Tribuna do Ceará vence Prêmio Gandhi de Comunicação 2014


Tribuna do Ceará vence Prêmio Gandhi de Comunicação 2014

Na categoria Internet, o portal Tribuna do Ceará foi o grande vencedor da noite com o hotsite Pedala, Fortaleza!

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

31 de outubro de 2014 às 07:00

Há 4 anos
A equipe vencedora é formada pelos profissionais Rafael Luís Azevedo, Emílio Moreno, Daniel Herculano, Felipe Lima, Roberta Tavares, Hayanne Narlla, Renato Ferreira, Márcio Bezerra e Tiago Leite (FOTO: REPRODUÇÃO)

A equipe vencedora é formada pelos profissionais Rafael Luís Azevedo, Emílio Moreno, Daniel Herculano, Felipe Lima, Roberta Tavares, Hayanne Narlla, Renato Ferreira, Márcio Bezerra e Tiago Leite (FOTO: TUNO VIEIRA)

A solenidade de entrega do Prêmio Gandhi de Comunicação 2014 foi realizada pela Agência da Boa Notícia nesta quinta-feira (30), no Auditório Waldyr Diogo, da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). Na categoria Internet, o portal Tribuna do Ceará foi o grande vencedor da noite com o hotsite Pedala, Fortaleza!.

Para elaborar o trabalho vencedor, jornalistas do Tribuna do Ceará fizeram vigília durante quatro dias consecutivos, num total de 48 horas, nas ruas Ana Bilhar e Canuto de Aguiar, para contabilizar quantos ciclistas usavam a ciclofaixa. Assim, constataram que as faixas para bicicletas, que tanta polêmica geraram desde a instalação, estão sim sendo úteis.

Sobre o Pedala, Fortaleza!

Jornalismo se faz na rua. Esse discurso, óbvio até demais, anda sendo esquecido com a velocidade da internet. Com a popularização das redes sociais e do compartilhamento instantâneo de textos, fotos e vídeos, cada vez menos os repórteres deixam a redação à caça de seu próprio conteúdo. Isso acontece sobretudo no jornalismo digital, pressionado pela lógica de quem publica o grande fato do momento primeiro, independentemente do aprofundamento.

As ciclofaixas, dessa forma, contribuíram para uma melhor mobilidade urbana em Fortaleza. E o Tribuna do Ceará contribuiu para nortear o debate (FOTO: TRIBUNA DO CEARÁ)

As ciclofaixas, dessa forma, contribuíram para uma melhor mobilidade urbana em Fortaleza. E o Tribuna do Ceará contribuiu para nortear o debate (FOTO: TRIBUNA DO CEARÁ)

Num caminho diferente, o Tribuna do Ceará mandou parte de sua equipe às ruas. Seis jornalistas se dividiram durante quatro dias em vias de Fortaleza, sentados numa cadeirinha de praia. Faça sol ou faça chuva. A proposta: contar quantos ciclistas passavam com suas bicicletas nas duas primeiras ciclofaixas instaladas em Fortaleza.

Na época, havia uma guerra de argumentos na cidade. Os ciclistas e cicloativistas, uma minoria, defendiam as ciclofaixas e sua instalação em outras vias. E os motoristas, a maioria, reclamavam de ter perdido espaço que poderia ser dos veículos automotores. Uma disputa em que cada lado achava que tinha a razão.

No meio desse fogo cruzado, resolvemos fazer nossa própria checagem. E a equipe de reportagem do portal constatou que as ciclofaixas são sim úteis. Em 48 horas de vigília, foram contabilizadas 1.109 bicicletas – média de 23 por hora. Bem acima da média de 16 por hora, registrada pela prefeitura antes da mudança.

As ciclofaixas, dessa forma, contribuíram para uma melhor mobilidade urbana em Fortaleza. E o Tribuna do Ceará contribuiu para nortear o debate.

