Alunos arrecadam R$ 400 para ajudar professor com salário atrasado

EMOCIONANTE

Alunos arrecadam R$ 400 para ajudar professor com salário atrasado

Alunos da cidade de Brejo Santo fizeram vaquinha para pagar salário de professor de Artes, que está atrasado há mais de dois meses; o vídeo é emocionante

Por Tribuna do Ceará em Educação

18 de Maio de 2018 às 18:07

Há 1 mês
O professor contou estar com o salário atrasado há 2 meses (FOTO: Reprodução/Facebook)

O professor contou estar com o salário atrasado há 2 meses (FOTO: Reprodução/Facebook)

Romper barreiras da sala de aula, muitas vezes é necessário para o bom relacionamento do aluno com o professor. E foi isso que os alunos da Escola de Ensino Profissionalizante (EEP) Balbina Viana Arrais, localizada na cidade de Brejo Santo, fizeram.

Após tomar conhecimento das dificuldades que o professor de artes, Bruno Rafael, de 28 anos, estava passando, a turma de primeiro ano de Edificações resolveu fazer uma rifa para pagar o salário, que está atrasado há mais de dois meses.

Bruno se surpreendeu com a ação e ficou bastante emocionado. “No começo eu achei que era somente uma dinâmica para pedir desculpas. Eles são a turma que eu mais dou aula, então é a turma que eu mais tenho aproximação. Quando eu vi aquilo pensei que era uma forma de pedir desculpas, porque eles dão muito trabalho”, comenta.

Bruno é professor substituto e, desde que leciona na escola, há cerca de dois meses, não recebe o salário. Ele, que é natural de Pernambuco, mas mora na cidade de Crato, estava passando por dificuldades e pensou em desistir. “Quando eu vi que não tinha caído o dinheiro, fui conversar com a escola para parar de dar aula. Eu não tinha como continuar na escola sem ter como me sustentar”. O professor comenta que contou com a ajuda da escola e do diretor.

Para reunir o dinheiro, os estudantes fizeram a rifa de uma caixa de chocolate e conseguiram arrecadar cerca de R$ 400. “É um laço que se constrói. Não é somente aquele sentimento de dar aula e ir embora, que não tem como você construir o sentimento de um laço de amizade”. Bruno achou que isso nunca fosse acontecer em sua vida e ficou emocionado na surpresa.

Confira o vídeo:

Post no Facebook

A solidariedade dos alunos repercutiu nacionalmente. Bruno Rafael publicou no Facebook mensagem com o vídeo gravado pelos alunos. O post teve mais de 71 mil compartilhamentos e 85 mil curtidas.

“Vai fazer dois meses e meio que dou aula e ainda não recebi nem mesmo o primeiro salário. Vida de professor não é fácil. Esse mês quando vi que não ia receber depois de um mês e meio de trabalho, vi tudo ficar preto, afundei na depressão preocupado e perdido sem saber como ia pagar as contas e ajudar minha família que está de mudança e com muitas das barreiras da vida.

Esses alunos ficaram sabendo da minha situação financeira, minha dificuldade pra continuar na escola e por estar até dormindo em local emprestado já que não sou da cidade de Brejo Santo, e sem me contar nada, correram atrás de comprar uma cesta da Cacau Show , fazer uma rifa, correr que nem doidos pra poder vender todas na escola e arrecadar 400 reais para me ajudar.

Tenho muitas salas que amei de coração ser professor, mas nunca nenhuma sala demonstrou tamanho amor, ajuda e carinho por meu trabalho de professor como o 1° #Edificações fez hoje. São alunos como eles, que me fazem ainda acreditar na Educação do país, acreditar no amor ao próximo, na compaixão de se colocar no lugar do próximo, e acreditar principalmente, no respeito e amor do aluno para com o #Professor de sua escola.

MUITO OBRIGADO 1° EDIFICAÇÕES!!!

