Saiba quanto você ganha a cada quilo de lixo reciclável acumulado em casa

RECICLA FORTALEZA

Saiba quanto você ganha a cada quilo de lixo reciclável acumulado em casa

Serviço já arrecadou 70 toneladas de lixo. Quem participa do programa da Prefeitura consegue um dinheirinho extra

Por Matheus Ribeiro em Cotidiano

27 de junho de 2016 às 07:00

Há 2 anos

Em tempos de dificuldades financeiras, economizar e ganhar qualquer dinheiro extra pode sim fazer diferença no orçamento do fim do mês. Mas, além de economizar, o fortalezense também pode ajudar o meio ambiente. Desde abril, a Prefeitura de Fortaleza possui o projeto ‘Recicla Fortaleza’, que estimula os cidadãos a descartarem corretamente os seus resíduos e, em troca, ganhem créditos na conta de energia e no cartão Bilhete Único.

Ecoponto Bairro de Fátima (FOTO: Divulgação)

Ecoponto Bairro de Fátima (FOTO: Divulgação)

O programa da companhia consiste na troca de resíduos recicláveis por créditos na conta de energia dos seus consumidores. A intenção é organizar um programa de coleta seletiva de resíduos sólidos com valor de mercado, contribuindo com a destinação do lixo, além de fornecer cada vez mais economia nas contas de energia da população.

É o que o Tribuna do Ceará mostra a partir desta segunda-feira (27), numa série de três reportagens sobre os benefícios financeiros da reciclagem de lixo domiciliar.

Quem tem o hábito de reciclar o lixo diariamente pode conseguir benefícios consideráveis no fim do mês. De acordo com a tabela da prefeitura, a reciclagem de vidro; por exemplo, concede um crédito de 4 a 5 centavos por quilo. Já quem opta por reciclar metal, os dividendos podem ser ainda maiores, variando de R$ 0,10 a R$ 2,20 o kg. 

Sendo o principal resíduo reciclado, as garrafas pet podem também podem gerar um bom dinheiro. A cada 25 garrafas pets recolhidas e despejadas nos Ecopontos da Prefeitura, R$ 0,40 são creditados no Bilhete Único ou efetuado como desconto da conta de energia. Já quem gosta de tomar aquela cervejinha no fim de semana, também é capaz de economizar o orçamento. A cada 20 garrafas de vidro (600 ml), é possível economizar cerca de R$ 0,30 e ainda ajudar o meio ambiente.

A expectativa da prefeitura é a de ampliar este serviço até o fim deste ano. Numa etapa posterior, os créditos também poderão ser utilizados na conta de água da Cagece. Os valores poderão ser creditados em uma conta individual ou doados a uma instituição cadastrada, estimulando ainda mais o cidadão a levar resíduos volumosos aos Ecopontos e tornar a cidadã mais limpa.

Para a dona de casa Maria de Lurdes, moradora do bairro Dendê há mais de 15 anos, o novo ecoponto só traz benefícios para comunidade local. “Isso é melhor para o meio ambiente, né? Depois que colocaram esses lixões recicláveis aqui só quem ganha com isso é a população. Mas vamos torcer pra que mais gente tenha atitude de reciclar. Faz pouco tempo que eu faço isso, mas sempre que posso eu tô aqui ajudando”, disse a senhora de 77 anos.

Com alguns sacos de papéis e garrafas pet, Maria de Lurdes arrecadou cerca de R$ 1,70 durante a primeira troca da semana no ecoponto do bairro Dendê. Segundo ela, ela faz a troca pelo menos três vezes por semana.

 

Tabelação pode variar de acordo com o preço de mercado de cada produto (FOTO: Divulgação)

Tabelação pode variar de acordo com o preço de mercado de cada produto (FOTO: Divulgação)

Como participar do Recicla Fortaleza

Para ter acesso ao crédito na conta de energia com o Cartão Recicla Fortaleza, é preciso procurar um dos sete Ecopontos mais próximos que disponibilizem o serviço, fazer o cadastro e receber o cartão Recicla Fortaleza. Com o cartão pronto, o contribuinte deve separar os resíduos recicláveis e levá-los até o Ecoponto para serem pesados, lembrando de armazená-los sem sobra de alimentos ou produtos para não atrair insetos e gerar mau cheiro.

No Ecoponto, o reciclador deverá conferir a tabela de valores dos resíduos recicláveis, pois o crédito será calculado de acordo o peso e os tipos de materiais, levando em consideração o mercado. Quando a conta de energia chegar ao domicílio, é preciso conferir o crédito recebido. Feito isso, basta escolher receber o benefício no Bilhete Único ou na conta de energia, e até mesmo em ambos.

Materiais que geram crédito:

Os materiais que vão gerar crédito na conta de energia são vidro, metal, papel, plástico e outros, como na divisão abaixo:

Vidro – Embalagens de vidro, café solúvel e maionese, e garrafas de cerveja, refrigerantes e aguardente.

Metal (Exceto Cobre) – Ferros em geral, parafusos, latas de cerveja e refrigerantes, aço inox, antimônio, baterias de carro e moto, chumbo e bronze.

