Prédio do Meireles corre risco de novos desabamentos em outras varandas


Prédio do Meireles corre risco de novos desabamentos em outras varandas

Liberação do condomínio depende da reforma que precisa ser executada pela administração do prédio, pois há riscos de desabamentos em outros locais do prédio

Por Roberta Tavares em Cotidiano

3 de março de 2015 às 15:28

Há 4 anos
Laje de prédio desabou e deixou um operário morto e dois feridos (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Laje de prédio desabou e deixou um operário morto e dois feridos (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

O condomínio onde uma varanda desabou e resultou na morte de um operário, em Fortaleza, corre o risco de registrar novos desabamentos. Segundo o coordenador especial de Proteção e Defesa Civil, Cristiano Férrer, após vistoria realizada na manhã desta terça-feira (3), foram encontradas diversas fissuras nas lajes dos outros andares do prédio.

Há perigo de novos desabamentos, por isso o prédio ficará interditado por tempo indeterminado”, adiantou. De acordo com ele, o Edifício Versailles – localizado no Bairro Meireles, zona nobre da capital – será notificado, primeiramente a fazer a estabilização do local para que não volte a ocorrer desabamentos.

“Há urgência nessa estabilização. Para obra em um prédio, deve ser contratada uma equipe, com profissionais qualificados, ser apresentado um projeto, isso não pode ser efeito aleatoriamente, tem que ter todos os cuidados, tendo em vista a proporção que pode causar”, acrescentou.

Cristiano Férrer informou ainda que o desabamento ocorreu principalmente em razão da infiltração da água da chuva, ferragens expostas e degradação natural. “Notamos que houve abalo em outros locais do condomínio por causa da demolição”.

Agora, a liberação do condomínio depende da reforma que precisa ser executada pela administração do prédio. “As famílias só vão voltar para cá quando houver a conclusão da obra”. Os moradores tiveram de sair do prédio ainda na tarde de segunda-feira, quando aconteceu o incidente, para a casa de familiares. Não há prazo determinado para o retorno aos apartamentos. Ninguém quis se pronunciar.

Na tarde desta terça-feira, uma equipe do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) fará relatório minucioso sobre o incidente, sem prazo para ser concluído. Já o relatório da Defesa Civil será entregue até sexta-feira (6).

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará
1/22

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará
2/22

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Prédio notificado
3/22

Prédio notificado

Técnico da Prefeitura de Fortaleza, João Batista Magalhães já notificou o prédio (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

Desabamento de prédio no Meireles
4/22

Desabamento de prédio no Meireles

Momento em que vítima foi retirada do imóvel. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)

Desabamento de prédio no Meireles
5/22

Desabamento de prédio no Meireles

Momento em que vítima foi retirada do imóvel. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)

Desabamento de prédio no Meireles
6/22

Desabamento de prédio no Meireles

Acidente teve um morto e dois feridos. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)

Desabamento de prédio no Meireles
7/22

Desabamento de prédio no Meireles

Acidente teve um morto e dois feridos. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)

Desabamento de prédio no Meireles
8/22

Desabamento de prédio no Meireles

Acidente teve um morto e dois feridos. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)

Desabamento de prédio no Meireles
9/22

Desabamento de prédio no Meireles

Acidente teve um morto e dois feridos. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)

Desabamento de prédio no Meireles
10/22

Desabamento de prédio no Meireles

Curiosos foram até o local conferir a situação do imóvel. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)

Foto: Whatsapp Tribuna
11/22

Foto: Whatsapp Tribuna

Foto: Whatsapp Tribuna

Desabamento de laje
12/22

Desabamento de laje

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Desabamento de laje
13/22

Desabamento de laje

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Desabamento de laje
14/22

Desabamento de laje

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Desabamento de laje
15/22

Desabamento de laje

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Desabamento de laje
16/22

Desabamento de laje

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Desabamento de laje no Meireles
17/22

Desabamento de laje no Meireles

Prédio foi evacuado após o desabamento da varanda (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

Desabamento de laje no Meireles
18/22

Desabamento de laje no Meireles

Prédio foi evacuado após o desabamento da varanda (FOTO: Whatsapp/Tribuna)

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (2) (FOTO: Reprodução Whatsapp)
19/22

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (2) (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Desabamento de laje
20/22

Desabamento de laje

Laje de prédio desabou e deixou um operário morto e dois feridos (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará
21/22

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará
22/22

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Acidente fatal

O operário Valdízio Moreira Nunes foi atingido pelo desabamento e morreu na hora. Ele estava no térreo do prédio, junto com os irmãos Raimundo José do Nascimento, de 52 anos, e Gilvanir José do Nascimento, de 44 anos. Os dois ficaram feridos, foram socorridos e levados ao Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza. Gilvanir, que ao ser socorrido teve de ser massageado por causa de paradas cardiorrespiratórias, segue em estado gravíssimo. O operário está entubado e apresenta traumatismo craniano. Já José Raimundo já fez uma tomografia e outros exames, passa bem, mas ainda não recebeu alta.

