O que fazer ao se envolver em um acidente de trânsito em Fortaleza?

ACIDENTE DE TRÂNSITO

O que fazer ao se envolver em um acidente de trânsito em Fortaleza?

Em acidente de trânsito sem vítima, os veículos não devem ser mantidos no local, há formas de registrar a ocorrência sem a presença de um agente

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

19 de dezembro de 2018 às 07:15

Há 3 meses
Trânsito na cidade

Excesso de velocidade e falta de atenção são as principais causas de acidente de trânsito (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Excesso de velocidade, uso do celular enquanto dirige, desrespeito à distância necessária do próximo veículo, embriaguez e conversões proibidas estão entre as principais causas de problemas no trânsito. Quais procedimentos podem ser adotados em caso de acidente de trânsito em Fortaleza?

> Esta é mais uma matéria da série “O que eu devo fazer quando”.

Acidente sem vítimas

Quando ocorre uma colisão sem vítimas, alguns motoristas aguardam a chegada da perícia para avaliar quem foi o responsável pelo acidente. Durante a espera, cria-se um congestionamento dificultando ainda mais o trânsito.

O chefe do Núcleo de Operação da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), Wellington Cartaxo, orienta os motoristas a retirar os seus veículos da via em casos de acidentes sem vítimas para não obstruir o trânsito. Ele acrescenta também que o aplicativo AMC Móvel pode facilitar a emissão de um Boletim de Ocorrência (B.O) sem a necessidade da presença de um agente de trânsito.

“Em colisões sem vítimas, os condutores devem tomar medidas para retirar o veículo da via, desobstruindo o trânsito. A AMC conta com o aplicativo ‘AMC Móvel’ em que os condutores fazem o cadastro e podem fazer o Boletim de Ocorrência sem a necessidade de um agente de trânsito. Esses registros vêm para o órgão e são analisados. Logo depois, emitidos de forma oficial. Isso já resolve muitas questões, como o seguro dos carros”, ressalta.

No aplicativo, você preenche os dados dos veículos e das pessoas ocupantes, o local onde aconteceu o acidente e as fotos da colisão. Se os condutores formalizarem um acordo formal e acionarem o Juizado Móvel, devem desobstruir a via e aguardar, em local permitido, a chegada das autoridades”, orienta Cartaxo.

De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE), somente em 2017, o Ceará registrou acidentes 14.703 acidentes sem vítimas.

Acidentes com vítimas

Se houver vítimas no acidente, mesmo sem gravidade aparente, o primeiro passo é sinalizar a área, providenciar imediatamente socorro ou atendimento especializado para as vítimas e avisar a autoridade de trânsito. É imprescindível que o condutor permaneça no local da ocorrência, sem alterar o posicionamento dos veículos envolvidos.

Caso você seja o causador do acidente com vítimas não fuja do local, pois isso agravará sua situação. Se houver risco de linchamento, procure um local seguro e então comunique o fato à Polícia, através do 190.

Acione sua seguradora, caso tenha seguro. Se não for o culpado, verifique se a outra parte possui seguro, pois será melhor ele acionar o seu próprio seguro, para que você não tenha que arcar com o valor da franquia. Não havendo acerto entre as partes quanto à responsabilidade pelos danos ocorridos, deve a parte lesionada procurar um advogado para que seja movido processo judicial.

Leia as demais matérias da série “O que eu devo fazer quando”:

O que fazer quando não chegar ao aeroporto no horário do embarque?

O que fazer após furto, roubo ou perda de documentos e cartões de crédito?

Publicidade

Dê sua opinião

ACIDENTE DE TRÂNSITO

O que fazer ao se envolver em um acidente de trânsito em Fortaleza?

Em acidente de trânsito sem vítima, os veículos não devem ser mantidos no local, há formas de registrar a ocorrência sem a presença de um agente

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

19 de dezembro de 2018 às 07:15

Há 3 meses
Trânsito na cidade

Excesso de velocidade e falta de atenção são as principais causas de acidente de trânsito (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Excesso de velocidade, uso do celular enquanto dirige, desrespeito à distância necessária do próximo veículo, embriaguez e conversões proibidas estão entre as principais causas de problemas no trânsito. Quais procedimentos podem ser adotados em caso de acidente de trânsito em Fortaleza?

> Esta é mais uma matéria da série “O que eu devo fazer quando”.

Acidente sem vítimas

Quando ocorre uma colisão sem vítimas, alguns motoristas aguardam a chegada da perícia para avaliar quem foi o responsável pelo acidente. Durante a espera, cria-se um congestionamento dificultando ainda mais o trânsito.

O chefe do Núcleo de Operação da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), Wellington Cartaxo, orienta os motoristas a retirar os seus veículos da via em casos de acidentes sem vítimas para não obstruir o trânsito. Ele acrescenta também que o aplicativo AMC Móvel pode facilitar a emissão de um Boletim de Ocorrência (B.O) sem a necessidade da presença de um agente de trânsito.

“Em colisões sem vítimas, os condutores devem tomar medidas para retirar o veículo da via, desobstruindo o trânsito. A AMC conta com o aplicativo ‘AMC Móvel’ em que os condutores fazem o cadastro e podem fazer o Boletim de Ocorrência sem a necessidade de um agente de trânsito. Esses registros vêm para o órgão e são analisados. Logo depois, emitidos de forma oficial. Isso já resolve muitas questões, como o seguro dos carros”, ressalta.

No aplicativo, você preenche os dados dos veículos e das pessoas ocupantes, o local onde aconteceu o acidente e as fotos da colisão. Se os condutores formalizarem um acordo formal e acionarem o Juizado Móvel, devem desobstruir a via e aguardar, em local permitido, a chegada das autoridades”, orienta Cartaxo.

De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE), somente em 2017, o Ceará registrou acidentes 14.703 acidentes sem vítimas.

Acidentes com vítimas

Se houver vítimas no acidente, mesmo sem gravidade aparente, o primeiro passo é sinalizar a área, providenciar imediatamente socorro ou atendimento especializado para as vítimas e avisar a autoridade de trânsito. É imprescindível que o condutor permaneça no local da ocorrência, sem alterar o posicionamento dos veículos envolvidos.

Caso você seja o causador do acidente com vítimas não fuja do local, pois isso agravará sua situação. Se houver risco de linchamento, procure um local seguro e então comunique o fato à Polícia, através do 190.

Acione sua seguradora, caso tenha seguro. Se não for o culpado, verifique se a outra parte possui seguro, pois será melhor ele acionar o seu próprio seguro, para que você não tenha que arcar com o valor da franquia. Não havendo acerto entre as partes quanto à responsabilidade pelos danos ocorridos, deve a parte lesionada procurar um advogado para que seja movido processo judicial.

Leia as demais matérias da série “O que eu devo fazer quando”:

O que fazer quando não chegar ao aeroporto no horário do embarque?

O que fazer após furto, roubo ou perda de documentos e cartões de crédito?