Papel – Papelão, jornais, livros, cadernos, papel branco e papel misto.

Plástico – Garrafas de refrigerantes (PET), filme, PVC, mangueira, sacolas, embalagens de água sanitária, margarina e detergente.

Outros – Óleo de cozinha e embalagens Tetrapak (leite, sucos e achocolatados).

Materiais que não geram crédito:

É preciso ter bastante atenção, pois não geram créditos os seguintes materiais:

Restos de alimentos, esponjas de aço, embalagens de ovos, papéis higiênicos, fraldas descartáveis, papel sujo ou plastificado, lâmpadas fluorescentes, lixo hospitalar, resíduos industriais, restos de construção, óleo lubrificante, caixas de sabão em pó, guardanapos e lenços de papel, pneus, embalagens aluminizadas, isopor, cabos e fios, espelhos, cristais, tintas, CDs, fitas K7 e de vídeo, tecidos, couros, espumas, madeiras e cerâmicas ou porcelanas.

Confira onde possui Ecopontos da primeira etapa do Recicla Fortaleza:

(Todos os ecopontos funcionam de segunda-feira a sábado, sempre de 8 às 12 horas e de 14 às 17 horas).

– São João do Tauape (Regional II)
Endereço: Avenida Visconde do Rio Branco, S/N – anexo ao Parque Rio Branco

– Varjota (Regional II)
Endereço: Avenida Antônio Justa com Rua Meruoca

– Bairro de Fátima (Regional IV)
Endereço: Avenida Luciano Carneiro com Avenida Eduardo Girão

– Vila Peri (Regional IV)
Endereço: Rua Antônio Costa Mendes com Travessa Augusto Ribeiro

– Conjunto Esperança (Regional V)
Endereço: Avenida da Penetração Norte Sul com a Rua do Canal

– Conjunto Ceará (Regional V)
Endereço: Avenida Ministro Albuquerque Lima com a Rua Setecentos e Vinte Um

– José Walter (Regional V)
Endereço: Avenida B, com Rua 33

– Barra do Ceará (Regional I)
Endereço: Rua Graça Aranha com Travessa 14 de Maio

– Edson Queiroz (Regional VI)
Endereço: Rua Hill de Moraes com Rua Vereador José Batista Barbosa

Leia nos próximos dois dias:

  • Quais Ecopontos de Fortaleza têm recebido mais lixo reciclável?
  • Conheça outros programas de reciclagem de lixo que oferecem descontos no Ceará.
Publicidade

Dê sua opinião

RECICLA FORTALEZA

Saiba quanto você ganha a cada quilo de lixo reciclável acumulado em casa

Serviço já arrecadou 70 toneladas de lixo. Quem participa do programa da Prefeitura consegue um dinheirinho extra

Por Matheus Ribeiro em Cotidiano

27 de junho de 2016 às 07:00

Há 2 anos

Em tempos de dificuldades financeiras, economizar e ganhar qualquer dinheiro extra pode sim fazer diferença no orçamento do fim do mês. Mas, além de economizar, o fortalezense também pode ajudar o meio ambiente. Desde abril, a Prefeitura de Fortaleza possui o projeto ‘Recicla Fortaleza’, que estimula os cidadãos a descartarem corretamente os seus resíduos e, em troca, ganhem créditos na conta de energia e no cartão Bilhete Único.

Ecoponto Bairro de Fátima (FOTO: Divulgação)

Ecoponto Bairro de Fátima (FOTO: Divulgação)

O programa da companhia consiste na troca de resíduos recicláveis por créditos na conta de energia dos seus consumidores. A intenção é organizar um programa de coleta seletiva de resíduos sólidos com valor de mercado, contribuindo com a destinação do lixo, além de fornecer cada vez mais economia nas contas de energia da população.

É o que o Tribuna do Ceará mostra a partir desta segunda-feira (27), numa série de três reportagens sobre os benefícios financeiros da reciclagem de lixo domiciliar.

Quem tem o hábito de reciclar o lixo diariamente pode conseguir benefícios consideráveis no fim do mês. De acordo com a tabela da prefeitura, a reciclagem de vidro; por exemplo, concede um crédito de 4 a 5 centavos por quilo. Já quem opta por reciclar metal, os dividendos podem ser ainda maiores, variando de R$ 0,10 a R$ 2,20 o kg. 

Sendo o principal resíduo reciclado, as garrafas pet podem também podem gerar um bom dinheiro. A cada 25 garrafas pets recolhidas e despejadas nos Ecopontos da Prefeitura, R$ 0,40 são creditados no Bilhete Único ou efetuado como desconto da conta de energia. Já quem gosta de tomar aquela cervejinha no fim de semana, também é capaz de economizar o orçamento. A cada 20 garrafas de vidro (600 ml), é possível economizar cerca de R$ 0,30 e ainda ajudar o meio ambiente.