Conquistas

Em menos de dois anos de existência, o Tribuna vem acumulando vitórias. Em 2013, o veículo venceu o Prêmio Abreu de Matos de Jornalismo Científico. Já neste ano ficou entre os finalistas da região Nordeste no Prêmio Sebrae de Jornalismo,  classificou-se entre os 10 principais concorrentes no Prêmio Longevidade Bradesco Seguros de Jornalismo e ainda sagrou-se finalista nacional do Prêmio Allianz Seguros de Jornalismo.

Mais sobre o Prêmio Gandhi 2014

Antes da premiação, a ABN promoveu o Fórum Comunicação e Criminalidade para debater questões como desigualdades sociais, violência e jornalismo. Este ano, o Prêmio Gandhi contou com 10 categorias e distribuiu um total de R$ 48 mil, cabendo R$ 6 mil para os vencedores das seis categorias profissionais e R$ 3 mil para os ganhadores nas quatro categorias estudantis.

Nesta sétima edição, foram inscritos 71 trabalhos, sendo 48 de profissionais de rádio, TV, jornal impresso, internet e publicidade e 23 de estudantes de Jornalismo e Publicidade.

Conheça a relação completa dos ganhadores e das matérias premiadas.

CATEGORIAS PROFISSIONAIS

JORNALISMO IMPRESSO: Fábio Pizzato e Marcos Montenegro, pelo Diário do Nordeste, com a Série Social Esporte Clube.

TELEJORNALISMO: Clarissa Capistrano, da Nordestv SBT Fortaleza, e sua equipe formada por Delane Ratts, Dimitri Lima, Luciano Paulo. Matéria: Solidariedade.

RADIOJORNALISMO: Maria Fátima Alves de Abreu, da Rádio Assembleia, com sua equipe Tarciana de Queiroz Mendes Campos, Rinald William de Sousa Ribeiro (Ronaldo César), José Ronildo Lins do Carmo e Nabucodonosor Carneiro de Queiroz. Matéria: O Direito de ser criança.

FOTOJORNALISMO: José Sérgio da Cunha Jr. (Kid Jr.), do Diário do Nordeste. Foto/Matéria: Adoção em Ritmo Lento.

PUBLICIDADE & PROPAGANDA: Eliziane Virgolino Alencar Colares, da Agência Advance Comunicação e Marketing Ltda, com a equipe integrada por Rafaela Santana, Fernando Manara, Emanuel Gondim, Daniel Martins e Ed Souza. Campanha: Tamo Junto pela Elisa.

JORNALISMO PARA INTERNET: Rafael Luís Azevedo, do Portal Tribuna do Ceará, com sua equipe formada por Emílio Moreno, Daniel Herculano, Felipe Lima, Roberta Tavares, Hayanne Narlla, Renato Ferreira, Márcio Bezerra e Tiago Leite. Matéria: Pedala, Fortaleza!

CATEGORIAS ESTUDANTIS

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC): Aline de Sousa Moura, da Universidade Federal do Ceará (UFC), com trabalho intitulado “Auri, a anfitriã: memórias do Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa”. Ela contou com o apoio da equipe integrada por Bárbara Almeida Pereira e Ed Ney Borges Dias.

JORNALISMO MÍDIA ELETRÔNICA: Vicente de Paula Bezerra Neto, também da UFC, com o trabalho Direitos do Idoso: Lazer, esporte, educação. De sua equipe fizeram parte Larissa Pontes Colares e Andressa de Bittencourt Vieira Dantas.

JORNALISMO MÍDIA IMPRESSA: Ahynssa Thamir Gomes Silva, da Universidade de Fortaleza (Unifor), com a matéria intitulada Mercado de boas ações está em alta. Com ela, trabalhou Thaís Holanda Praciano.

PUBLICIDADE & PROPAGANDA: Thavlyton Carneiro dos Santos, da Fanor, com o trabalho Não espere ser você. Da equipe participaram ainda Letícia Gabriela de Oliveira Sousa e Antônio Hyago Alves de Sousa.

