Praia do Mucuripe fica com enorme mancha de poluição após chuvas desta quinta

ESGOTO EM RIO

Praia do Mucuripe fica com enorme mancha de poluição após chuvas desta quinta

A mancha escura é resultado dos esgotos clandestinos que despejam dejetos domésticos nas águas pluviais do Riacho Maceió

Por Daniel Rocha em Cotidiano

18 de Janeiro de 2018 às 11:16

Há 10 meses

A mancha surgiu na manhã desta quinta-feira (18) (Foto: Luciana Otoch)

Os moradores e frequentadores da praia do Mucuripe, em Fortaleza, ficaram surpresos com o surgimento de uma mancha escura no mar na manhã desta quinta-feira (18).  Segundo a professora do curso de pós-graduação do Instituto de Ciências do Mar (Labomar) da Universidade Federal do Ceará (UFC) Sandra Santaella, trata-se do despejo inadequado do esgoto doméstico nas águas pluviais do Riacho Maceió.

“O riacho recebe muito esgoto clandestino. Há muitas ligações nas redes de drenagens (responsáveis por drenar as águas das chuvas)”, explica.

Sandra ressalta que as precipitações desta manhã aumentaram o nível de água, desaguando na praia do Mucuripe com os detrimentos presentes nas margens do riacho e os poluentes dos dejetos domésticos. “Trata-se de uma ação clandestina da população. A rede de drenagem pluvial é só para drenar a água da chuva”, cita.

Segundo Sandra, a mancha escura pode causar problemas sérios de saúde, por poder ter materiais orgânicos e metais dissolvidos. Além disso, para a vida marinha, impede que a luz ultrapasse a superfície de água, impossibilitando a produção de oxigênios dos animais.

“É uma poluição de um recurso hídrico nobre que é a água doce. Nessa mancha, há organismo patogênicos, prejudiciais à saúde humana e à vida marinha”, conclui.

De acordo com o último índice de praias próprias e impróprias para banho do município de Fortaleza, realizado pela
Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), o trecho que corresponde a localização da mancha está próprio para o banho, mas há possibilidade dessa praia sair como imprópria no próximo boletim. Em nota, o órgão informou que técnicos foram ao local e constataram a poluição.

“De acordo com a avaliação da Semace, a poluição teria sido causada por contaminantes que entraram no curso d’água do riacho Maceió. A Semace alerta os banhistas para que procurem outras praias, até que a mancha de disperse”, disse a nota.

Publicidade

Dê sua opinião

ESGOTO EM RIO

Praia do Mucuripe fica com enorme mancha de poluição após chuvas desta quinta

A mancha escura é resultado dos esgotos clandestinos que despejam dejetos domésticos nas águas pluviais do Riacho Maceió

Por Daniel Rocha em Cotidiano

18 de Janeiro de 2018 às 11:16

Há 10 meses

A mancha surgiu na manhã desta quinta-feira (18) (Foto: Luciana Otoch)

Os moradores e frequentadores da praia do Mucuripe, em Fortaleza, ficaram surpresos com o surgimento de uma mancha escura no mar na manhã desta quinta-feira (18).  Segundo a professora do curso de pós-graduação do Instituto de Ciências do Mar (Labomar) da Universidade Federal do Ceará (UFC) Sandra Santaella, trata-se do despejo inadequado do esgoto doméstico nas águas pluviais do Riacho Maceió.

“O riacho recebe muito esgoto clandestino. Há muitas ligações nas redes de drenagens (responsáveis por drenar as águas das chuvas)”, explica.

Sandra ressalta que as precipitações desta manhã aumentaram o nível de água, desaguando na praia do Mucuripe com os detrimentos presentes nas margens do riacho e os poluentes dos dejetos domésticos. “Trata-se de uma ação clandestina da população. A rede de drenagem pluvial é só para drenar a água da chuva”, cita.

Segundo Sandra, a mancha escura pode causar problemas sérios de saúde, por poder ter materiais orgânicos e metais dissolvidos. Além disso, para a vida marinha, impede que a luz ultrapasse a superfície de água, impossibilitando a produção de oxigênios dos animais.

“É uma poluição de um recurso hídrico nobre que é a água doce. Nessa mancha, há organismo patogênicos, prejudiciais à saúde humana e à vida marinha”, conclui.

De acordo com o último índice de praias próprias e impróprias para banho do município de Fortaleza, realizado pela
Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), o trecho que corresponde a localização da mancha está próprio para o banho, mas há possibilidade dessa praia sair como imprópria no próximo boletim. Em nota, o órgão informou que técnicos foram ao local e constataram a poluição.

“De acordo com a avaliação da Semace, a poluição teria sido causada por contaminantes que entraram no curso d’água do riacho Maceió. A Semace alerta os banhistas para que procurem outras praias, até que a mancha de disperse”, disse a nota.