A expectativa da prefeitura é a de ampliar este serviço até o fim deste ano. Numa etapa posterior, os créditos também poderão ser utilizados na conta de água da Cagece. Os valores poderão ser creditados em uma conta individual ou doados a uma instituição cadastrada, estimulando ainda mais o cidadão a levar resíduos volumosos aos Ecopontos e tornar a cidadã mais limpa.

Para a dona de casa Maria de Lurdes, moradora do bairro Dendê há mais de 15 anos, o novo ecoponto só traz benefícios para comunidade local. “Isso é melhor para o meio ambiente, né? Depois que colocaram esses lixões recicláveis aqui só quem ganha com isso é a população. Mas vamos torcer pra que mais gente tenha atitude de reciclar. Faz pouco tempo que eu faço isso, mas sempre que posso eu tô aqui ajudando”, disse a senhora de 77 anos.

Com alguns sacos de papéis e garrafas pet, Maria de Lurdes arrecadou cerca de R$ 1,70 durante a primeira troca da semana no ecoponto do bairro Dendê. Segundo ela, ela faz a troca pelo menos três vezes por semana.

 

Tabelação pode variar de acordo com o preço de mercado de cada produto (FOTO: Divulgação)

Tabelação pode variar de acordo com o preço de mercado de cada produto (FOTO: Divulgação)

Como participar do Recicla Fortaleza

Para ter acesso ao crédito na conta de energia com o Cartão Recicla Fortaleza, é preciso procurar um dos sete Ecopontos mais próximos que disponibilizem o serviço, fazer o cadastro e receber o cartão Recicla Fortaleza. Com o cartão pronto, o contribuinte deve separar os resíduos recicláveis e levá-los até o Ecoponto para serem pesados, lembrando de armazená-los sem sobra de alimentos ou produtos para não atrair insetos e gerar mau cheiro.

No Ecoponto, o reciclador deverá conferir a tabela de valores dos resíduos recicláveis, pois o crédito será calculado de acordo o peso e os tipos de materiais, levando em consideração o mercado. Quando a conta de energia chegar ao domicílio, é preciso conferir o crédito recebido. Feito isso, basta escolher receber o benefício no Bilhete Único ou na conta de energia, e até mesmo em ambos.

Materiais que geram crédito:

Os materiais que vão gerar crédito na conta de energia são vidro, metal, papel, plástico e outros, como na divisão abaixo:

Vidro – Embalagens de vidro, café solúvel e maionese, e garrafas de cerveja, refrigerantes e aguardente.

Metal (Exceto Cobre) – Ferros em geral, parafusos, latas de cerveja e refrigerantes, aço inox, antimônio, baterias de carro e moto, chumbo e bronze.

Papel – Papelão, jornais, livros, cadernos, papel branco e papel misto.

Plástico – Garrafas de refrigerantes (PET), filme, PVC, mangueira, sacolas, embalagens de água sanitária, margarina e detergente.

Outros – Óleo de cozinha e embalagens Tetrapak (leite, sucos e achocolatados).

Materiais que não geram crédito:

É preciso ter bastante atenção, pois não geram créditos os seguintes materiais:

Restos de alimentos, esponjas de aço, embalagens de ovos, papéis higiênicos, fraldas descartáveis, papel sujo ou plastificado, lâmpadas fluorescentes, lixo hospitalar, resíduos industriais, restos de construção, óleo lubrificante, caixas de sabão em pó, guardanapos e lenços de papel, pneus, embalagens aluminizadas, isopor, cabos e fios, espelhos, cristais, tintas, CDs, fitas K7 e de vídeo, tecidos, couros, espumas, madeiras e cerâmicas ou porcelanas.

Confira onde possui Ecopontos da primeira etapa do Recicla Fortaleza:

(Todos os ecopontos funcionam de segunda-feira a sábado, sempre de 8 às 12 horas e de 14 às 17 horas).

– São João do Tauape (Regional II)
Endereço: Avenida Visconde do Rio Branco, S/N – anexo ao Parque Rio Branco

– Varjota (Regional II)
Endereço: Avenida Antônio Justa com Rua Meruoca

– Bairro de Fátima (Regional IV)
Endereço: Avenida Luciano Carneiro com Avenida Eduardo Girão

– Vila Peri (Regional IV)
Endereço: Rua Antônio Costa Mendes com Travessa Augusto Ribeiro

– Conjunto Esperança (Regional V)
Endereço: Avenida da Penetração Norte Sul com a Rua do Canal

– Conjunto Ceará (Regional V)
Endereço: Avenida Ministro Albuquerque Lima com a Rua Setecentos e Vinte Um

– José Walter (Regional V)
Endereço: Avenida B, com Rua 33

– Barra do Ceará (Regional I)
Endereço: Rua Graça Aranha com Travessa 14 de Maio

– Edson Queiroz (Regional VI)
Endereço: Rua Hill de Moraes com Rua Vereador José Batista Barbosa

Leia nos próximos dois dias:

  • Quais Ecopontos de Fortaleza têm recebido mais lixo reciclável?
  • Conheça outros programas de reciclagem de lixo que oferecem descontos no Ceará.