Publicidade

Dê sua opinião

Tribuna do Ceará vence Prêmio Gandhi de Comunicação 2014

Na categoria Internet, o portal Tribuna do Ceará foi o grande vencedor da noite com o hotsite Pedala, Fortaleza!

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

31 de outubro de 2014 às 07:00

Há 4 anos
A equipe vencedora é formada pelos profissionais Rafael Luís Azevedo, Emílio Moreno, Daniel Herculano, Felipe Lima, Roberta Tavares, Hayanne Narlla, Renato Ferreira, Márcio Bezerra e Tiago Leite (FOTO: REPRODUÇÃO)

A equipe vencedora é formada pelos profissionais Rafael Luís Azevedo, Emílio Moreno, Daniel Herculano, Felipe Lima, Roberta Tavares, Hayanne Narlla, Renato Ferreira, Márcio Bezerra e Tiago Leite (FOTO: TUNO VIEIRA)

A solenidade de entrega do Prêmio Gandhi de Comunicação 2014 foi realizada pela Agência da Boa Notícia nesta quinta-feira (30), no Auditório Waldyr Diogo, da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). Na categoria Internet, o portal Tribuna do Ceará foi o grande vencedor da noite com o hotsite Pedala, Fortaleza!.

Para elaborar o trabalho vencedor, jornalistas do Tribuna do Ceará fizeram vigília durante quatro dias consecutivos, num total de 48 horas, nas ruas Ana Bilhar e Canuto de Aguiar, para contabilizar quantos ciclistas usavam a ciclofaixa. Assim, constataram que as faixas para bicicletas, que tanta polêmica geraram desde a instalação, estão sim sendo úteis.

Sobre o Pedala, Fortaleza!

Jornalismo se faz na rua. Esse discurso, óbvio até demais, anda sendo esquecido com a velocidade da internet. Com a popularização das redes sociais e do compartilhamento instantâneo de textos, fotos e vídeos, cada vez menos os repórteres deixam a redação à caça de seu próprio conteúdo. Isso acontece sobretudo no jornalismo digital, pressionado pela lógica de quem publica o grande fato do momento primeiro, independentemente do aprofundamento.

As ciclofaixas, dessa forma, contribuíram para uma melhor mobilidade urbana em Fortaleza. E o Tribuna do Ceará contribuiu para nortear o debate (FOTO: TRIBUNA DO CEARÁ)

As ciclofaixas, dessa forma, contribuíram para uma melhor mobilidade urbana em Fortaleza. E o Tribuna do Ceará contribuiu para nortear o debate (FOTO: TRIBUNA DO CEARÁ)

Num caminho diferente, o Tribuna do Ceará mandou parte de sua equipe às ruas. Seis jornalistas se dividiram durante quatro dias em vias de Fortaleza, sentados numa cadeirinha de praia. Faça sol ou faça chuva. A proposta: contar quantos ciclistas passavam com suas bicicletas nas duas primeiras ciclofaixas instaladas em Fortaleza.

Na época, havia uma guerra de argumentos na cidade. Os ciclistas e cicloativistas, uma minoria, defendiam as ciclofaixas e sua instalação em outras vias. E os motoristas, a maioria, reclamavam de ter perdido espaço que poderia ser dos veículos automotores. Uma disputa em que cada lado achava que tinha a razão.

No meio desse fogo cruzado, resolvemos fazer nossa própria checagem. E a equipe de reportagem do portal constatou que as ciclofaixas são sim úteis. Em 48 horas de vigília, foram contabilizadas 1.109 bicicletas – média de 23 por hora. Bem acima da média de 16 por hora, registrada pela prefeitura antes da mudança.

As ciclofaixas, dessa forma, contribuíram para uma melhor mobilidade urbana em Fortaleza. E o Tribuna do Ceará contribuiu para nortear o debate.

