Agostinho Gósson recebe homenagem póstuma e dá nome a creche em Fortaleza
REFERÊNCIA DO JORNALISMO

Agostinho Gósson recebe homenagem póstuma e dá nome a creche em Fortaleza

Agostinho foi professor de Jornalismo durante 25 anos na UFC, e morreu em 2015 vítima de um câncer no fígado

Por Lyvia Rocha em Educação

14 de março de 2017 às 11:57

Há 2 semanas
O professor e jornalista morreu em 2015 (FOTO: Reprodução/Facebook)

O professor e jornalista morreu em 2015 (FOTO: Reprodução/Facebook)

O professor e jornalista Agostinho Gósson receberá uma homenagem póstuma no Centro de Educação Infantil, no Bairro Granja Lisboa, em Fortaleza, que receberá seu nome.

A inauguração da creche acontece nesta terça-feira (14), às 17h. A unidade contemplará até 240 crianças de 1 a 5 anos de idade.

Agostinho morreu em 2015, aos 63 anos, vítima de um câncer no fígado. Ele foi professor durante 25 anos e ouvidor da Universidade Federal do Ceará (UFC). Ele também apresentava o programa Rádio Debate diariamente pela Rádio Universitária.

Como jornalista, atuou na rádio Tupi, em São Paulo, em jornais e televisões cearenses, além de presidir a Associação Cearense de Imprensa (ACI), o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Ceará (Sindjorce) e atuou como diretor de relações internacionais da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj).

Serviço:

Inauguração do Centro de Educação Infantil Professor Agostinho Gósson
Data: 14/3 (Terça-feira)
Horário: 17h
Endereço: Rua H, S/N, próximo à rua C – Bairro Granja Lisboa
(Próximo à escola Raimundo Moreira Sena)

Publicidade

Dê sua opinião

REFERÊNCIA DO JORNALISMO

Agostinho Gósson recebe homenagem póstuma e dá nome a creche em Fortaleza

Agostinho foi professor de Jornalismo durante 25 anos na UFC, e morreu em 2015 vítima de um câncer no fígado

Por Lyvia Rocha em Educação

14 de março de 2017 às 11:57

Há 2 semanas
O professor e jornalista morreu em 2015 (FOTO: Reprodução/Facebook)

O professor e jornalista morreu em 2015 (FOTO: Reprodução/Facebook)

O professor e jornalista Agostinho Gósson receberá uma homenagem póstuma no Centro de Educação Infantil, no Bairro Granja Lisboa, em Fortaleza, que receberá seu nome.

A inauguração da creche acontece nesta terça-feira (14), às 17h. A unidade contemplará até 240 crianças de 1 a 5 anos de idade.

Agostinho morreu em 2015, aos 63 anos, vítima de um câncer no fígado. Ele foi professor durante 25 anos e ouvidor da Universidade Federal do Ceará (UFC). Ele também apresentava o programa Rádio Debate diariamente pela Rádio Universitária.

Como jornalista, atuou na rádio Tupi, em São Paulo, em jornais e televisões cearenses, além de presidir a Associação Cearense de Imprensa (ACI), o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Ceará (Sindjorce) e atuou como diretor de relações internacionais da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj).

Serviço:

Inauguração do Centro de Educação Infantil Professor Agostinho Gósson
Data: 14/3 (Terça-feira)
Horário: 17h
Endereço: Rua H, S/N, próximo à rua C – Bairro Granja Lisboa
(Próximo à escola Raimundo Moreira Sena)