Protesto no Parque do Cocó cobra segurança pública em Fortaleza

VIOLÊNCIA

Protesto no Parque do Cocó cobra segurança pública em Fortaleza

Manifestantes estenderam uma bandeira do Brasil no chão, com um crucifixo sobre ela, e lembraram mortes como a de Cecília Moura

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

15 de Abril de 2018 às 11:38

Há 3 meses
Manifestantes cobram segurança em ato no Parque do Cocó. (Foto: Eumar Lima / TV Jangadeiro)

Manifestantes cobram segurança em ato no Parque do Cocó. (Foto: Eumar Lima / TV Jangadeiro)

Um grupo de pessoas se reuniu no Anfiteatro do Parque do Cocó, em Fortaleza, na manhã deste domingo (15), cobrando segurança pública e justiça por crimes recentes que chocaram a Capital, como a morte da universitária Cecília Moura.

O protesto foi marcado via internet, sem o registro de organização responsável. Uma bandeira do Brasil foi estendida no chão e, sobre ela, colocada uma cruz. O grupo fez uma oração e cantou o Hino Nacional.

Alguns manifestantes são universitários e amigos de Cecília Moura, morta na quinta-feira (12), em suposto crime de latrocínio, quando trafegava em seu carro no bairro Parque Manibura.

Mais cedo, havia outro protesto marcado para o mesmo bairro onde aconteceu a morte da universitária, mas não houve nenhuma manifestação.

O presidente do Conselho de Segurança Pública do Estado do Ceará, Leandro Vasques, esteve presente no protesto do Parque do Cocó e criticou a situação da segurança pública no Estado.

Os manifestantes pedem mudanças na segurança pública para reduzir os índices da criminalidade e evitar novas mortes.

Com informações de Eumar Lima, da TV Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

VIOLÊNCIA

Protesto no Parque do Cocó cobra segurança pública em Fortaleza

Manifestantes estenderam uma bandeira do Brasil no chão, com um crucifixo sobre ela, e lembraram mortes como a de Cecília Moura

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

15 de Abril de 2018 às 11:38

Há 3 meses
Manifestantes cobram segurança em ato no Parque do Cocó. (Foto: Eumar Lima / TV Jangadeiro)

Manifestantes cobram segurança em ato no Parque do Cocó. (Foto: Eumar Lima / TV Jangadeiro)

Um grupo de pessoas se reuniu no Anfiteatro do Parque do Cocó, em Fortaleza, na manhã deste domingo (15), cobrando segurança pública e justiça por crimes recentes que chocaram a Capital, como a morte da universitária Cecília Moura.

O protesto foi marcado via internet, sem o registro de organização responsável. Uma bandeira do Brasil foi estendida no chão e, sobre ela, colocada uma cruz. O grupo fez uma oração e cantou o Hino Nacional.

Alguns manifestantes são universitários e amigos de Cecília Moura, morta na quinta-feira (12), em suposto crime de latrocínio, quando trafegava em seu carro no bairro Parque Manibura.

Mais cedo, havia outro protesto marcado para o mesmo bairro onde aconteceu a morte da universitária, mas não houve nenhuma manifestação.

O presidente do Conselho de Segurança Pública do Estado do Ceará, Leandro Vasques, esteve presente no protesto do Parque do Cocó e criticou a situação da segurança pública no Estado.

Os manifestantes pedem mudanças na segurança pública para reduzir os índices da criminalidade e evitar novas mortes.

Com informações de Eumar Lima, da TV Jangadeiro.