Conquistas

Em menos de dois anos de existência, o Tribuna vem acumulando vitórias. Em 2013, o veículo venceu o Prêmio Abreu de Matos de Jornalismo Científico. Já neste ano ficou entre os finalistas da região Nordeste no Prêmio Sebrae de Jornalismo,  classificou-se entre os 10 principais concorrentes no Prêmio Longevidade Bradesco Seguros de Jornalismo e ainda sagrou-se finalista nacional do Prêmio Allianz Seguros de Jornalismo.

Mais sobre o Prêmio Gandhi 2014

Antes da premiação, a ABN promoveu o Fórum Comunicação e Criminalidade para debater questões como desigualdades sociais, violência e jornalismo. Este ano, o Prêmio Gandhi contou com 10 categorias e distribuiu um total de R$ 48 mil, cabendo R$ 6 mil para os vencedores das seis categorias profissionais e R$ 3 mil para os ganhadores nas quatro categorias estudantis.

Nesta sétima edição, foram inscritos 71 trabalhos, sendo 48 de profissionais de rádio, TV, jornal impresso, internet e publicidade e 23 de estudantes de Jornalismo e Publicidade.

Conheça a relação completa dos ganhadores e das matérias premiadas.

CATEGORIAS PROFISSIONAIS

JORNALISMO IMPRESSO: Fábio Pizzato e Marcos Montenegro, pelo Diário do Nordeste, com a Série Social Esporte Clube.

TELEJORNALISMO: Clarissa Capistrano, da Nordestv SBT Fortaleza, e sua equipe formada por Delane Ratts, Dimitri Lima, Luciano Paulo. Matéria: Solidariedade.

RADIOJORNALISMO: Maria Fátima Alves de Abreu, da Rádio Assembleia, com sua equipe Tarciana de Queiroz Mendes Campos, Rinald William de Sousa Ribeiro (Ronaldo César), José Ronildo Lins do Carmo e Nabucodonosor Carneiro de Queiroz. Matéria: O Direito de ser criança.

FOTOJORNALISMO: José Sérgio da Cunha Jr. (Kid Jr.), do Diário do Nordeste. Foto/Matéria: Adoção em Ritmo Lento.

PUBLICIDADE & PROPAGANDA: Eliziane Virgolino Alencar Colares, da Agência Advance Comunicação e Marketing Ltda, com a equipe integrada por Rafaela Santana, Fernando Manara, Emanuel Gondim, Daniel Martins e Ed Souza. Campanha: Tamo Junto pela Elisa.

JORNALISMO PARA INTERNET: Rafael Luís Azevedo, do Portal Tribuna do Ceará, com sua equipe formada por Emílio Moreno, Daniel Herculano, Felipe Lima, Roberta Tavares, Hayanne Narlla, Renato Ferreira, Márcio Bezerra e Tiago Leite. Matéria: Pedala, Fortaleza!

CATEGORIAS ESTUDANTIS

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC): Aline de Sousa Moura, da Universidade Federal do Ceará (UFC), com trabalho intitulado “Auri, a anfitriã: memórias do Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa”. Ela contou com o apoio da equipe integrada por Bárbara Almeida Pereira e Ed Ney Borges Dias.

JORNALISMO MÍDIA ELETRÔNICA: Vicente de Paula Bezerra Neto, também da UFC, com o trabalho Direitos do Idoso: Lazer, esporte, educação. De sua equipe fizeram parte Larissa Pontes Colares e Andressa de Bittencourt Vieira Dantas.

JORNALISMO MÍDIA IMPRESSA: Ahynssa Thamir Gomes Silva, da Universidade de Fortaleza (Unifor), com a matéria intitulada Mercado de boas ações está em alta. Com ela, trabalhou Thaís Holanda Praciano.

PUBLICIDADE & PROPAGANDA: Thavlyton Carneiro dos Santos, da Fanor, com o trabalho Não espere ser você. Da equipe participaram ainda Letícia Gabriela de Oliveira Sousa e Antônio Hyago Alves de Sousa.