Parque de diversões de Fortaleza perde licença após acidente com morte


Parque de diversões de Fortaleza perde licença após acidente com morte

A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar as causas do acidente no Golden Park. Além da morte de um jovem, quatro pessoas ficaram feridas

Por Hayanne Narlla em Cotidiano

14 de agosto de 2014 às 17:08

Há 5 anos

O Golden Park está sem autorização para funcionar em Fortaleza a partir desta quinta-feira (14). Após o acidente que causou a morte de um jovem, na noite da última quarta-feira (13), a Prefeitura de Fortaleza revogou a autorização do parque.

“O gerente do parque foi notificado às 15h10 da questão da revogação. Então, eles estão cientes e o documento foi assinado”, explica o gerente de controle urbano da Secretaria Regional VI, Júlio Santos. Segundo ele, a administração do município pode invalidar o funcionamento do parque devido ao prejuízo causado na segurança da população.

TRAGÉDIA NO PARQUE
1/2

TRAGÉDIA NO PARQUE

Brinquedo ‘Caos’ despencou deixando uma pessoa morta e 5 feridas (FOTO: REPRODUÇÃO/WHATSAPP)

TRAGÉDIA NO PARQUE
2/2

TRAGÉDIA NO PARQUE

Brinquedo ‘Caos’ despencou deixando uma pessoa morta e 5 feridas (FOTO: REPRODUÇÃO/WHATSAPP)

O Golden Park está fechado desde quarta-feira, porém não pode mais funcionar. Caso abra as portas, a Prefeitura interditará o local por falta de autorização. O parque havia conseguido o documento com validade desde maio a novembro. Júlio ainda ressaltou que o Corpo dos Bombeiros também suspendeu a autorização de funcionamento.

Segundo o tenente coronel Ricardo Rodrigues, a documentação está em dia quanto aos critérios exigidos, como sinalização e parte elétrica. Além disso, enfatizou que os pais fiquem atentos aos locais aonde levam os filhos, preocupando-se principalmente com a autorização de funcionamento.

Investigação

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) instaurou inquérito para investigar as causas do acidente. Além da morte de um jovem, quatro pessoas ficaram feridas. O acidente ocorreu no brinquedo “Chaos”, que estava no ar, de cabeça para baixo, quando tombou. Cerca de 20 pessoas estavam no brinquedo no momento do acidente.

Nesta quinta, a equipe de engenharia da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) esteve no estabelecimento para análise do local do acidente. O laudo pericial de responsabilidade da Pefoce será encaminhado à Polícia Civil, que tem o prazo inicial de 30 dias para a conclusão do inquérito.

Publicidade

Dê sua opinião

Parque de diversões de Fortaleza perde licença após acidente com morte

A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar as causas do acidente no Golden Park. Além da morte de um jovem, quatro pessoas ficaram feridas

Por Hayanne Narlla em Cotidiano

14 de agosto de 2014 às 17:08

Há 5 anos

O Golden Park está sem autorização para funcionar em Fortaleza a partir desta quinta-feira (14). Após o acidente que causou a morte de um jovem, na noite da última quarta-feira (13), a Prefeitura de Fortaleza revogou a autorização do parque.

“O gerente do parque foi notificado às 15h10 da questão da revogação. Então, eles estão cientes e o documento foi assinado”, explica o gerente de controle urbano da Secretaria Regional VI, Júlio Santos. Segundo ele, a administração do município pode invalidar o funcionamento do parque devido ao prejuízo causado na segurança da população.

TRAGÉDIA NO PARQUE
1/2

TRAGÉDIA NO PARQUE

Brinquedo ‘Caos’ despencou deixando uma pessoa morta e 5 feridas (FOTO: REPRODUÇÃO/WHATSAPP)

TRAGÉDIA NO PARQUE
2/2

TRAGÉDIA NO PARQUE

Brinquedo ‘Caos’ despencou deixando uma pessoa morta e 5 feridas (FOTO: REPRODUÇÃO/WHATSAPP)

O Golden Park está fechado desde quarta-feira, porém não pode mais funcionar. Caso abra as portas, a Prefeitura interditará o local por falta de autorização. O parque havia conseguido o documento com validade desde maio a novembro. Júlio ainda ressaltou que o Corpo dos Bombeiros também suspendeu a autorização de funcionamento.

Segundo o tenente coronel Ricardo Rodrigues, a documentação está em dia quanto aos critérios exigidos, como sinalização e parte elétrica. Além disso, enfatizou que os pais fiquem atentos aos locais aonde levam os filhos, preocupando-se principalmente com a autorização de funcionamento.

Investigação

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) instaurou inquérito para investigar as causas do acidente. Além da morte de um jovem, quatro pessoas ficaram feridas. O acidente ocorreu no brinquedo “Chaos”, que estava no ar, de cabeça para baixo, quando tombou. Cerca de 20 pessoas estavam no brinquedo no momento do acidente.

Nesta quinta, a equipe de engenharia da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) esteve no estabelecimento para análise do local do acidente. O laudo pericial de responsabilidade da Pefoce será encaminhado à Polícia Civil, que tem o prazo inicial de 30 dias para a conclusão do inquérito.