Cearense que ensina em escola pública é eleita a melhor professora de alemão do Brasil

GRANDE EXEMPLO

Cearense que ensina em escola pública é eleita a melhor professora de alemão do Brasil

Alinne Maia, professora do colégio Juarez Távora, de Fortaleza, receberá uma bolsa integral no Goethe-Institut

Por Lyvia Rocha em Educação

29 de agosto de 2017 às 07:00

Há 4 meses
Alinne venceu o concurso do instituto alemão (FOTO: Originale Fotografia)

Alinne venceu o concurso do instituto alemão (FOTO: Originale Fotografia)

A professora de alemão Alinne Maia conseguiu um belo feito para o Ceará. Ela foi eleita a melhor professora de alemão em um concurso nacional e receberá uma bolsa integral no Goethe-Institut para um curso de alemão no país.

Alinne, professora da escola Juarez Távora, de Fortaleza, é a única representante do Nordeste a receber o prêmio. O concurso elegeu os três melhores professores do País.

Diferente dos outros concursos, este não elege as três primeiras colocações por ordem em 1º, 2º ou 3º. Professora de escola pública, Alinne leciona alemão há 10 anos.

A cearense já deu aulas em várias instituições, como a Casa de Cultura Alemã da Universidade Federal do Ceará (UFC), e ficou surpresa com a premiação. “Eu fiquei muito feliz, mas não esperava. Muito bom saber que fui reconhecida pelo meu trabalho”, afirma a professora.

O foco do concurso estava na tarefa de planejar um dia de atividades na sua escola com o tema “Alemão é divertido!”, e assim Alinne fez. “Eu fiz um projeto e mandei para eles. Dentro das minhas possibilidades, foquei em ajudar o colégio que atuo e deu tudo certo”, disse.

Alinne venceu o concurso do instituto alemão (FOTO: Originale Fotografia)

Alinne venceu o concurso do instituto alemão (FOTO: Originale Fotografia)

Após vencer, Alinne terá a oportunidade de implementar o projeto apresentado ao Goethe-Institut na sua escola, entre os meses de agosto e outubro, com o apoio do Goethe-Institut, tanto em termos financeiros quanto de organização. “A escola vai receber muitos benefícios, que eu sempre quis, mas nunca podíamos pelo grande custo, mas agora teremos isso”, comemora.

Em novembro, Alinne irá a São Paulo para receber de forma oficial a premiação. Em 2018 o prêmio será recebido, no caso um curso de metodologia e didática, em um Goethe-Institut na Alemanha (a bolsa engloba a passagem aérea, hospedagem, um montante fixo para despesas com alimentação e um seguro saúde de viagem e de responsabilidade civil).

O Goethe-Institut e.V. é o instituto cultural de âmbito internacional da República Federal da Alemanha. Está presente em 98 países, e tem representação em cinco institutos no Brasil: Curitiba, São Paulo, Salvador, Porto Alegre e Rio de Janeiro.

Além do projeto que a premiou como a melhor professora de alemão do Brasil, Alinne também trabalha com seus alunos no colégio Juarez Távora com o Pasch Schulen Partner der Zukunft – Escolas: uma parceria para o futuro. “Esse é um projeto que tenho dentro da escola que leciono e acaba incentivando aos estudantes a aprender ainda mais sobre a língua alemã e aprofundar aspectos como a cultura do país, por exemplo”, finaliza a professora.

Publicidade

Dê sua opinião

GRANDE EXEMPLO

Cearense que ensina em escola pública é eleita a melhor professora de alemão do Brasil

Alinne Maia, professora do colégio Juarez Távora, de Fortaleza, receberá uma bolsa integral no Goethe-Institut

Por Lyvia Rocha em Educação

29 de agosto de 2017 às 07:00

Há 4 meses
Alinne venceu o concurso do instituto alemão (FOTO: Originale Fotografia)

Alinne venceu o concurso do instituto alemão (FOTO: Originale Fotografia)

A professora de alemão Alinne Maia conseguiu um belo feito para o Ceará. Ela foi eleita a melhor professora de alemão em um concurso nacional e receberá uma bolsa integral no Goethe-Institut para um curso de alemão no país.

Alinne, professora da escola Juarez Távora, de Fortaleza, é a única representante do Nordeste a receber o prêmio. O concurso elegeu os três melhores professores do País.

Diferente dos outros concursos, este não elege as três primeiras colocações por ordem em 1º, 2º ou 3º. Professora de escola pública, Alinne leciona alemão há 10 anos.

A cearense já deu aulas em várias instituições, como a Casa de Cultura Alemã da Universidade Federal do Ceará (UFC), e ficou surpresa com a premiação. “Eu fiquei muito feliz, mas não esperava. Muito bom saber que fui reconhecida pelo meu trabalho”, afirma a professora.

O foco do concurso estava na tarefa de planejar um dia de atividades na sua escola com o tema “Alemão é divertido!”, e assim Alinne fez. “Eu fiz um projeto e mandei para eles. Dentro das minhas possibilidades, foquei em ajudar o colégio que atuo e deu tudo certo”, disse.

Alinne venceu o concurso do instituto alemão (FOTO: Originale Fotografia)

Alinne venceu o concurso do instituto alemão (FOTO: Originale Fotografia)

Após vencer, Alinne terá a oportunidade de implementar o projeto apresentado ao Goethe-Institut na sua escola, entre os meses de agosto e outubro, com o apoio do Goethe-Institut, tanto em termos financeiros quanto de organização. “A escola vai receber muitos benefícios, que eu sempre quis, mas nunca podíamos pelo grande custo, mas agora teremos isso”, comemora.

Em novembro, Alinne irá a São Paulo para receber de forma oficial a premiação. Em 2018 o prêmio será recebido, no caso um curso de metodologia e didática, em um Goethe-Institut na Alemanha (a bolsa engloba a passagem aérea, hospedagem, um montante fixo para despesas com alimentação e um seguro saúde de viagem e de responsabilidade civil).

O Goethe-Institut e.V. é o instituto cultural de âmbito internacional da República Federal da Alemanha. Está presente em 98 países, e tem representação em cinco institutos no Brasil: Curitiba, São Paulo, Salvador, Porto Alegre e Rio de Janeiro.

Além do projeto que a premiou como a melhor professora de alemão do Brasil, Alinne também trabalha com seus alunos no colégio Juarez Távora com o Pasch Schulen Partner der Zukunft – Escolas: uma parceria para o futuro. “Esse é um projeto que tenho dentro da escola que leciono e acaba incentivando aos estudantes a aprender ainda mais sobre a língua alemã e aprofundar aspectos como a cultura do país, por exemplo”, finaliza a professora.