Motorista reclama que foi multado por "olhar para o lado" em cruzamento de Fortaleza

MULTA QUESTIONÁVEL?

Motorista reclama que foi multado por “olhar para o lado” em cruzamento de Fortaleza

Rhannaldy Benício, de 24 anos, foi multado em cruzamento do Bairro Edson Queiroz, e reclama do motivo apontado por agentes

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

18 de Janeiro de 2018 às 07:15

Há 4 meses

Rhannaldy Benício foi multado por “olhar para o lado”, de acordo com notificação da AMC. (FOTO: Rhannaldy Benício/Arquivo Pessoal)

Alguma coisa aconteceu no cruzamento entre as ruas Edilson Brasil com Núbia Barroca, em Fortaleza. O piauiense Rhannaldy Benício, de 24 anos, foi multado por olhar para o lado. Pelo menos é o que está escrito na justificativa da multa enviada pela Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) 15 dias depois. A imagem do documento compartilhado nas redes sociais gerou muita discussão.

O agrônomo conta que, em dezembro, foi multado por fazer um retorno proibido no mesmo local. No entanto, explica que desconhecia a sinalização. Ele faz o trajeto entre a Sapiranga, bairro onde mora, para o Edson Queiroz para visitar clientes pelo menos duas vezes por semana.

“Nesse mesmo cruzamento, tomei uma multa de retorno proibido. Fui fazer retorno, o guarda estava lá, vi o guarda, mas não sabia que era proibido porque não tinha visto a placa. Fui multado. Desde então, ando esperto pois me avisaram que o carro da AMC sempre está ali. Aí, uns oito dias depois, fui passar. Eu estava todo certinho, com o cinto, com o calçado adequado, só que eles estavam escondidos atrás do muro. Aí passei, quando olhei pra trás para saber se estavam lá, foi aí que me multaram. Porque olhei para trás pra saber se a viatura estava lá. Aí, dias depois, chegou a multa porque olhei pro lado”, explicou Rhannaldy.

Motorista foi multado em cruzamento da Avenida Brasil Soarez com a rua Núbia Barrocas. (FOTO: Reprodução/Google Maps)

A infração foi enquadrada em “Dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança”, com “olhando para os lados, condutor em trânsito”, como observação. A infração teria sido cometida às 14h49, de acordo com a notificação recebida. A multa a ser paga é de R$ 234,78, além de três pontos a menos na carteira.

Radicado no Ceará há três anos, Rhannaldy ainda não pode ir à AMC reclamar, pois a semana foi de agenda cheia. Colação de grau, noivado e o trabalho com artesanato. No entanto, pretende fazer isso ainda nesta semana. Ele tem 30 dias para recorrer.

Resposta da AMC

A Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) informou em nota que, se o condutor for flagrado “dirigindo e olhando para os lados curiosamente, com desatenção às condições e segurança do trânsito” está incurso com infração de trânsito, falta prevista no Art. Nº 169 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

De acordo com a referida legislação, dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança é uma infração de natureza leve. “Mesmo com previsão no CTB, esse é um tipo de infração que corresponde a menos de 1% do total de multas aplicadas pelo órgão. Portanto, a notificação só é feita quando realmente a postura do condutor está comprometendo a segurança, contribuindo para eventual ocorrência de um acidente”, afirma a AMC em nota.

A AMC garantiu que está apurando o caso para verificar as circunstâncias da referida autuação. “Como toda multa é passível de recurso, o condutor pode recorrer alegando suas justificativas em uma das Juntas Administrativas de Recursos de Infrações (JARI). O processo é simples e pode ser feito através do aplicativo AMC Móvel ou em uma das centrais de atendimento”.

Publicidade

Dê sua opinião

MULTA QUESTIONÁVEL?

Motorista reclama que foi multado por “olhar para o lado” em cruzamento de Fortaleza

Rhannaldy Benício, de 24 anos, foi multado em cruzamento do Bairro Edson Queiroz, e reclama do motivo apontado por agentes

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

18 de Janeiro de 2018 às 07:15

Há 4 meses

Rhannaldy Benício foi multado por “olhar para o lado”, de acordo com notificação da AMC. (FOTO: Rhannaldy Benício/Arquivo Pessoal)

Alguma coisa aconteceu no cruzamento entre as ruas Edilson Brasil com Núbia Barroca, em Fortaleza. O piauiense Rhannaldy Benício, de 24 anos, foi multado por olhar para o lado. Pelo menos é o que está escrito na justificativa da multa enviada pela Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) 15 dias depois. A imagem do documento compartilhado nas redes sociais gerou muita discussão.

O agrônomo conta que, em dezembro, foi multado por fazer um retorno proibido no mesmo local. No entanto, explica que desconhecia a sinalização. Ele faz o trajeto entre a Sapiranga, bairro onde mora, para o Edson Queiroz para visitar clientes pelo menos duas vezes por semana.

“Nesse mesmo cruzamento, tomei uma multa de retorno proibido. Fui fazer retorno, o guarda estava lá, vi o guarda, mas não sabia que era proibido porque não tinha visto a placa. Fui multado. Desde então, ando esperto pois me avisaram que o carro da AMC sempre está ali. Aí, uns oito dias depois, fui passar. Eu estava todo certinho, com o cinto, com o calçado adequado, só que eles estavam escondidos atrás do muro. Aí passei, quando olhei pra trás para saber se estavam lá, foi aí que me multaram. Porque olhei para trás pra saber se a viatura estava lá. Aí, dias depois, chegou a multa porque olhei pro lado”, explicou Rhannaldy.

Motorista foi multado em cruzamento da Avenida Brasil Soarez com a rua Núbia Barrocas. (FOTO: Reprodução/Google Maps)

A infração foi enquadrada em “Dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança”, com “olhando para os lados, condutor em trânsito”, como observação. A infração teria sido cometida às 14h49, de acordo com a notificação recebida. A multa a ser paga é de R$ 234,78, além de três pontos a menos na carteira.

Radicado no Ceará há três anos, Rhannaldy ainda não pode ir à AMC reclamar, pois a semana foi de agenda cheia. Colação de grau, noivado e o trabalho com artesanato. No entanto, pretende fazer isso ainda nesta semana. Ele tem 30 dias para recorrer.

Resposta da AMC

A Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) informou em nota que, se o condutor for flagrado “dirigindo e olhando para os lados curiosamente, com desatenção às condições e segurança do trânsito” está incurso com infração de trânsito, falta prevista no Art. Nº 169 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

De acordo com a referida legislação, dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança é uma infração de natureza leve. “Mesmo com previsão no CTB, esse é um tipo de infração que corresponde a menos de 1% do total de multas aplicadas pelo órgão. Portanto, a notificação só é feita quando realmente a postura do condutor está comprometendo a segurança, contribuindo para eventual ocorrência de um acidente”, afirma a AMC em nota.

A AMC garantiu que está apurando o caso para verificar as circunstâncias da referida autuação. “Como toda multa é passível de recurso, o condutor pode recorrer alegando suas justificativas em uma das Juntas Administrativas de Recursos de Infrações (JARI). O processo é simples e pode ser feito através do aplicativo AMC Móvel ou em uma das centrais de atendimento”.