VOCÊS SÃO O FUTURO QUE EU QUERO SEMPRE ACREDITAR 😁🙏

PS: Se pudesse compartilhava esse vídeo pra todo Brasil ver que existem sim muitos alunos que respeitam, amam e são gratos ao professor que tem na sua escola. Quem quiser pode compartilhar ^ ^

PS 2: Desculpem a cara de chorão parecendo uma criança de 8 anos. kkkkkkkkk”

Publicidade

Dê sua opinião

EMOCIONANTE

Alunos arrecadam R$ 400 para ajudar professor com salário atrasado

Alunos da cidade de Brejo Santo fizeram vaquinha para pagar salário de professor de Artes, que está atrasado há mais de dois meses; o vídeo é emocionante

Por Tribuna do Ceará em Educação

18 de Maio de 2018 às 18:07

Há 1 mês
O professor contou estar com o salário atrasado há 2 meses (FOTO: Reprodução/Facebook)

O professor contou estar com o salário atrasado há 2 meses (FOTO: Reprodução/Facebook)

Romper barreiras da sala de aula, muitas vezes é necessário para o bom relacionamento do aluno com o professor. E foi isso que os alunos da Escola de Ensino Profissionalizante (EEP) Balbina Viana Arrais, localizada na cidade de Brejo Santo, fizeram.

Após tomar conhecimento das dificuldades que o professor de artes, Bruno Rafael, de 28 anos, estava passando, a turma de primeiro ano de Edificações resolveu fazer uma rifa para pagar o salário, que está atrasado há mais de dois meses.

Bruno se surpreendeu com a ação e ficou bastante emocionado. “No começo eu achei que era somente uma dinâmica para pedir desculpas. Eles são a turma que eu mais dou aula, então é a turma que eu mais tenho aproximação. Quando eu vi aquilo pensei que era uma forma de pedir desculpas, porque eles dão muito trabalho”, comenta.

Bruno é professor substituto e, desde que leciona na escola, há cerca de dois meses, não recebe o salário. Ele, que é natural de Pernambuco, mas mora na cidade de Crato, estava passando por dificuldades e pensou em desistir. “Quando eu vi que não tinha caído o dinheiro, fui conversar com a escola para parar de dar aula. Eu não tinha como continuar na escola sem ter como me sustentar”. O professor comenta que contou com a ajuda da escola e do diretor.

Para reunir o dinheiro, os estudantes fizeram a rifa de uma caixa de chocolate e conseguiram arrecadar cerca de R$ 400. “É um laço que se constrói. Não é somente aquele sentimento de dar aula e ir embora, que não tem como você construir o sentimento de um laço de amizade”. Bruno achou que isso nunca fosse acontecer em sua vida e ficou emocionado na surpresa.

Confira o vídeo:

Post no Facebook

A solidariedade dos alunos repercutiu nacionalmente. Bruno Rafael publicou no Facebook mensagem com o vídeo gravado pelos alunos. O post teve mais de 71 mil compartilhamentos e 85 mil curtidas.

“Vai fazer dois meses e meio que dou aula e ainda não recebi nem mesmo o primeiro salário. Vida de professor não é fácil. Esse mês quando vi que não ia receber depois de um mês e meio de trabalho, vi tudo ficar preto, afundei na depressão preocupado e perdido sem saber como ia pagar as contas e ajudar minha família que está de mudança e com muitas das barreiras da vida.

Esses alunos ficaram sabendo da minha situação financeira, minha dificuldade pra continuar na escola e por estar até dormindo em local emprestado já que não sou da cidade de Brejo Santo, e sem me contar nada, correram atrás de comprar uma cesta da Cacau Show , fazer uma rifa, correr que nem doidos pra poder vender todas na escola e arrecadar 400 reais para me ajudar.

Tenho muitas salas que amei de coração ser professor, mas nunca nenhuma sala demonstrou tamanho amor, ajuda e carinho por meu trabalho de professor como o 1° #Edificações fez hoje. São alunos como eles, que me fazem ainda acreditar na Educação do país, acreditar no amor ao próximo, na compaixão de se colocar no lugar do próximo, e acreditar principalmente, no respeito e amor do aluno para com o #Professor de sua escola.

MUITO OBRIGADO 1° EDIFICAÇÕES!!!

VOCÊS SÃO O FUTURO QUE EU QUERO SEMPRE ACREDITAR 😁🙏

PS: Se pudesse compartilhava esse vídeo pra todo Brasil ver que existem sim muitos alunos que respeitam, amam e são gratos ao professor que tem na sua escola. Quem quiser pode compartilhar ^ ^

PS 2: Desculpem a cara de chorão parecendo uma criança de 8 anos. kkkkkkkkk”