Acompanhe o caso:

2 de março – Varanda de apartamento de área nobre de Fortaleza desaba e causa uma morte

3 de março – Prédio cuja varanda desabou não tinha registro válido para realizar reforma

3 de março – Moradores já haviam alertado construtora de que prédio apresentava rachaduras

Veja matéria da TV Jangadeiro:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15395276″]

Publicidade

Dê sua opinião

Prédio do Meireles corre risco de novos desabamentos em outras varandas

Liberação do condomínio depende da reforma que precisa ser executada pela administração do prédio, pois há riscos de desabamentos em outros locais do prédio

Por Roberta Tavares em Cotidiano

3 de março de 2015 às 15:28

Há 4 anos
Laje de prédio desabou e deixou um operário morto e dois feridos (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Laje de prédio desabou e deixou um operário morto e dois feridos (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

O condomínio onde uma varanda desabou e resultou na morte de um operário, em Fortaleza, corre o risco de registrar novos desabamentos. Segundo o coordenador especial de Proteção e Defesa Civil, Cristiano Férrer, após vistoria realizada na manhã desta terça-feira (3), foram encontradas diversas fissuras nas lajes dos outros andares do prédio.

Há perigo de novos desabamentos, por isso o prédio ficará interditado por tempo indeterminado”, adiantou. De acordo com ele, o Edifício Versailles – localizado no Bairro Meireles, zona nobre da capital – será notificado, primeiramente a fazer a estabilização do local para que não volte a ocorrer desabamentos.

“Há urgência nessa estabilização. Para obra em um prédio, deve ser contratada uma equipe, com profissionais qualificados, ser apresentado um projeto, isso não pode ser efeito aleatoriamente, tem que ter todos os cuidados, tendo em vista a proporção que pode causar”, acrescentou.

Cristiano Férrer informou ainda que o desabamento ocorreu principalmente em razão da infiltração da água da chuva, ferragens expostas e degradação natural. “Notamos que houve abalo em outros locais do condomínio por causa da demolição”.

Agora, a liberação do condomínio depende da reforma que precisa ser executada pela administração do prédio. “As famílias só vão voltar para cá quando houver a conclusão da obra”. Os moradores tiveram de sair do prédio ainda na tarde de segunda-feira, quando aconteceu o incidente, para a casa de familiares. Não há prazo determinado para o retorno aos apartamentos. Ninguém quis se pronunciar.

Na tarde desta terça-feira, uma equipe do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) fará relatório minucioso sobre o incidente, sem prazo para ser concluído. Já o relatório da Defesa Civil será entregue até sexta-feira (6).

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará
1/22

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará
2/22

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Prédio notificado
3/22

Prédio notificado

Técnico da Prefeitura de Fortaleza, João Batista Magalhães já notificou o prédio (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

Desabamento de prédio no Meireles
4/22

Desabamento de prédio no Meireles

Momento em que vítima foi retirada do imóvel. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)

Desabamento de prédio no Meireles
5/22

Desabamento de prédio no Meireles

Momento em que vítima foi retirada do imóvel. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)

Desabamento de prédio no Meireles
6/22

Desabamento de prédio no Meireles

Acidente teve um morto e dois feridos. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)

Desabamento de prédio no Meireles
7/22

Desabamento de prédio no Meireles

Acidente teve um morto e dois feridos. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)

Desabamento de prédio no Meireles
8/22

Desabamento de prédio no Meireles

Acidente teve um morto e dois feridos. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)

Desabamento de prédio no Meireles
9/22

Desabamento de prédio no Meireles

Acidente teve um morto e dois feridos. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)

Desabamento de prédio no Meireles
10/22

Desabamento de prédio no Meireles

Curiosos foram até o local conferir a situação do imóvel. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Rosana Romão)

Foto: Whatsapp Tribuna
11/22

Foto: Whatsapp Tribuna

Foto: Whatsapp Tribuna

Desabamento de laje
12/22

Desabamento de laje

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Desabamento de laje
13/22

Desabamento de laje

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Desabamento de laje
14/22

Desabamento de laje

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Desabamento de laje
15/22

Desabamento de laje

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Desabamento de laje
16/22

Desabamento de laje

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Desabamento de laje no Meireles
17/22

Desabamento de laje no Meireles

Prédio foi evacuado após o desabamento da varanda (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

Desabamento de laje no Meireles
18/22

Desabamento de laje no Meireles

Prédio foi evacuado após o desabamento da varanda (FOTO: Whatsapp/Tribuna)

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (2) (FOTO: Reprodução Whatsapp)
19/22

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (2) (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Desabamento de laje
20/22

Desabamento de laje

Laje de prédio desabou e deixou um operário morto e dois feridos (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará
21/22

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará
22/22

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Foto: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará

Acidente fatal

O operário Valdízio Moreira Nunes foi atingido pelo desabamento e morreu na hora. Ele estava no térreo do prédio, junto com os irmãos Raimundo José do Nascimento, de 52 anos, e Gilvanir José do Nascimento, de 44 anos. Os dois ficaram feridos, foram socorridos e levados ao Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza. Gilvanir, que ao ser socorrido teve de ser massageado por causa de paradas cardiorrespiratórias, segue em estado gravíssimo. O operário está entubado e apresenta traumatismo craniano. Já José Raimundo já fez uma tomografia e outros exames, passa bem, mas ainda não recebeu alta.

Acompanhe o caso:

2 de março – Varanda de apartamento de área nobre de Fortaleza desaba e causa uma morte

3 de março – Prédio cuja varanda desabou não tinha registro válido para realizar reforma

3 de março – Moradores já haviam alertado construtora de que prédio apresentava rachaduras

Veja matéria da TV Jangadeiro:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15395276″]