplina voltada ao empreendedorismo

NOVAS PERSPECTIVAS

Escola de Fortaleza adota disciplina voltada ao empreendedorismo

O Colégio Santo Inácio acrescentou ao currículo uma disciplina de Empreendedorismo, seguindo exemplo europeu

Por Tribuna do Ceará em Educação

6 de Fevereiro de 2018 às 06:30

Há 8 meses

Colégio inclui disciplinas de Empreendedorismo no currículo. (FOTO: Google Maps)

O cearense é talentoso não só para o humor, mas para vestibular difícil também. O cearense pensa fora da caixa e vai buscando o próprio negócio. Fortaleza é a 9ª cidade no ranking setorial de empreendedorismo do estudo do Connected Smart Cities, elaborado pela consultoria Urban Systems. O número vem crescendo e mostra o quanto o povo da terrinha tem capacidade e interesse nos negócios. Por isso, uma escola de Fortaleza resolveu apostar no ensino da área.

Essa veia para o empreendedorismo vem sendo muito bem aproveitada após reformulação do currículo das crianças em uma escola de Fortaleza. As disciplinas de Empreendedorismo e Laboratório de Inteligência de Vida foram inseridas na matriz curricular. Segundo a diretora do Colégio Santo Inácio, Albanisa Gomes, a ideia segue exemplo europeu.

“A Rede Jesuíta é uma instituição mundial, nós tivemos uma vivência na Espanha, nós passamos dois meses em imersão na educação da Espanha e lá percebemos que lá já é uma consolidação essas disciplinas, já faz parte da matriz curricular dos estudantes. Então, a partir dessa experiencia nós trouxemos a experiência para o Colégio Santo Inácio, revitalizamos espaços, fizemos uma seleção criteriosa de profissionais e incluímos isso na matriz curricular de nossos alunos.”

A novidade na grade curricular já está sendo aplicada. As disciplinas são ministradas para crianças e adolescentes do segundo ano do ensino fundamental até o ensino médio.

“Claro que atendendo ao desenvolvimento natural de cada idade, mas trazendo temas que estejam no contexto ed vida dele. No caso de inteligência de vida, as crianças têm a ooportunidade de trablahar suas emoções, os relacionamentos, a empatia, o voluntariado e várias temáticas que venham garantir essa formação intelecutal, afeetiva e social dos nossos alunos”, explicou a diretora.

A disciplina de Empreendedorismo busca dar aos estudantes ferramentas e conteúdos que possam estimular a prática em diversos âmbitos, além de proatividade, criatividade e como aproveitar oportunidades. Os professores receberam capacitação para lecionar os novos conteúdos.

“O Empreendedorismo nós temos a certificação do Sebrae, os nossos profissionais foram selecionados a partir de algumas competências, entre elas a competência relacional, e no caso da inteligência de vida nós temos a capacitação de uma empresa do Rio de Janeiro. que já trabalha com a educação emocional. Eles passaram por uma capacitação para desenvolver as competências que serão trabalhadas no projeto”, concluiu a diretora.

Confira reportagem da Tribuna Band News:

 

Publicidade

Dê sua opinião

NOVAS PERSPECTIVAS

Escola de Fortaleza adota disciplina voltada ao empreendedorismo

O Colégio Santo Inácio acrescentou ao currículo uma disciplina de Empreendedorismo, seguindo exemplo europeu

Por Tribuna do Ceará em Educação

6 de Fevereiro de 2018 às 06:30

Há 8 meses

Colégio inclui disciplinas de Empreendedorismo no currículo. (FOTO: Google Maps)

O cearense é talentoso não só para o humor, mas para vestibular difícil também. O cearense pensa fora da caixa e vai buscando o próprio negócio. Fortaleza é a 9ª cidade no ranking setorial de empreendedorismo do estudo do Connected Smart Cities, elaborado pela consultoria Urban Systems. O número vem crescendo e mostra o quanto o povo da terrinha tem capacidade e interesse nos negócios. Por isso, uma escola de Fortaleza resolveu apostar no ensino da área.

Essa veia para o empreendedorismo vem sendo muito bem aproveitada após reformulação do currículo das crianças em uma escola de Fortaleza. As disciplinas de Empreendedorismo e Laboratório de Inteligência de Vida foram inseridas na matriz curricular. Segundo a diretora do Colégio Santo Inácio, Albanisa Gomes, a ideia segue exemplo europeu.

“A Rede Jesuíta é uma instituição mundial, nós tivemos uma vivência na Espanha, nós passamos dois meses em imersão na educação da Espanha e lá percebemos que lá já é uma consolidação essas disciplinas, já faz parte da matriz curricular dos estudantes. Então, a partir dessa experiencia nós trouxemos a experiência para o Colégio Santo Inácio, revitalizamos espaços, fizemos uma seleção criteriosa de profissionais e incluímos isso na matriz curricular de nossos alunos.”

A novidade na grade curricular já está sendo aplicada. As disciplinas são ministradas para crianças e adolescentes do segundo ano do ensino fundamental até o ensino médio.

“Claro que atendendo ao desenvolvimento natural de cada idade, mas trazendo temas que estejam no contexto ed vida dele. No caso de inteligência de vida, as crianças têm a ooportunidade de trablahar suas emoções, os relacionamentos, a empatia, o voluntariado e várias temáticas que venham garantir essa formação intelecutal, afeetiva e social dos nossos alunos”, explicou a diretora.

A disciplina de Empreendedorismo busca dar aos estudantes ferramentas e conteúdos que possam estimular a prática em diversos âmbitos, além de proatividade, criatividade e como aproveitar oportunidades. Os professores receberam capacitação para lecionar os novos conteúdos.

“O Empreendedorismo nós temos a certificação do Sebrae, os nossos profissionais foram selecionados a partir de algumas competências, entre elas a competência relacional, e no caso da inteligência de vida nós temos a capacitação de uma empresa do Rio de Janeiro. que já trabalha com a educação emocional. Eles passaram por uma capacitação para desenvolver as competências que serão trabalhadas no projeto”, concluiu a diretora.

Confira reportagem da Tribuna Band News: