Colégio Ari de Sá sobe para 5º lugar no ranking de desempenho no Enem


Colégio Ari de Sá sobe para 5º lugar no ranking de desempenho no Enem

Após entrar com recurso, a escola agora ocupa o quinto lugar na classificação nacional. Outras duas escolas também melhoraram posição

Por Aline Lima em Educação

29 de novembro de 2013 às 10:29

Há 5 anos

O Colégio Ari de Sá Cavalcante aumentou sua classificação no ranking de escolas com melhor desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012. Agora, a escola ocupa o quinto lugar dentre as escolas do país, após entrar com recurso.

O primeiro resultado foi divulgado na última terça-feira (26). Com a reavaliação, foi detectado que a escola tinha mais alunos inscritos no Enem do que estudantes matriculados no terceiro ano do Ensino Médio, motivo que impediu o cálculo da média. O colégio ficou com média de 711,25 nas provas de competência e 777,96, na de redação.

Este foi o caso de mais duas escolas: o Colégio Olimpo Brasília, do Distrito Federal, e o Instituto Gay-Lussac, do Rio de Janeiro. Elas ficaram, respectivamente, com média 679,55 e 675,14 nas provas de competência e 705,66 e 707 nas provas de redação. As duas foram classificadas entre as 35 primeiras.

Publicidade

Dê sua opinião

Colégio Ari de Sá sobe para 5º lugar no ranking de desempenho no Enem

Após entrar com recurso, a escola agora ocupa o quinto lugar na classificação nacional. Outras duas escolas também melhoraram posição

Por Aline Lima em Educação

29 de novembro de 2013 às 10:29

Há 5 anos

O Colégio Ari de Sá Cavalcante aumentou sua classificação no ranking de escolas com melhor desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012. Agora, a escola ocupa o quinto lugar dentre as escolas do país, após entrar com recurso.

O primeiro resultado foi divulgado na última terça-feira (26). Com a reavaliação, foi detectado que a escola tinha mais alunos inscritos no Enem do que estudantes matriculados no terceiro ano do Ensino Médio, motivo que impediu o cálculo da média. O colégio ficou com média de 711,25 nas provas de competência e 777,96, na de redação.

Este foi o caso de mais duas escolas: o Colégio Olimpo Brasília, do Distrito Federal, e o Instituto Gay-Lussac, do Rio de Janeiro. Elas ficaram, respectivamente, com média 679,55 e 675,14 nas provas de competência e 705,66 e 707 nas provas de redação. As duas foram classificadas entre as 35 primeiras.